Ciência do Ambiente - Biomas

Ciência do Ambiente - Biomas


DisciplinaCiência do Ambiente2.584 materiais21.373 seguidores
Pré-visualização1 página
*
*
*
BIOMAS
*
*
*
BIOMAS
CONCEITO: Comunidade biótica que se caracteriza pela uniformidade fisionômica da fauna e flora que a formam e se influenciam mutuamente
*
*
*
FATORES DETERMINANTES
CLIMA
 - TEMPERATURA
		- UMIDADE
		- LUMINOSIDADE
SOLO 
RELEVO
INTERAÇÕES ECOLÓGICAS
PROBABILIDADE E HISTÓRIA
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
Zonas Climáticas Polares e Boreais
Temperaturas abaixo de 5oC
Regiões de altas latitudes
Tipos de Biomas
Floresta Boreal ou Taiga
Tundra
*
*
*
Floresta Boreal ou Taiga
50º N na América do Norte
60º N na Ásia e Europa
Invernos severos - até 60º C negativos- Temperatura média de 3,6º C
Estação de crescimento até 100 dias
Precipitação 400-1000 mm \u2013 média 575 mm
Vegetação: bosques de aciculadas perenes \u2013 10 a 20 m
Diversidade baixa
*
*
*
*
*
*
Tundra
Ao norte da floresta boreal, na região polar
Solos permanentemente congelados \u2013 Permafrost
Solos rasos e com baixo teor de nutrientes
Estação de crescimento extremamente curta
Verões \u2013 os dias tem 24 hs de duração
Vegetação rasteira, com predominância de liquens, musgos, gramíneas e alguns arbustos anões 
Tundra ártica e alpina
*
*
*
*
*
*
Zonas Climáticas Temperadas
Floresta Sazonal Temperada
Floresta Pluvial Temperada
Campo/Deserto Temperado
Bosque/Arbusto
Deserto Subtropical
*
*
*
Floresta Sazonal Temperada
Leste dos EUA e sul do Canadá, Europa e Leste asiático.
Temperaturas moderadas com congelamento no inverno \u2013 média 10º C.
Precipitação baixa \u2013 700 mm.
Estação de crescimento: 130 a 180 dias.
Vegetação formada por árvores decíduas, com um sub-bosque rico.
Algumas regiões mais secas e quentes abrigam coníferas.
*
*
*
*
*
*
Floresta Pluvial Temperada
Clima temperado quente (menor amplitude).
Invernos amenos e chuvosos \u2013 precipitação 2500 mm.
Costa noroeste da A.N., sul do Chile, Nova Zelândia e Tasmânia. 
Estação de crescimento: ano todo.
Florestas perenes com arvores extremamente altas, com cerca de 70 m de altura.
*
*
*
*
*
*
Campo/Deserto Temperado
América do Norte (Pradarias) e Ásia central (Estepes)
Baixa precipitação (300 a 850 mm), com invernos frios e verões quentes. 
Desertos \u2013 250 a 500 mm
Estação de crescimento: 120 a 300 dias
Vegetação: gramíneas e herbáceas
Atuação do fogo \u2013 plantas resistentes
Atuação da pastagem - desertos
*
*
*
*
*
*
Bosque/Arbusto
Zona climática mediterrânea: sul da Europa, sul da Califórnia, Chile central e região do cabo na África.
Inverno ameno e chuvoso e verões secos.
Estação de crescimento: ano todo
Vegetação: arbustiva, espessa, perene, com raízes profundas e folhagens resistentes à seca (esclerofilosa).
Atuação do Fogo.
*
*
*
*
*
*
Deserto Subtropical
Estão compreendidos em latitudes de 20º-30º a norte e a sul do equador (África, Oriente Médio, Austrália, Chile, América do Norte).
Baixa precipitação \u2013 inferior a 250 mm/ano
Temperatura mais elevadas
Estação de crescimento longas
Vegetação dominado por arbustos e cactos, com a presença de árvores pequenas. 
*
*
*
*
*
*
Zonas Climáticas Equatoriais
Em latitudes dentro de 20º do equador
Grande variação da temperatura ao longo do dia
Precipitação elevada
Temperaturas superiores a 20ºC 
Grande variação dos ambientes
Não congelamento, mesmo em altitudes elevadas
*
*
*
Floresta Pluvial Tropical
Clima sempre quente com no mínimo 2000 mm/ano e não menos que 100 mm/mês.
Região Amazônica, América central, África (sul e centro), e região Indo-Malásia.
Baixa retenção de nutrientes no solo devido a alta taxa de decomposição.
Vegetação: árvores perenes e altas bem densas o que faz que o sub-bosque seja mais espaçado. Presença de epífitas.
Ambientes mais diversos e produtivos, com alta biomassa.
*
*
*
*
*
*
Floresta Sazonal Tropical
Além de 10º do Equador
Presença de uma estação seca pronunciada
Precipitação de 900 a 1800 mm
Predominância de árvores decíduas, em alguns casos vegetações arbustivas, com espinhos para proteger as folhas e até mesmo regiões desérticas.
Pressão de fogo e pastagem (savanas e cerrado). 
*
*
*