Planejamento Tributário
144 pág.

Planejamento Tributário


DisciplinaDireito Tributário I25.182 materiais283.668 seguidores
Pré-visualização39 páginas
faturados para a Previdência 
Oficial: R$ 200.000,00 
\u2022 Empresa \u201cSoftware\u201d prestadora de assistência técnica em computadores prestou serviços 
a empresas particulares no valor de R$ 180.000,00 
\u2022 Mecânica \u201cSocorro\u201d prestou serviços de mecânica nos veículos pertencentes a polícia 
federal no valor de R$ 15.000,00 
\u2022 \u201cConsultoria Qualquer\u201d prestou serviços a uma empresa de economia mista pertencente 
ao município de Goiânia pelo preço de R$ 100.000,00. 
 
Questão n.º 2 
Uma empresa estabelecida no município de Goiânia-GO, prestou serviços de construção civil 
no município de Orizona-GO no valor de R$ 180.000,00. O contratante forneceu materiais no 
valor de R$ 135.000,00. Qual o valor do ISS? 
Alíquota do ISS de Orizona: 2% 
 
Questão n.º 3 
Uma empresa estabelecida no município de Trindade-GO prestou serviços de construção civil 
no município de Goiânia-GO no valor de R$ 75.000,00. 
Material fornecido pela contratada: R$ 35.000,00. 
Qual o valor do ISS? 
Alíquota do ISS de Trindade: 2% 
Alíquota do ISS de Goiânia: 5% 
 
Questão n.º 4 
Uma empresa estabelecida no município de Aparecida de Goiânia-GO prestou serviços de 
construção civil no município de Goiânia-GO no valor de R$ 400.000,00. 
Material fornecido pela contratada: R$ 80.000,00. 
Material fornecido pela contratante: R$ 20.000,00. 
Serviços subcontratados com terceiros inscritos regularmente no município de Goiânia, tendo 
sido emitida a competente Nota Fiscal: R$ 100.000,00 
Qual o valor do ISS? 
Alíquota do ISS de Aparecida de Goiânia: 3% 
Alíquota do ISS de Goiânia: 5% 
 
Questão nº 05 
Qual o montante de ISS referente ao mês de janeiro de 2010, a ser recolhido por um administrador de 
empresa que trabalha como consultor autônomo, sabendo-se que tem domicílio em Goiânia-Go e que é inscrito 
no cadastro de contribuintes do município. Considere o valor da UFIR R$ 1,77. 
 
 
 
 
92
 
 
RESPOSTAS 
 
Questão nº 01 
\u2022 Hospital Saude ISS = R$ 4.000,00 
\u2022 Empresa de software ISS = R$ 9.000,00 
\u2022 Mecânica Socorro ISS = R$ 750,00 
\u2022 Consultoria ISS = R$ 5.000,00 
Questão nº 02 
180.000,00 x 2% = R$ 3.600,00 
Questão nº 03 
75.000,00 \u2013 35.000,00 = 40.000,00 x 5% = R$ 2.000,00 
Questão nº 04 
400.000,00 - 80.000,00 - 100.000,00 = 220.000,00 x 5% = 11.000,00 
Questão nº 05 
28,49 x 1,77 = R$ 50,43 
 
