A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
24 pág.
tcc a carta de caminha

Pré-visualização | Página 1 de 5

Mariléia Habitzreiter
 Universidade norte do paraná
Sistema de Ensino A DISTÂNCIA
HISTÓRIA
nome do ALUNO
PROJETO DE ENSINO 
licenciatura em história
Redentora
2021
Projeto de Ensino apresentado à [inserir nome da universidade], como requisito parcial à conclusão do Curso de [inserir nome do Curso].
Docente supervisor: Prof. [Inserir nome do coordenador do curso] 
Redentora
2021
SUMÁRIO
INTRODUÇÃO	3
1	TEMA	4
2	JUSTIFICATIVA	5
3	PARTICIPANTES	6
4	OBJETIVOS	7
5	PROBLEMATIZAÇÃO	8
6	REFERENCIAL TEÓRICO	9
7	METODOLOGIA	10
8	CRONOGRAMA	11
9	RECURSOS	12
10	AVALIAÇÃO	13
CONSIDERAÇÕES FINAIS	14
REFERÊNCIAS	15
Após concluir o seu Projeto de Ensino, será necessário atualizar a paginação do sumário. Para isso, clique sobre algum dos itens acima, com o botão direito do mouse, selecione a opção “atualizar campo” e, depois, “atualizar apenas os números de página”. Não inclua qualquer outro item ao Projeto, seguindo à risca as orientações do Manual de Orientações para Elaboração do Projeto de Ensino. Apague essas informações após finalizar a edição do arquivo.
INTRODUÇÃO
Esse documento histórico transpassa a data da sua criação e influencia muitos momentos. Ao analisar a Carta de Pero Vaz de Caminha e as diferentes abordagens que ela proporciona, sabemos que no ano de 1500 a Carta foi escrita a fim de informar o rei D. Manoel sobre o achamento de terras atualmente brasileiras, por meio dela, eventos, fatos e até mesmo a história pode ser registrada permitindo assim a multiplicação do conhecimento.
No período das grandes navegações a Europa esperava ansiosa pela conquista das Índias e suas riquezas. A frota de Pedro Álvares Cabral partiu com esta intenção, mas, por motivos naturais, relacionados aos ventos contrários, ou por
ordem do capitão-mor, o navio deslocou-se para o oeste, em vez da rota sul,
permitindo assim a descoberta do Brasil. Havia então, a necessidade de registrar
cada evento importante e informá-los ao rei.
Neste contexto, ressalta-se a Carta escrita por Pero Vaz de Caminha ao rei
de Portugal, Dom Manuel I, no dia 01/03/1500, que registra detalhadamente, as descobertas do que mais tarde seria um novo país, o Brasil.
A Carta é um documento muito importante, pois possui uma trajetória majestosa e anos após acabou por ser considerada como certidão de nascimento do Brasil
Neste item, você deve explorar, de forma clara, o objetivo do material, ou seja, a apresentação do seu Projeto de Ensino. A introdução consiste em um texto que apresenta ao leitor uma síntese das principais informações do trabalho, incluindo, por exemplo, o tema a ser discutido e o modo de organização das informações. Assim, o leitor tem uma prévia daquilo que será encontrado, ao prosseguir com a leitura. O texto deve ser claro, objetivo, de modo a trazer uma contextualização acerca do Projeto de Ensino a ser apresentado. 
Esta parte do Projeto deverá conter, no mínimo, meia (0,5) e, no máximo, uma (1) lauda. 
Apague essas informações após incluir o seu texto.
1 TEMA 
Análise da Carta de Caminha para estudo do Descobrimento do Brasil
 A linha de pesquisa escolhida para desenvolver o Projeto de Ensino foi à docência, a escolha do tema ocorreu devido às várias temáticas que foram abordadas no decorrer do curso as quais mais despertaram minha atenção, como a da Carta de Caminha, dentre outras, além de ser um tema que me identifico, e que trabalhei de forma superficial nos estágios relacionados à docência que realizei. 
A Carta De Caminha tem papel essencial no estudo da História, pois é um documento que permite um primeiro contato dos alunos com a formação do Brasil. Contribui, ainda, para iniciar um processo de aprendizagem com base em inconsistências sobre documentos e outras fontes. Vale ressaltar que todo vestígio do passado é uma fonte histórica em potencial. Porém só fontes de valor legal e/ou institucional podem ser consideradas verdadeiros documentos históricos. Essa proposta de trabalho, que aproxima os alunos dos procedimentos de trabalho de um historiador, é a perspectiva atual no ensino da disciplina desde os anos iniciais.
