21_Para Entender a Terra - Cap 19
1 pág.

21_Para Entender a Terra - Cap 19


DisciplinaGeologia8.325 materiais62.523 seguidores
Pré-visualização1 página
Figura 19.18 Um tsunâmi é uma onda marítima gerada por terremotos no assoalho oceânico. Os
tsunâmis destrutivos ocorrem freqüentemente nos litorais próximos ao epicentro, como ilustrado no
desenho, mas os que são gerados por grandes terremotos podem também se propagar através de bacias
oceânicas inteiras. O mapa mostra uma simulação em computador do tsunâmi gerado por um terremoto de
magnitude 7,7 nas Ilhas Aleutas, atingindo o Havaí aproximadamente 4h30min após o momento de sua
origem. [NOAA, Pacific Marine Environmental Laboratory)
4881 Para Entender a Terra
Geração de tsunãmis
I Falhade empurrão
romovimentodo assoalho rUm tsunãmitem somente
oceãnico durante um algunscentímetros de altura
terremoto produz a ascensão no oceano profundo, mas
de águaque se movecomo pode aumentarpara vários
uma longa onda marítimaou metros em águasrasas
tsunâmi. costeiras.
Os terremotosqueocorremsobos oceanosgeram,oca-
sionalmente,ondasmarítimasgigantescas,comumentecha-
madasdeondasdemaré,massãomaisprecisamentedesig-
nadascomotsunâmis(otermoemjaponês).Ostsunâmispo-
deminundarlinhasdecostapróximase longínquas(Figura
19.18).Elesdeslocam-senosoceanoscomvelocidadesdeaté
800km/hepodemformarparedesdeáguacommaisde20m
quandosemovememáguasrasas.Os tsunâmiscausamgran-
desdanosquandovarremáreascosteirasbaixas(verFigura
panorâmica19.1).
Entreosriscossecundários,podemsercitados,também,os
incêndiosgeradosporlinhasdegásrompidasouporredeselé-
tricasderrubadas.Os danosnasredesdeáguaemumterremo-
topodemtomaro combateaosincêndiosumatarefaimpossí-
vel- umacircunstânciaquecontribuiuparao incêndiodeSan
Franciscoapóso terremotode 1906.A maioriados 140mil
óbitosnoterremotodeKanto,em1923,umdosmaioresdesas-
tresocorridosno Japão,resultoudeincêndiosnascidadesde
TóquioeYokohama.
A reduçãoderiscosemterremotos
Ao seestimarapossibilidadededanospor terremotos,é im-
portantefazeradistinçãoentreperigoerisco.O perigosÍsmi-
col!é umamedidada intensidadedavibraçãosísmicae do
rompimentodochãoquepodemseresperadosa longoprazo
numlugarespecífico.O perigodependedaproximidadedolo-
calcomasfalhasativasquepodemgerarterremotosepodeser
Simulação em computador da irradiação de tsunãmiscausados po
um terremoto de magnitude7,7 nas IlhasAleutas.
A onda principal do tsunãmiatinge as ilhasdo
Havaí cercade 4h30min após o terremoto.
expressosobaformadeummapadeperigo.A Figura 19
apresentao mapanacionaldeperigosísmicoproduzido.-
U. S. Geo10gicalSurvey.
Diferentemente,o riscosísmico12 descreveo danoque~
deseresperadoa longoprazoparaumaregiãoespecífica.._ .
moumestadoouumpaís,medido,geralmente,emtermo:
prejuízomédioemdólaresporano.O riscodependenão - ~
perigosísmico,mastambémdeoutrosdoisfatores:a exp.:.
ção da regiãoa riscossísmicos(suapopulação,número_
construçõeseoutrostiposdeinfra-estrutura)e suafragilid::....
(avulnerabilidadeaosabalossísmicosdesuasestruturascc;;;
truídas).Estimaroriscosísmicoéumtrabalhocomplexo.:;:,
muitasvariáveisgeológicase econômicasdevemsercons'-
radas.Os resultadosdoprimeiroestudoabrangenteemD1 :c
nacional,publicadopelaAgênciaFederaldeAdministraç- _
Emergência!3dosEstadosUnidosem2001,éapresentado
Figura 19.20.
As diferençasentreperigoeriscosísmicospodemser
servadascomparandoos dois tiposdemapasnacionais.:-
exemplo,emboraosníveisdeperigosísmiconoAlascae
Califómiasejamaltos(verFigura19.19),aexposiçãona;:'_
lifórnia é muito maior,totalizandoum risco total tamÍc
maior(verFigura 19.20).A Califórnialidera,dentreos ::..
dosnorte-americanos,o riscosísmico,comcercade75C:
totalnacional;defato,umúnicocondado,Los Angeles,
tribuicom25%.Contudo,o problemaérealmentenaci
46milhõesdepessoasemáreasmetropolitanasforada~