Ciência do Ambiente - Exercícios Biomas Brasileiros

@ciencia-do-ambiente ESTÁCIO

Pré-visualização

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO

				Campo Grande, _______ de __________________________de 2007.

			Aluno(a)_____________________________________________ Nº_______.

			Série:_____do Ensino Médio  Turma: ________	     NOTA E VISTO DO PROFESSOR
	Prof.  Airton

Lista de Exercícios – Biomas Brasileiros
OBS: As alternativas apresentadas em vermelho correspondem a resposta correta.



01. Xeromorfismo é a aparente adaptação das plantas às condições de falta de água, mas pode também ser devida à falta de nutrientes no solo. Assim pode-se encontrar xeromorfismo aparente:

a) nos campos limpos, no cerrado e na vegetação de brejo.

b) nos desertos, nas epífitas das matas e na vegetação de restinga.

c) na mata amazônica, na mata atlântica, e no cerrado.

d) na vegetação halófita, nos manguezais e nos campos limpos.

e) nos campos limpos, nos cocais e no cerrado.

02. São mamíferos típicos da fauna dos cerrados do Brasil:

a) ema, lobo-guará, onça-pintada.

b) tamanduá-bandeira, lobo-guará, tatu-canastra.

c) veado-campeiro, zebra, tamanduá-bandeira.

d) onça-pintada, ema, tamanduá-bandeira.

e) veado-campeiro, avestruz, tatu-canastra.


03. FUVEST. Observe o mapa a seguir onde estão representadas paisagens brasileiras. Plantas com as partes aéreas adaptadas para diminuir a perda d'água e árvores de pequeno porte com raízes muito profundas são elementos característicos da vegetação, nas regiões:


a) 4 e 7

b) 6 e 2

c) 3 e 6

d) 2 e 7

e) 4 e 2


04. UNICAMP. Mapas de vegetação, como o apresentado a seguir, fornecem a distribuição supostamente original das formações vegetais brasileiras. Identifique, através dos números, as regiões de Mata Atlântica, Cerrado e Caatinga, mencionando um aspecto da vegetação que caracteriza cada uma dessas formações.
�


Mata Atlântica (6) - muita umidade possui vegetação densa, com musgos, samambaias e árvores.


Cerrado (2) - vegetação rasteira com galhos retorcidos devido à pobreza do solo em nutrientes.


Caatinga (5) - arbustos retorcidos, vegetação rasteira e cactáceas (plantas xerófitas), devido à aridez do solo.

�


05. UNESP. As queimadas vêm destruindo grande parte de nossas formações vegetais que ainda constituem redutos da vegetação primária no país. No entanto, um tipo de vegetação apresenta alguns mecanismos de adaptação que possibilitam a sua sobrevivência após o fogo. Essa formação vegetal é conhecida como:

a) mangue

b) Mata Atlântica

c) mata ciliar

d) cerrado

e) restinga


06. FAAP Região brasileira de campos alagados que se estende ao Paraguai e à Bolívia; quando as cheias terminam apresentam campos férteis. A região descrita é:

a) mata atlântica

b) hiléia amazônica

c) campos de cerrado

d) mata de araucária

e) pantanal


07. A qual das regiões fitogeográficas brasileiras se referem as características a seguir:


- Presença de vegetação exuberante, alta, com grande concentração de plantas epífitas, como orquídeas e bromélias

- Alto índice pluviométrico anual

- Sua área corresponde a 40% do território nacional


a) caatinga

b) hiléia amazônica

c) pantanal

d) cerrado

e) mata atlântica


08. FEI. Um aluno da FEI viajou pelo estado do Ceará em época de seca e descreveu a vegetação como sendo constituída por árvores baixas e arbustos com poucas folhas em decorrência da seca, além de muitas cactáceas. A descrição refere-se à vegetação:

a) do pantanal

b) do cerrado

c) do pampa

d) da mata de araucárias

e) da caatinga

09. FEI. Associe a cada estado brasileiro o tipo de vegetação aí muito comum.

�

1) hiléia

2) caatinga

3) cerrado

4) floresta de araucária


(     ) Maranhão

(     ) Minas Gerais

(     ) Santa Catarina

(     ) Acre

�

A relação numérica, de cima para baixo, que estabelece a seqüência correta de estados é:

a) 1, 2, 3, 4

b) 2, 3, 4, 1

c) 3, 4, 1, 2

d) 4, 1, 2, 3

e) 1, 2, 4, 3

10. PUCCAMP. Considere as características a seguir.

I- Epiderme com cutícula espessa.

