apostila_completa_Silvia
272 pág.

apostila_completa_Silvia


DisciplinaParasitologia Veterinária1.857 materiais35.663 seguidores
Pré-visualização50 páginas
no intestino delgado. 
 
FORMA LARVAR: Cisticercóide. 
 
CARACTERÍSTICAS DA FORMA ADULTA: 
-Glândulas interproglotidianas comprimidas no 
terço mediano das bordas das proglotes. 
 
CICLO EVOLUTIVO GERAL: 
As proglotes grávidas ou ovos são eliminados 
nas fezes e no pasto são ingeridos por ácaros e 
nesses se desenvolvem as formas larvares. O 
hospedeiro definitivo se contamina ingerindo 
Figura 187. Ovos de Moniezia. 
Figura 186. Moniezia, anoplocephalidae de 
ruminantes. 
Escólex 
170
______________________________________________________________________________________________ 
_____________________________________________________________________________________________ 
Livro didático de Parasitologia Veterinária da Universidade Federal de Santa Maria 
Profa Silvia Gonzalez Monteiro 
Cestóides 
acidentalmente os ácaros nas pastagens. As 
formas adultas se fixam no intestino delgado 
onde ocorre maturação e fecundação das 
proglotes. 
 
IMPORTÂNCIA EM MEDICINA VETERINÀRIA: 
Embora sejam pouco patogênicos, em grandes 
infecções de cordeiros jovens pode levar a 
redução do peso corporal reduzindo assim a 
qualidade da lã. 
 
SUBFAMÍLIA THYSANOSOMINAE 
GÊNERO Thysanosoma 
ESPÉCIE Thysanosoma actinioides 
 
HOSPEDEIRO DEFINITIVO: Ruminantes. 
 
HOSPEDEIRO INTERMEDIÁRIO: Ácaros. 
 
LOCAL: Forma adulta no ducto biliar e 
pancreático. 
 
FORMA LARVAR: Cisticercóide. 
 
CARACTERÍSTICAS DA FORMA ADULTA: 
-Franjas na borda posterior de cada proglote. 
-Aparelho genital duplo. 
 
Figura 189. Proglotes franjados de 
Thysanosoma
Figura 188. Ciclo biológico de Anoplocephalidae de ruminantes. 
171
______________________________________________________________________________________________ 
_____________________________________________________________________________________________ 
Livro didático de Parasitologia Veterinária da Universidade Federal de Santa Maria 
Profa Silvia Gonzalez Monteiro 
Cestóides 
CICLO BIOLÓGICO: 
 As proglotes grávidas são eliminadas nas fezes 
onde ocorre a liberação dos ovos. No pasto são 
ingeridos por ácaros e nesses se desenvolvem 
as formas larvares (cisticercóides). O 
hospedeiro definitivo contamina-se ingerindo 
acidentalmente os ácaros nas pastagens. As 
formas larvares vão via corrente sanguínea ao 
ducto biliar e pancreático, onde ocorre o 
desenvolvimento, maturação e fecundação das 
proglotes. 
 
IMPORTÂNCIA EM MEDICINA VETERINÁRIA: 
A infecção leva a obstrução do ducto biliar 
levando a icterícia e até colangite. 
Figura 190. Thysanosoma actinioides adulto. 
Figura 191. Ovos de Thysanosoma sp. Fora da 
cápsula ovígera. 
172
______________________________________________________________________________________________ 
_____________________________________________________________________________________________ 
Livro didático de Parasitologia Veterinária da Universidade Federal de Santa Maria 
Profa Silvia Gonzalez Monteiro 
Nematóides 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FILO NEMATHELMINTHES 
CLASSE 
NEMATODA 
ORDEM 
ASCARIDIDA 
FAMÍLIA
ASCARIDIIDAE 
Ascaridia 
ORDEM 
 SPIRURIDA 
FAMÍLIA 
PHYSALOPTERIDAE 
Physaloptera 
ORDEM 
OXYURIDA 
FAMÍLIA 
 OXYURIDAE 
Oxyuris 
Passalurus 
Syphacia 
ORDEM 
STRONGYLIDA 
FAMÍLIA 
ANCYLOSTOMATIDAE 
Ancylostoma 
Bunostomum 
FAMÍLIA 
CHABERTIDAE 
Chabertia 
Oesophagostomum 
ORDEM 
 ENOPLIDA 
FAMÍLIA
DIOCTOPHYMATIDAE 
Dioctophyma 
FAMILIA 
TRICHOSTRONGYLIDAE 
Cooperia 
Ostertagia 
Teladorsagia 
Trichostrongylus 
Haemonchus
FAMILIA 
DICTYOCAULIDAE 
Dictyocaulus 
Nematodirus 
FAMILIA 
STRONGYLIDAE 
Strongylus 
ORDEM 
RHABDITIDA 
FAMILIA 
STRONGYLOIDIDAE 
Strongyloides 
FAMILIA 
SYNGAMIDAE 
Stephanurus 
Syngamus 
FAMILIA 
ANGIOSTRONGYLIDAE 
Aelurostrongylus 
Angiostrongylus 
FAMILIA 
METASTRONGYLIDAE 
Metastrongylus 
FAMILIA 
PROTOSTRONGYLIDAE 
Muellerius 
FAMÍLIA
HETERAKIDAE 
Heterakis 
FAMÍLIA
ASCARIDIDAE 
Ascaris 
Parascaris 
Toxascaris 
Toxocara
FAMÍLIA
ACUARIIDAE 
Cheilospirura 
Dispharynx 
FAMÍLIA
SUBULURIDAE 
Subulura 
FAMÍLIA THELAZIIDAE
Thelazia 
Oxyspirura
FAMÍLIA SPIROCERCIDAE
Ascarops 
Physocephalus 
Spirocerca 
FAMÍLIA
HABRONEMATIDAE 
Habronema 
FAMÍLIA
ONCHOCERCIDAE 
Dirofilaria 
Dipetalonema 
Onchocerca 
Setaria
FAMÍLIA
TRICHURIDAE 
Capillaria 
Trichuris 
173
______________________________________________________________________________________________ 
_____________________________________________________________________________________________ 
Livro didático de Parasitologia Veterinária da Universidade Federal de Santa Maria 
Profa Silvia Gonzalez Monteiro 
Nematóides 
FILO NEMATHELMINTOS 
CLASSE NEMATODA 
CARACTERÍSTICAS 
- Vermes de corpo cilíndrico. 
- Simetria bilateral. 
- Dupla camada de membranas. 
- Músculos lisos segmentados entre as 
membranas. 
- Pode apresentar cristas, espinhos ou asas 
(essas podem ser cefálicas, cervicais ou 
caudais). 
- Sistema digestivo completo (boca, vestíbulo 
oral, lábios, esôfago, faringe, intestino e ânus ou 
abertura anal). 
- Dimorfismo sexual (embora existam fêmeas 
partenogenéticas). 
 
