Modulo1 - Operacoes como arma competitiva
37 pág.

Modulo1 - Operacoes como arma competitiva


DisciplinaEstratégia da Produção67 materiais346 seguidores
Pré-visualização4 páginas
Análise de falhas 
Planejamento da recuperação do negócio
Departamento de Engenharia Industrial 
ENG 1514 \u2013 Estratégia da Produção 
2012.1 
Professor: Paulo Cunha 
4 \u2013 Tendências na Administração de Operações 
34 
\uf0fc Competição Global 
- As empresas aceitam o fato de que, para prosperar, precisam considerar os 
clientes, os fornecedores, a localização das instalações e os concorrentes 
em termos globais. 
- Nos dias atuais, a maioria dos produtos é formada por matérias-primas e 
serviços de todas as partes do mundo. 
- Desvantagens competição global: 
\u25e6 Riscos políticos; 
\u25e6 Os níveis de qualificação dos funcionários pode ser inferior ao 
requerido em países estrangeiros, exigindo treinamento adicional; 
\u25e6 Dificuldades com a coordenação interfuncional; 
\u25e6 Mais difícil de gerar produtos e serviços que possam competir em um 
mercado global. 
Departamento de Engenharia Industrial 
ENG 1514 \u2013 Estratégia da Produção 
2012.1 
Professor: Paulo Cunha 
4 \u2013 Tendências na Administração de Operações 
- Desenvolvimentos que incentivaram a necessidade de estratégias globais: 
\u25e6 Melhoria das tecnologias de transporte e comunicações 
- Derrubam barreiras de tempo e espaço entre países 
\u25e6 Abrandamento das regulamentações sobre instituições financeiras 
- Permitem que as empresas localizem os lugares onde capital, suprimentos 
e recursos são mais baratos 
\u25e6 Aumento da demanda por serviços e bens importados 
- À medida que as barreiras políticas para o comércio internacional se 
desintegram, a penetração de mercado das grandes economias aumenta 
\u25e6 Redução das cotas de importação e de outras barreiras ao comércio 
internacional 
- A produção de serviços ou mercadorias no lugar onde moram os clientes 
contorna as quotas ou barreiras comerciais 
\u25e6 Vantagens do custo comparativo 
- Salários, custos de instalação e produção podem variar drasticamente por 
todo o mundo 
 
35 
Departamento de Engenharia Industrial 
ENG 1514 \u2013 Estratégia da Produção 
2012.1 
Professor: Paulo Cunha 
4 \u2013 Tendências na Administração de Operações 
\uf0fc Administração da produção em empresas sem fins lucrativos 
- Empresa sem fins lucrativos: objetivos estratégicos de organizações sem 
fins lucrativos podem ser mais complexos e envolvem uma mistura de 
objetivos políticos, econômicos, sociais ou ambientais; 
- Maior chance de que as decisões ocorram em condições de objetivos 
conflitantes. 
36 
\uf0fc Caso 3: Oxfam 
 
 
Departamento de Engenharia Industrial 
ENG 1514 \u2013 Estratégia da Produção 
2012.1 
Professor: Paulo Cunha 
5 - Lidando com os desafios da Administração de 
Operações 
37