II- Presença de parênquima aqüífero.

III- Presença de lenticelas nas raízes.

IV- Estômatos fechados durante o dia e abertos à noite.

Em regiões secas e áridas, como desertos e caatingas, é de se esperar que as plantas apresentem

a) apenas I, II e III

b) apenas I, II e IV

c) apenas I, III e IV

d) apenas II, III e IV

e) I, II, III e IV


11. MACK. Em relação aos ecossistemas brasileiros, são feitas as afirmações:

I- Presença de animais adaptados a correr, saltar ou escavar e predominância de plantas gramíneas.

II- Presença de animais com hábitos noturnos e plantas xerófitas.

III- Presença de árvores tortuosas e esparsas com características xeromórficas, porém sem problema drástico com a relação à água.

IV- Ecossistemas predominantes no Brasil.


As afirmações que melhor caracterizam os ecossistemas CAMPOS, CERRADOS e CAATINGA são:

a) I, II e III.

b) I, II e IV.

c) I e II.

d) II e III.

e) II, III e IV.

12. Em relação à Floresta Amazônica são feitas três afirmativas:

I - Na Floresta Amazônica, o solo é pouco profundo e é formado principalmente por camada de argila e areia.

II - A fertilidade do solo da Floresta Amazônica depende da queda de folhas, ramos e frutos que, com o tempo, formam o húmus.

III - As chuvas, freqüentes na região Amazônica, conseguem arrastar para longe a camada de húmus.


Dessas afirmativas,

a) apenas a I é correta.

b) são corretas apenas a I e a II.

c) I, II e III são corretas.

d) apenas a II e a III são corretas.

e) são corretas apenas a I e a III.

13. Em determinada formação vegetal brasileira, o estudo das relações solo/vegetação evidenciou que o aspecto característico das plantas que a formam se deve NÃO à falta de água (apesar de uma estação seca pronunciada, há razoável umidade no solo a partir de dois metros de profundidade) e sim, a um solo pobre em nutrientes, ácido e com um alto teor de alumínio, o que provoca o denominado "escleromorfismo oligotrófico aluminotóxido".

O texto anterior se refere a que tipo de vegetação?

a) Mata de restinga

b) Caatinga

c) Cerrado

d) Mata com araucária

14. ENEM. Apesar da riqueza das florestas tropicais, elas estão geralmente baseadas em solos inférteis e improdutivos. Grande parte dos nutrientes é armazenada nas folhas que caem sobre o solo, não no solo propriamente dito. Quando esse ambiente é intensamente modificado pelo ser humano, a vegetação desaparece, o ciclo dos nutrientes é alterado e a terra se torna rapidamente infértil.

	(CORSON, Walter H, "Manual Global de Ecologia", 1993)


No texto anterior, pode parecer uma contradição a existência de florestas tropicais exuberantes sobre solos pobres. No entanto, este fato é explicado pela

a) profundidade do solo, pois, embora pobre, sua espessura garante a disponibilidade de nutrientes para a sustentação dos vegetais da região.

b) boa iluminação das regiões tropicais, uma vez que a duração regular do dia e da noite garante os ciclos dos nutrientes nas folhas dos vegetais da região.

c) existência de grande diversidade animal, com número expressivo de populações que, com seus dejetos, fertilizam o solo.

d) capacidade de produção abundante de oxigênio pelas plantas das florestas tropicais, considerado os "pulmões do mundo".

e) rápida reciclagem dos nutrientes potencializada pelo calor e umidade das florestas tropicais, o que favorece a vida dos decompositores.


15. PUCCAMP. Chegariam a uma terra desconhecida e civilizada, ficariam presos nela. E o sertão continuaria a mandar gente para lá. O sertão mandaria para cidade homens fortes, brutos, como Fabiano, Sinha Vitória e os dois meninos.	G. Ramos, "Vidas Secas"

A caatinga, adaptada às condições naturais sertanejas, é uma vegetação que apresenta

a) árvores de caules retilíneos, folhas perenes e raízes pouco profundas.

b) grandes arbustos, com folhas largas e poucos galhos.

c) espinhos e raízes aéreas para absorver a umidade do ar.

d) folhas perenes, espinhos e raízes tabulares.

e) queda das folhas na estiagem, espinhos e raízes profundas.