A leitura da Carta de Caminha expandirá nossos horizontes e a nossa forma de ver e sentir o mundo, oportunizando acessar um universo que não conhecemos, sem precisar sair do lugar, ler a Carta despertará diferentes habilidades, promovendo:
•	A ampliação no exercício da imaginação e da criatividade.
•	O aprimoramento da expressão, linguagem e da ampliação do repertório linguístico.
•	A possibilidade dos alunos acessarem novos mundos, culturas e paisagens distintas.
•	Reflexões sobre fenômenos naturais e sociais do seu cotidiano e da realidade do mundo que a cerca.
•	O estabelecimento de novas relações e de conclusões inteligentes.
•	Valores éticos essenciais para o exercício consciente da cidadania.
Neste item, você deve apresentar o tema escolhido para o desenvolvimento do Projeto de Ensino, lembrando-se de que ele deve estar estreitamente vinculado ao ensino. 
Leia, atentamente, as orientações apresentadas no Manual do Projeto de Ensino, conforme as especificidades do seu Curso. 
Esta parte do Projeto deverá conter, no mínimo, uma (1) e, no máximo, duas (2) laudas. 
Apague essas informações após incluir o seu texto.
2 JUSTIFICATIVA
A Carta de Pero Vaz de Caminha é de grande importância porque foi o primeiro documento o qual relatava para o rei de Portugal D. Manuel como ocorreu a descoberta do Brasil, sendo que o português descreve o que viu e quais suas impressões sobre o território e sua soberana natureza, descreve também como aconteceram os eventos que resultaram na descoberta de novas terras, ficando clara a sua intenção de ser o primeiro a relatar o fato.
A Carta de Pero Vaz de Caminha foi um documento escrito pelo escrivão português Pero Vaz de Caminha, escrita em 1.º de maio de 1500, em Porto Seguro, Bahia, foi levado para Lisboa sob os cuidados de Gaspar de Lemos, considerado um dos maiores navegadores de seu tempo.
Apesar de ter sido escrita no século XVI, a Carta foi descoberta muitos anos depois, já no século XVIII e sua primeira publicação foi em 1817.
É importante perceber que a Carta de Caminha é considerada o primeiro documento escrito no Brasil e, por esse motivo, é um marco literário do País. Ele faz parte da primeira manifestação literária pertencente ao movimento do Quinhentismo.
Após a independência em 1822, o documento ganhou ainda notoriedade, tornando-se fonte inesgotável de estudos feitos posteriormente. No que diz respeito aos aspectos estruturais, pode-se dizer que se tem uma clareza entre o português falado no início do século XVI e o que falamos hoje, vemos que algumas palavras não se usam mais e novas estão entrando ao nosso vocabulário.
Neste item, você deve apresentar um texto que destaque a relevância do seu Projeto de Ensino, com argumentos que identifiquem a importância do tema selecionado. 
Leia, atentamente, as orientações apresentadas no Manual do Projeto de Ensino, conforme as especificidades do seu Curso. 
Esta parte do Projeto deverá conter, no mínimo, uma (1) e, no máximo, duas (2) laudas. 
Apague essas informações após incluir o seu texto
3 PARTICIPANTES
Esse projeto foi elaborado voltado para a Ensino Fundamental, visando ser desenvolvido especificamente para os alunos do 7º ano mas podendo ainda ser adaptado para outras turmas.
A preocupação inicial esta voltada para estimular o gosto pelo estudo da História, levantando questões sobre o que poderia ser feito para que os alunos tivessem mais contato com essa disciplina também fora da escola. Sabemos que embora o professor seja visto como uma referencia na vida das crianças, ele sozinho é provável que não consiga sustentar o gosto pela História, pois se o aluno faz o que é pedido na escola, mas em casa não existe essa realidade, a História pode ser vista pelo aluno apenas como uma obrigação da escola.
Neste item, você deve apresentar a delimitação do público-alvo

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.