 
93
 
Imposto Sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Sobre 
Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de 
Comunicação \u2013 ICMS. 
CONCEITOS BÁSICOS: 
Mercadoria: bem móvel destinado a venda. 
Temos que os bens imóveis não se caracterizam como mercadoria, bem como também os 
bens que sejam adquiridos para uso ou consumo final, dado que a caracterização de um bem 
móvel como mercadoria é que seja produzido, extraído ou adquirido com o objetivo de venda 
ou revenda. A caracterização de um bem como mercadoria está vinculada à sua destinação 
como bem de venda. Exemplo: se uma pessoa adquire em uma loja vestuário para seu uso 
pessoal, para a adquirente não é mercadoria, mas bem de uso; no entanto, para o 
comerciante que vendeu o vestuário é mercadoria porque esta foi adquirida com o objetivo 
de mercancia. 
Circulação: movimentação habitual. 
Relativamente a bens, considera-se que há circulação se além da movimentação física, haja 
também mudança de titularidade e esta seja praticada com habitualidade. 
Operação relativa a circulação de mercadoria: é qualquer movimentação de bens de venda que 
vise aproximar o produtor do consumidor. Para ser fato gerador do ICMS, há necessidade que a 
operação seja realizada com habitualidade e com fins comerciais. Neste sentido o Supremo Tribunal 
Federal decidiu que não há incidência do ICMS na venda de ativo fixo da empresa por não se 
enquadrar na hipótese de incidência prevista no art. 155, inciso I, b, da Constituição Federal, tendo 
em vista que em tal situação inexiste circulação no sentido jurídico tributário: os bens não se ajustam 
ao conceito de mercadoria e as operações não são efetuadas com habitualidade. 
Identifica-se três tipos de operações relativas à circulação de mercadorias sobre as quais incidem o 
ICMS: 
a) com movimentação de mercadoria e de titularidade (ato jurídico em que há o deslocamento físico da 
mercadoria e troca do seu titular). Exemplos: venda, troca, doação etc. 
b) com movimentação de mercadorias, mas sem troca de titularidade (transferências entre 
estabelecimentos do mesmo titular). Exemplo: transferência de mercadorias da matriz para loja filial. 
c) sem movimentação de mercadorias e com troca de titularidade (venda de mercadoria quando esta 
permanece no mesmo local). 
Prestação de serviço: de transportes interestadual e intermunicipal e comunicação. 
 Para haver a incidência do ICMS é necessário que haja um contrato oneroso de prestação de 
serviços de transporte interestadual ou intermunicipal ou de comunicação. 
O art. 12 do Código Tributário do Estado de Goiás (Lei n.º 11.651/91) adota as seguintes definições: 
I \u2013 operação de circulação de mercadoria, o fato econômico, juridicamente relevado pela lei tributária, 
concernente a cada etapa dos processos de extração, geração, produção e distribuição de mercadoria com o 
objetivo de consumo ou de utilização em outro processo da mesma natureza, inclusive na prestação de serviço; 
II \u2013 mercadoria, qualquer bem móvel, novo ou usado, inclusive produto natural, semovente e energia 
elétrica, extraído, gerado, produzido ou adquirido com objetivo de mercancia; 
III \u2013 prestação de serviço, o fato econômico, juridicamente relevado pela lei tributária, concernente a 
atividade produtiva humana que, não assumindo a forma de um produto material, satisfaz necessidade. 
 
 
94
 
 
PRINCÍPIOS DO ICMS 
 
NÃO-CUMULATIVIDADE do imposto incidente numa fase abate-se o que incidiu na fase 
anterior. A não-cumulatividade se dá através do sistema débito (saídas) \u2013 crédito 
(entradas). Do confronto débito \u2013 crédito resulta o saldo do imposto a pagar ou a 
transportar para o período seguinte, conforme o resultado seja devedor ou credor. 
O período de apuração pode ser: mensal, quinzenal ou decendial, sendo que o período mensal aplica-
se ao regime normal de apuração e os períodos quinzenal ou decendial aplicam-se a casos especiais, 
como por exemplo de apuração por substituição tributária. 
Débito: é encontrado aplicando-se a alíquota correspondente à operação ou prestação sobre a base 
de cálculo . 
Crédito: temos diversas situações que constituem crédito do ICMS. 
 
A) Constitui crédito o ICMS destacado na 1ª via do documento fiscal idôneo 
relativamente à: 
A.1 - Entrada no estabelecimento de mercadorias para: 
\u2022 comercialização (venda ou revenda); 
\u2022 industrialização: matéria-prima, material secundário, material intermediário e material de 
embalagem; 
\u2022 mercadorias para produção no processo agropecuário, extração de substância mineral ou fóssil e 
geração de energia elétrica; 
\u2022 ser utilizada como embalagem de produto cuja saída seja tributada; 
\u2022 constituir ativo fixo (imobilizado). 
Observações: 
a)- No tocante a entrada de bens para o ativo fixo o crédito está limitado a 1/48 do seu valor mensalmente, ou 
seja, o crédito deve ser apropriado em 48 parcelas iguais e consecutivas; 
b) - Não dá direito à crédito o material de consumo final. 
A.2 \u2013 Serviço de transporte vinculado a operação ou prestação subsequente tributada. 
Observando-se que nas operações vinculadas à cláusula CIF, o crédito deve ser apropriado pelo 
remetente, e nas operações com cláusula FOB, o crédito deve ser apropriado pelo destinatário. 
A primeira via do Conhecimento de Transporte deve ficar sempre com quem tiver direito ao crédito. 
A.3 \u2013 Energia Elétrica, desde que: 
\u2022 consumida no processo industrial 
\u2022 entrada em estabelecimento comerciante de energia elétrica 
\u2022 utilizada por estabelecimento exportador. Sendo que nesta situação o crédito deve ser 
aproveitado na proporção do que representa suas exportações para o exterior em relação ao seu 
faturamento