TIPOS DE BOCAS, VESTÍBULOS ORAIS E 
LÁBIOS 
- Boca simples, com coroa franjada ou ainda 
com espinhos ou dentes (para hematófagos). 
- Vestíbulo oral simples, com lamelas ou com 
dentes. 
- Trilabiada, bilabiada ou com interlábios. 
 
TIPOS DE ESÔFAGO 
-Simples ou filariforme. 
-Oxiuriforme (com bulbo posterior). 
-Rabditiforme (com istmo e bulbo). 
-Com bulbo anterior. 
-Com dois bulbos. 
-Com divertículo. 
 
TIPOS DE INTESTINO 
-Com abertura anal no final do corpo. 
-Com abertura anal no meio do corpo. 
 
SISTEMA GENITAL FEMININO: 
 É composto por dois ovários, dois ovidutos, um 
útero, uma vagina e uma vulva. Quanto ao tipo 
de útero podem ser: 
1.Opistodelfas: útero voltado para a parte 
posterior do corpo. 
2.Prodelfas: útero voltado para a parte anterior 
do corpo. 
3.Anfidelfas: útero dividido, sendo que os 
ovários ficam um para cada lado do corpo. 
Figura 192. Alguns exemplos de esôfago de 
nematóides. 
PARTE III 
 Nematóides 
____________________________________________________________________________________ 
174
______________________________________________________________________________________________ 
_____________________________________________________________________________________________ 
Livro didático de Parasitologia Veterinária da Universidade Federal de Santa Maria 
Profa Silvia Gonzalez Monteiro 
Nematóides 
4.Mesodelfas: útero faz uma volta, onde os 
ovários quase se tocam. 
 
SISTEMA GENITAL MASCULINO: 
É composto por dois testículos, dois canais 
deferentes, um canal ejaculador, dois espículos 
(que são estruturas quitinizadas para condução 
do sêmen à abertura genital e que podem ser 
simples, com ganchos ou ornamentados), um 
gubernáculo (que orienta os espículos durante a 
cópula) e 1 bolsa copuladora com raios bursais. 
Essa é dividida em troncos (para abraçar a 
fêmea): 
1. Tronco ventral: dois troncos para cima. 
2. Tronco lateral: três troncos para trás. 
3. Tronco dorsal: três troncos para trás. 
 
FORMA INFECTANTE PARA O HOSPEDEIRO 
A maioria dos nematóides infecta por L3. 
 
TIPOS DE OVOS 
1. Simples. 
2. Operculado. 
3. Bioperculado. 
4. Larvado. 
 
A casca apresenta três camadas: 
1. Membrana de fertilização: responsável pela 
secreção
Kiara
Kiara fez um comentário
alguem poderia me enviar por email, pfvr?? obrigada kiara-nc@hotmail.com
0 aprovações
Juliana
Juliana fez um comentário
Como faço download?
0 aprovações
Isabella
Isabella fez um comentário
teria como por gentileza me enviar este material por email ?
0 aprovações
Gianini
Gianini fez um comentário
Consegui fazer download e o material é de ótima qualidade
1 aprovações
Carregar mais