4_Fayol_Qualidade
4 pág.

4_Fayol_Qualidade


DisciplinaAdministração para Engenheiros189 materiais1.351 seguidores
Pré-visualização2 páginas
19/01/2012 
1 
Aula 4 \u2013 Fayol 
Fases I e II da Qualidade 
Texto: MAXIMIANO (2008) \u2013 páginas 49 a 52; ver também texto \u2013 Aula 4 \u2013 
As Duas Primeiras Fases da Qualidade nos EUA 
 
Henri Fayol (1841-1925) 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 2 
\uf07d engenheiro de minas, trabalhou a vida toda em uma só 
empresa 
\uf07d como diretor geral, evitou falência e promoveu 
recuperação 
\uf07d publicou livro em 1916 
\uf07d traduzido em 1929 \u2013 levou mais 20 anos para se tornar 
internacionalmente conhecido 
\uf07d a busca da eficiência organizacional por meio da 
eficiência de sua estrutura 
\uf07d principais aportes 
\uf07d estudo das funções empresariais 
\uf07d construção de uma teoria administrativa, para ser ensinada 
 
As Funções da Empresa, segundo Fayol 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 3 
EMPRESA 
FUNÇÕES TÉCNICAS 
FUNÇÕES COMERCIAIS 
FUNÇÕES ADMINISTRATIVAS 
FUNÇÕES FINANCEIRAS 
FUNÇÕES DE SEGURANÇA 
FUNÇÕES CONTÁBEIS 
PLANEJAMENTO 
ORGANIZAÇÃO 
COMANDO 
COORDENAÇÃO 
CONTROLE 
Proporcionalidade do Processo Administrativo 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 4 
funções administrativas 
 planejar 
 organizar 
 comandar 
 coordenar 
 controlar outras funções 
 técnicas 
 comerciais 
 financeiras 
 segurança 
 contábeis 
níveis mais 
altos 
níveis 
mais baixos 
hierarquia 
Fayol - Visão de Empresa 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 5 
\uf07d sistema racional de regras e de autoridade 
\uf07d existência se justifica na medida em que cumpre 
seu objetivo primário 
\uf07d fornecer bens e serviços aos clientes 
\uf07d natureza diferenciada da função administração 
\uf07d é a única função que está presente em todas as outras 
\uf07d promove a articulação entre as demais funções e 
permite que a produção ocorra 
Organização de Empresas Segundo Fayol 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 6 
\uf07d papel da direção 
\uf07d tomar decisões 
\uf07d estabelecer metas 
\uf07d definir diretrizes 
\uf07d atribuir responsabilidades para permitir o 
sequenciamento lógico das funções administrativas 
\uf07d planejar, organizar, comandar, coordenar, controlar 
\uf07d papel dos gerentes \u2013 depois de organizada a 
empresa, desempenhar as tarefas administrativas 
19/01/2012 
2 
Os Deveres do Gerente 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 7 
I \u2013 Assegurar a cuidadosa preparação dos planos e sua 
rigorosa execução 
II \u2013 Cuidar para que a organização humana e material seja 
coerente com o objetivo, os recursos e os requisitos da 
empresa 
III \u2013 Estabelecer uma autoridade construtiva, competente, 
enérgica e única 
IV \u2013 Harmonizar atividades e coordenar esforços 
V \u2013 Formular as decisões de forma simples, nítida e precisa 
VI \u2013 Organizar a seleção eficiente do pessoal 
VII \u2013 Definir claramente as obrigações 
Os Deveres do Gerente \u2013 cont. 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 8 
VIII \u2013 Encorajar a iniciativa e o senso de responsabilidade 
IX \u2013 Recompensar justa e adequadamente os serviços 
prestados 
X \u2013 Usar sanções contra faltas e erros 
XI \u2013 Manter a disciplina 
XII \u2013 Subordinar os interesses individuais ao interesse geral 
XIII \u2013 Manter a unidade de comando 
XIV \u2013 Supervisionar a ordem material e humana 
XV \u2013 Ter tudo sob controle 
XVI \u2013 Combater o excesso de regulamentos e burocracia 
Princípios Gerais da Administração 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 9 
1. divisão do trabalho 
\uf07d a base da organização 
\uf07d definição clara de funções e poderes 
\uf07d maior divisão \u2013 maior eficiência 
\uf07d vertical \u2013 níveis de autoridade e responsabilidade 
\uf07d horizontal \u2013 tipo de atividade exercida 
\uf07d especialização horizontal - departamentalização 
\uf07d critérios \u2013 função, processo, clientela, local 
\uf07d homogeneidade 
2. autoridade e responsabilidade 
 direito e poder prestar contas 
3. disciplina 
\uf07d respeito aos acordos estabelecidos 
Princípios Gerais da Administração \u2013 cont. 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 10 
4. unidade de comando 
\uf07d cada pessoa \u2013 um chefe 
5. unidade de direção 
\uf07d atividades com objetivo igual - 1 chefe \u2013 1 plano 
6. interesse geral 
\uf07d acima dos interesses individuais 
7. remuneração 
\uf07d pagamento justo \u2013 bom para todos 
8. centralização 
\uf07d concentração da autoridade no nível mais alto da 
cadeia hierárquica 
Princípios Gerais da Administração \u2013 cont. 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 11 
9. cadeia escalar 
\uf07d escala de autoridade do 
nível mais alto ao mais 
baixo 
\uf07d subordinação 
\uf07d cadeia de comando 
\uf07d base \u2013 unidade de 
comando 
 