16. UFSC.  Em 1500, quando o Brasil foi descoberto, a Mata Atlântica era uma impressionante floresta, densa e rica em variedadede espécies animais e vegetais. Hoje, segundo algumas opiniões, a Mata Atlântica está reduzida a menos de 4% de sua área original e, apesar disso, mantém um dos maiores índices de biodiversidade dentre as demais florestas do planeta.

Em relação a esse ecossistema e à análise da figura adiante, representa esquematicamente o seu perfil, assinale a(s) proposição(ões) VERDADEIRA(S).


(01) O palmiteiro e o xaxim ocupam o mesmo estrato da floresta.

(02) As espécies epífitas podem ser representadas pelas orquídeas, enquanto as parasitas podem ser exemplificas pelas ervas-de-passarinho.

(04) Na figura, em A, temos o estrato superior, constituído pelas macrofanerófitas, que se caracterizam por grandes árvores emergentes, como as bromélias.

(08) A figura mostra a estratificação vertical da floresta constituída por quatro estratos bem definidos.

(16) O mico-leão, o sagui e o gambá, espécies animais presentes nesse ecossistema, estão ameaçados de extinção.

(32)  Mata Atlântica, a segunda maior floresta úmida do Brasil, foi a mais atingida pelo desmatamento.

(64) As ações antrópicas, como o desmatamento, a queimada e a implantação de pastagens, apesar de estarem contribuindo para a destruição desse ecossistema, não estão alterando sua biodiversidade.                                                                                                               Somatório: 42

17. UFU. Assinale a ÚNICA alternativa em que os animais e as plantas que ocorrem naturalmente na região dos cerrados (espécies nativas do Brasil).

a) Mangueira, Beija-flor, Pequizeiro, Barata-doméstica e Araucária.

b) Angico, Tamanduá, Pitangueira, Jararaca e Buriti.

c) Orquídea, Boi, Guariroba, Lambari e Condor.

d) Cacau, Mico-leão Dourado, Laranjeira, Mosca-doméstica e Lobo Guará.

e) Macieira, Tatu canastra, Amoreira, Tico-Tico e Galinha.


18. UNIRIO. Os gráficos representam a relação entre a absorção de água (linha fina) e a transpiração (linha grossa) em cinco plantas diferentes crescendo em solo bem molhado em um dia de verão. Qual desses gráficos poderia pertencer a uma planta adaptada à caatinga?

1 - 12:00 - meio-dia

2 - 00:00 - meia-noite

3 - 12:00 - meio-dia


                                                                 Resposta: alternativa A

18. UFPE. O Brasil é um país que apresenta elevada biodiversidade. considerando apenas os biomas terrestres, destacamos: a floresta amazônica, a mata atlântica, o cerrado e a caatinga. sobre este tema, analise as proposições a seguir, relacionando-as com a distribuição apresentada no mapa.

1) entre as árvores de grande porte da floresta amazônica (a), cita-se a castanheira-do-pará e a seringueira. do tronco desta última se extrai o látex, utilizado na fabricação de borracha natural.
2) extensas áreas de mata atlântica (b) foram totalmente destruídas e substituídas por plantações de cana-de-açúcar, cacau e banana, e exploradas para extração de palmito.
3) o cerrado (c) tem uma fisionomia de deserto, com árvores baixas e arbustos que, em geral, perdem precocemente as folhas.
4) a caatinga (d) apresenta vegetação arbórea esparsa, com muitos arbustos. o solo, na época das chuvas, apresenta-se coberto por gramíneas.
estão corretas:
a) 1 e 2
b) 3 e 4
c) 1 e 4
d) 1, 2 e 3
e) 2, 3 e 4


19. UFSC. O Brasil possui uma enorme extensão territorial, com grandes variações climáticas, e uma ampla diversidade de tipos de solo. Em função dessas características, há uma evidente diversidade de biomas, definidos sobretudo pelo tipo de cobertura vegetal.

Com relação à distribuição dessa cobertura vegetal no Brasil, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).

(01) A Floresta Amazônica tem uma grande extensão e se espalha pelas regiões Norte, Centro-Oeste e parte da região Sudeste.

