Dissertação

Dissertação


DisciplinaAnálise Textual9.581 materiais293.982 seguidores
Pré-visualização1 página
Dissertação
Dissertação
A dissertação é a composição mais comum em interpretações e redações de textos de exames vestibulares e concursos públicos, bem como na elaboração de documentos oficiais e comercias.
A linguagem desse tipo de texto escrito, deve ser culta \u2013 jamais arcaica ou chula- e coesa sua estrutura sintático semântica. As ideias precisam ser articuladas de maneira clara, objetiva e lógica a fim de que se valorize o conteúdo transmitido.
Tipos de dissertação
A dissertação é classificada, quanto ao método conceptivo de elaboração, das seguintes formas:
-EXPOSITIVA
A dissertação expositiva é articulada em torno de premissas pragmáticas, pois se baseia em notícias e informações reiteradas, veiculadas em jornais ou revistas, rádio ou televisão. Por força dessa veiculação massificada, as ideias tornam-se inquestionáveis, mas, paradoxalmente, inibem a capacidade argumentativa, inviabilizando o processo de discussão de pontos de interesse.
Exemplo de texto expositivo
\u201cSegundo o Ministério da Saúde, em janeiro de 2003 havia 51.760 pessoas na lista de espera para transplante. Dado o tamanho país, o número de doações cresce desde 1997. De lá até o ano passado, saltou-se de 3.932 para 8.031 transplantes realizados. As estatísticas mostram que o Brasil é o segundo do mundo em doações em números absolutos, perdendo dos EUA. Proporcionalmente ao tamanho da população, fica em nono lugar.\u201d
 Isto é \u2013 adaptado.
Argumentativa 
Essa composição denota exposição de ideias por meio da análise crítica de um determinado tema posto em discussão. Sempre que opinamos, debatemos, pormenorizamos o que nos foi proposto, estamos dissertando.
Exemplo de texto argumentativo
A discriminação é a materialização dos preconceitos. São as atitudes práticas que dão corpo e ação à disposição psicológica dos preconceitos. No caso específico da discriminação racial são as atitudes de vetar, impedir, dificultar pessoas em seu processo de desenvolvimento pleno como seres humanos.
(Racismo, discriminação, preconceito. Colocando os pingos nos \u201cis\u201d \u2013Maria Aparecida da Silva- fragmento).
A dissertação é dividida em três partes:
Introdução;
Desenvolvimento;
Conclusão.
Introdução
O primeiro parágrafo da dissertação deve conter a informação do que será argumentado ou discutido no desenvolvimento.
Tudo o que for citado na introdução deve ser discutido no desenvolvimento; o que não for citado não deve ser discutido.
Introdução - exemplo
A sociedade brasileira, hoje, não é muito diferente daquela de alguns anos no que tange ao comportamento coletivo. Enquanto alguns poucos cidadãos se isolam dos problemas sociais, seja por egoísmo, seja por desprezo, outros, a maior parte, deixam de se organizar em sindicatos e associações e partem para uma luta por vezes violenta, em busca da dignidade ultrajada.
Desenvolvimento- Argumentação
Cada argumento deve ser discutido em um parágrafo;
Trabalhe com argumentos concretos, consistentes, que realmente sejam importantes para a sociedade de um modo geral;
Escolha dois ou três argumentos apenas, para ser discutidos no desenvolvimento, pois é melhor discutir profundamente poucos argumentos do que superficialmente muitos.
Desenvolvimento- Argumento 1
O país ainda ostenta índices alarmantes quanto às desigualdades sociais. Quem tem muito não pensa em dividir seus lucros com quem nada tem, concorrendo para uma disputa injusta por um lugar de destaque na sociedade brasileira. O egoísmo de uns, ou o desprezo de outros, sobremaneira contribuem para a triste estatística de uma nação rica que \u201cfabrica\u201d pobres e \u201ccria\u201d miseráveis. Nesse caso só se vislumbram dois caminhos: ou se desarma o preconceito, ou se prepara contra a revolta que se seguirá.
Desenvolvimento- Argumento 2
Em função do descaso a que são submetidos os brasileiros mais carentes resta-lhes a luta. Esta, que deveria restringir-se a sindicatos e associações, acaba por se estender e atingir a todos por igual, transformando-se em uma verdadeira guerra cujos resultados só trazem mais dor e sofrimento. Mais uma vez há uma dualidade perigosa: ou as desigualdades acabam, ou se perpetua o caos. 
Conclusão
Apresentar perspectiva na conclusão, ou seja, trabalhar visando a conscientização geral;
Retomar a tese, fazendo uma síntese das ideias discutidas ou propõe-se solução para o problema apresentado.
Conclusão- Exemplo
Pode-se verificar, em função do exposto, que é possível se viver numa nação que orgulhe o seu povo, mas, para isso, não deve haver o mais rico e o mais pobre. É preciso que todos sejam dispostos em paridade, sem a qual não há como se dignar a ter um comportamento coletivo adequado. Que não se tenha uma mesa farta e uma falta de mesa, mas que sempre se possa ter à mesa o que comer e o que partilhar.