Presidente 
Diretor 
Gerente 
Chefe 
Supervisor 
Princípios Gerais da Administração \u2013 cont. 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 12 
10. ordem 
\uf07d material e humana 
11. eqüidade 
\uf07d amabilidade e justiça => lealdade 
12. estabilidade 
\uf07d rotatividade \u2013 desperdício \u2013 redutor de eficiência 
\uf07d Ford \u2013 operário \u2018descartável\u2019 
13. iniciativa 
\uf07d valorização 
14. espírito de equipe 
\uf07d estímulo à harmonia 
19/01/2012 
3 
Organização Linear \u2013 a Preferida por Fayol 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 13 
\uf07d simples 
\uf07d princípios base 
\uf07d unidade de comando 
\uf07d unidade de direção 
\uf07d centralização de 
autoridade 
\uf07d cadeia escalar 
\uf07d autoridade de linha 
\uf07d autoridade de staff 
A Abordagem Clássica 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 14 
\uf07d teorias formuladas para fábricas 
\uf07d foco na produtividade \u2013 eficiência 
\uf07d visão racional da administração \u2013 ciência exata 
\uf07d a empresa em si \u2013 ignora-se o entorno 
\uf07d mecanicismo \u2013 relações rígidas de causa e efeito 
\uf07d valorização das regras e instruções 
\uf07d crença na existência de uma solução ideal para a 
organização da produção 
\uf07d trabalhador visto como recurso igual aos demais 
Principais Atores 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 15 
\uf07d Teoria Científica \u2013 Taylor 
\uf07d foco nas atividades de produção e planejamento 
\uf07d tarefa eficientemente estruturada \u2013 empresa eficiente 
\uf07d Teoria Clássica \u2013 Fayol 
\uf07d espectro mais amplo \u2013 estrutura 
\uf07d Estudos sobre a burocracia \u2013 Weber 
\uf07d dominação de caráter racional \u2013 regras 
Abordagem Clássica 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 16 
Teoria Científica Teoria Clássica 
Taylor Fayol 
TAREFA ESTRUTURA 
BUSCA DA EFICIÊNCIA DAS ORGANIZAÇÕES 
do todo para as partes das partes para o todo 
Burocracia 
Weber 
REGRAS 
Qualidade na Produção 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 17 
\uf07d David Garvin \u2013 professor, estudioso do tema 
\uf07d 4 fases no tratamento qualidade nos EUA 
\uf07d primeira fase - inspeção 
\uf07d desde o início da Era Fabril 
\uf07d sua evolução acompanhou a evolução da indústria de 
transformação 
\uf07d objetivos da inspeção 
\uf07d assegurar a conformidade ao projeto, dentro das 
limitações da época 
\uf07d identificar e corrigir a falta de uniformidade 
Fase de Inspeção 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 18 
\uf07d produção artesanal \u2013 reunidos em um só galpão, 
trabalhadores qualificados elaboravam um produto, 
do início ao fim 
\uf07d componentes produzidos pouco a pouco, montagem 
e ajustes manuais 
\uf07d produção em pequena escala 
\uf07d tarefa praticada de forma intuitiva, como uma 
simples verificação, quando o produto era dado como 
terminado 
\uf07d a qualidade do produto era função da qualificação e 
da habilidade do trabalhador 
 
19/01/2012 
4 
Fase de Inspeção \u2013 evolução 
PUC-Rio - ENG1021 - Magdalena Lyra - 2012 19 
\uf07d pressões por aumentos de quantidade, qualidade e 
redução de custos 
\uf07d busca de aumento na velocidade da produção 
\uf07d aplicação crescente