fotossensilização

fotossensilização


DisciplinaForragens e Plantas Tóxicas12 materiais70 seguidores
Pré-visualização2 páginas
de cristais birrefringentes no fígado.
Conclusão: Brachiaria sp é responsável por fotossen-sibilização hepatógena no Brasil SEM A PARTICI-PAÇÃO do P.chartarum.
Pl. Fotossensibilizantes Secundárias
*
Brachiaria sp
Gramínea procedente da Austrália; boa adaptação as condições de solo do país.
Grande difusão nas Regiões SE e CO do Brasil.
Surtos de fotossensib. relacionados à variedade australiana.
Epidemiologia: 
principais espécies acometida e idade 
ocorrência dos casos (época do ano)
obs: poucos esporos do fungo e cepas atóxicas.
Pl. Fotossensibilizantes Secundárias
*
Brachiaria sp
Início dos sintomas e evolução
Quadro clínico-patológico: 
fotossensibilização, icterícia; localização das lesões em bov. e ovinos, manifestações.
Histopatologia: bilestase, necrose ductos biliares, cristais birrefringentes e \u201cfoam cells\u201d. 
Diagnóstico: quadro clínico-patológico, epidemiolo-gia (spc, idade). Ex. laboratorial: filoeritrina, bilirrubina. Diferenciar de doenças que cursam com icterícia.
Pr. Tóxico: sapogeninas (?)
Tratamento: descrito
Pl. Fotossensibilizantes Secundárias
*
Pl. Fotossensibilizantes Secundárias
Brachiaria sp (Brasil)
P. chartarum (N.Zelândia)
Epidemiologia
Ovinos \u2013 qualquer idade
Bovinos - < 2anos
Ovinos e bovinos de qualquer idade
Casos em qualquer época do ano
Curtos períodos do ano (\u201cperíodos perigosos\u201d)
Existência de cepas tóxicas e atóxicas
Grande maioria das cepas são tóxicas
Ach. Clínicos
Quadros menos graves; letali-dade baixa
Quadros mais graves. Alta letalidade.
Alguns casos cursam com cistite, mic-ções frequentes. Há relatos também de anemia e hemólise intravascular
Necropsia
Fotossensibilização, icterícia e fígado pouco mais firme
Quadros mais severos e parte dos ca-sos com lesões diferentes das observa-das em Brachiaria sp. Icterícia, fígado mosqueado; fibrose em casos crôni-cos. Lesão em bexiga e v.biliar. 
Histopatologia
Bilestase, necrose de epit. duc-tos bilares, cristais birrefrin-gentes em ductos biliares /he-patócitos, \u201cfoam cells\u201d
Bilestase, necrose de epit. ductos bilares, fibrose portal
Pr. Tóxico
Sapogeninas
Esporidesmina
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*