Resumo P2 de EPO
6 pág.

Resumo P2 de EPO


DisciplinaEstruturas e Processos Organizacionais619 materiais2.929 seguidores
Pré-visualização3 páginas
um profissional de grande influencia, com papel de grande relevância pode ser um risco para a implementação da minha mudança. É preciso realizar uma avaliação de risco de mudanças por meio de um questionário, e a partir de seus resultados identificar grupos e pessoas com maior resistência e influencia na org. O objetivo é verificar o nível de risco que melhor descreve o projeto. Esse trabalho deve ser possível através do RH, que deveria conhecer o perfil e a influencia de cada funcionário.
Análise de Impacto: tem por objetivo detectar possíveis impedimentos ao sucesso do projeto. O resultado da análise de impacto servirá como instrumento para o planejamento das ações de comunicação e treinamento.
Como gerir mudanças?
Construção do TEAM BUILDING/ equipe: as ações dessa equipe têm por objetivo integrar a equipe do projeto identificando o que há de melhor em cada membro da equipe, o que acaba por melhorar(influenciar) o desempenho de todo o grupo. Atividades lúdicas facilitam o estabelecimento de um bom ambiente de trabalho, promove a harmonia entre os membros da equipe. É importante misturar stakeholders. Ex: alta e baixa influencia ou aceitação. Membros do projeto e usuários chave (grande impacto na empresa e na mudança).
Gerenciamento de Stakeholders: cada um ou o grupo de stakeholder representa um determinado tipo de interesse no processo. O envolvimento de todos eles permite achar um equilíbrio de forças e minimizar riscos e impactos negativos na execução desse processo.
Identificação dos Stakeholders: é preciso identificar os fluxos de processos, identificar as áreas impactadas, identificar os agentes impactados destas áreas e os atores periféricos. Em seguida, seleciona-se os agentes de mudanças (advocates), com uso adequado do network vigente.
Agentes de mudança são os agentes funcionais responsáveis pelo monitoramento dos envolvidos no processo de mudanças. Suas características são: ter profundo conhecimento da identidade cultural, ter profundo entendimento dos novos modelos a serem implantados; ter liberdade de ação dentro da empresa; ter bom relacionamento com os stakeholders e com os diversos níveis hierárquicos e profissionais da organização.
Mapeamento dos Stakeholders: através das respostas do questionário o agente de mudança terá os subsídios para mensurar o grau de entendimento e concordância com relação ao projeto e terá como fazer as ações pontuais juntos aos stakeholders chave (alto gº de impacto e influencia, baixo gº de concordância/entendimento).