(02) Tanto o pampa como a Mata de Araucárias são formações vegetais exclusivas da região Sul.

(04) Originalmente, a Mata Atlântica era uma formação vegetal que se estendia, pela região costeira, do Rio Grande do Norte até o Sul do Brasil.

(08) A zona de Cocais se distribui, principalmente, na costa nordestina.

(16) Os manguezais preenchem uma faixa larga e descontínua, paralela ao litoral do país.

(32) Enquanto o cerrado se espalha, principalmente, pela região central do país, a distribuição do pantanal se restringe à região Centro-Oeste brasileira.

(64) A caatinga é uma formação exclusiva do Brasil central.
                                                                                                                                          Somatório: 38




20. Um dos assuntos mais veiculados nos jornais e revistas neste final de século é a falta de água no mundo. Um professor de Biologia, para chamar a atenção dos seus alunos sobre o assunto, apresentou no início de sua aula a charge adiante.


Em seguida fez um longo discurso sobre a Mata Ciliar, citando inicialmente o seguinte texto:

"... A vegetação que margeia os rios ou que contorna os lagos, nascentes e açudes é denominada Mata Ciliar, [...] Sua presença é de vital importância para a conservação e funcionamento da bacia hidrográfica, porque atua na regularização dos fluxos de água e de sedimentos, na manutenção da qualidade da água ..."

	(Garcia e Moraes, 1999)

Na história anterior, pode parecer uma contradição: a despreocupação de ontem com o corte das árvores, o desperdício de água do dia-a-dia e a conservação das Matas Ciliares. No entanto, existe uma forte correlação entre eles. Assinale a afirmativa que NÃO destaca essa correlação.

a) O sistema radicular e as copas das árvores da Mata Ciliar constituem a proteção mais eficiente do revestimento do solo, evitando seu esgotamento e o assoreamento dos rios.

b) A eliminação da Mata Ciliar nas nascentes dos rios pode comprometer o volume de água de uma bacia hidrográfica.

c) A capacidade respiratória dos seres vivos pode ser aumentada, quando se evita o fenômeno da inversão térmica com o controle da derrubada de árvores.

d) A substituição das Matas Ciliares por uma agricultura predatória contribui para que milhões de toneladas de solo sejam arrastados para o leito dos rios, causando o assoreamento.

e) A destruição de grandes áreas de Mata Ciliar pode alterar o regime de chuvas da região, interferindo, assim, no volume de água dos rios.


21. UFC. Analise a tabela a seguir, que mostra a situação da biodiversidade vegetal em alguns países megadiversos.

DIVERSIDADE E ENDEMISMO DE 

ESPÉCIES DE PLANTAS SUPERIORES* 
*Considerando o total de 250.000 espécies no mundo; **Os 17 países de megadiversidade têm entre 155.475 e 183.025 espécies endêmicas, ou seja, de 62,2 a 73,2% da diversidade global de plantas superiores.

(Fonte: adaptado de Mittermeir et.al. (1997). Relatório da "Conservation International", capítulo II - Situação da Diversidade Biológica Brasileira.)

A partir da análise da tabela, assinale a alternativa correta.

a) O número de espécies restritas ao território brasileiro é bem maior do que aquele de espécies restritas ao território da Indonésia.

b) A combinação dos dois critérios (diversidade e endemismo) coloca o Brasil no 1° lugar na classificação dos países megadiversos.

c) Considerando a magnitude das áreas dos Estados Unidos e do Equador, pode-se dizer que os números de espécies totais são diretamente proporcionais à área de cada país.

d) O Brasil possui mais de 50% da diversidade vegetal do planeta.

e) Os dados de endemismo da Colômbia e da Indonésia indicam a ocorrência das mesmas espécies nos dois países.


22. UFPR. Sobre as principais regiões fitogeográficas do Brasil, é correto afirmar:

(01) São muito características no sul do Brasil a vegetação do tipo Tundra e a do tipo Taiga. A primeira é vegetação herbácea, com abundância de liquens e musgos; a segunda caracteriza-se como uma formação florestal com predomínio de coníferas.

(02) As duas principais áreas florestadas do país são denominadas Floresta Amazônica e Floresta Atlântica. Ambas apresentam alta diversidade, tanto de espécies vegetais quanto animais.

(04) A Floresta com Araucária é uma formação artificial,

Ainda não temos comentários aqui
Seja o primeiro!