6_Para Entender a Terra - Cap 19
1 pág.

6_Para Entender a Terra - Cap 19


DisciplinaGeologia8.344 materiais62.629 seguidores
Pré-visualização1 página
::Ocodegrande
~rremotorecente
Os sismógrafos
O sismógrafomoderno,queregistraasondassísmicasqueo
terremotosgeram,éumafenamentaimportanteparao estudo
dosabalossísmicose paraa investigaçãodo interiordaTerra
(Figura 19.4).O sismógrafoéparao cientistadaTerraoqueo
telescópioéparao astrônomo- umafenamentaparaexaminar
asregiõesinacessíveis.O sismógrafoidealseriaumaparelho
instaladoemumpontoestacionário,nãofixoemrelaçãoàTer-
ra.Quandoo chãosemovesse,ossismólogospoderiammedir
avariaçãodadistânciaentreo sismógrafo,quenãosemove,e
o chãoemvibração.Até agora,nãoexistemmeiosdeposicio-
narumsismógrafoquenãoestejafixo àTena- emboraamo-
dernatecnologiaespacialpossasupriressalimitação.Esseé
umobjetivoaseralcançado.
Enquantoisso,o melhoréfixarumpesoàTerraquetenha
folgasuficienteparaque,emborao chãovibreparacimaepa-
ra baixoe deumladoparaoutro,elenãotenhamuitomovi-
mento.Umamaneiradeconseguiressafixaçãofolgadaésus-
pendendoo pesoporumamola(Figura1904a). Quandoondas
sísmicasmovemo chãoparacimaeparabaixo,o pesotendea
permanecerestacionáriodevidoà suainércia(umobjetoem
repousotendeapermaneceremrepouso),maso pesoeo chão
movem-serelativamenteumaooutroporqueamolapodeser
comprimidaouesticada.Dessemodo,odeslocamentovertical
daTena causadoporondassísmicaspodeserregistradopor
umacanetaemumrolodepapelou,hojeemdia,digitalmente,
emumcomputador.
Um outromododeconseguir-seumafixaçãodesseaparato
noqualo pesotemsuficientefolgaéutilizandoumeixo.Um
sismógrafoquetemseupesosuspensoporeixos,comouma
ponteoscilante(Figura19o4b),poderegistrarosmovimento
horizontaisdo terreno.Em sismógrafosmodernos,utiliza- e
tecnologiaeletrônicaavançadaparaamplificarosmovimenro
doterrenoantesdeseremregistrados.Essesinstrumentosp0-
demdetectardeslocamentosdo chãode até]0-8cm - uma
proezaimpressionante,considerandoquetaisdiminutosde 10-
camentossãodedimensõesatômicas.
Comoemqualquerciênciaexperimental,osinstrumen-o:e a.=:
observaçõesdecampofornecemosdadosbásico utiliz .; :
paraestudarostenemotos.Essesdadospermitemaos -
sadoresanalisarasondassísmicasqueseoriginamdererr o-
tos,localizá-Ios,determinarseustamanhose quantidad5 =
ocorrênciaseentendersuasrelaçõescomasfalhas.
CAPíTULO 19\u2022Os Terre::lotos473
principal.Um oumaisabalospre ursore pIe:ede::ITimuito-
tenemotosgrandes,demodoqueos ismólog: -= ...",.,urilizá-
Iasparapreverquandoeondeosgrande- fí5fiO: - _ "marn
oconer.Infelizmente,é muitodifícil. emgeLci...\u2022" "-.= "- 0-
abalosanterioresdeoutrostenemotospequedO: --= ;;rem
aleatoriamenteemfalhasativas.Portanto.e 5=m;:r
doeficienteemrarasocasiões.
= ~9.3 Os abalosprecursoresocorrempróximosdo abalo
_2. porémantes.Os abalossecundáriossão abalos
=5..queseguemo abaloprincipal.
~h-
'5~=grande
cO nofuturo
s precursoreseabalos
dários
= emplodascomplexidadesnãodescritasporsimplesre-
=-' ticoéo fenômenodosabalossecundários.Um abalo-
, io6 éumtenemotoqueoconeapósumabalosÍsmi-
-=riordemaiormagnitude.Os abalossecundáriosseguem
_ atoprincipalemseqüênciaseseusfocossãodistribuÍ-
- ?lanodafalhadoabalosísmicoprincipaleemtornode-
a 19.3).
o a quantidadecomoo tamanhodosabalossecundá-
ndemdamagnitudedoabalosísmicoprincipale am-
- parâmetrosdiminuemaolongodotempo.A seqüência
- o secundáriosdeumtenemotodemagnitude5 pode
-. r apenaspoucassemanas,enquantoparaumtenemo-
gnitude7 podeprolongar-seporváriosanos.O tama-
- maiorabalosecundárioé normalmenteem tornode
"dadedemagnitudemenorqueo abalosísmicoprinci-
- outraspalavras,umterremotodemagnitude7 pode
larumabalosecundáriodeatéa magnitude6.Em re-
:: pulosas,os tremoresdosgrandesabalossecundários
-ermuitoperigosos,agravandoosdanoscausadospelo
'-micoprincipal.
_- abaloprecursor (verFigura19.3)éumpequenoter-
queoconepróximo,porémantes,deumabalosísmico