A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
prova genética e melhoramento de plantas final

Pré-visualização | Página 1 de 2

Peso da Avaliação3,00 
Prova38399996 
Qtd. de Questões10 
Acertos/Erros10/0 
Nota10,00 
1A produção de híbridos e sua aplicabilidade na agroindústria são diversas. É 
possível obter diferentes tipos de híbridos: híbrido simples, híbrido simples 
modificado, híbrido triplo, híbrido triplo modificado e híbrido duplo. Além destes, 
outros tipos de híbridos também foram desenvolvidos e são rotineiramente usados 
nos programas de melhoramento de plantas, como: híbrido múltiplo, híbrido 
intervarietal e top-cross. Sobre os tipos de híbridos, associe os itens, utilizando o 
código a seguir: 
 
I- Híbrido múltiplo. 
II- Híbrido intervarietal. 
III- Top-cross. 
 
( ) Obtido a partir do cruzamento entre duas variedades. 
( ) Obtido a partir do cruzamento entre múltiplas linhagens (mais de seis). 
( ) São obtidos a partir do cruzamento entre híbridos x variedades e variedades x 
linhagem. 
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: 
A 
III - I - II. 
B 
I - II - III. 
C 
II - III - I. 
D 
II - I - III. 
2 
A autoincompatibilidade é uma estratégia reprodutiva associada à redução das 
possibilidades de autofecundação em plantas. Esse mecanismo envolve distintos 
controles e tem implicações na propagação de plantas e no melhoramento 
genético. Sobre a autoincompatibilidade, analise as afirmativas a seguir: 
 
 
I- A autoincompatibilidade envolve um mecanismo de reconhecimento e de 
regulação que ocorre quando o grão de pólen entra em contato com o estigma das 
flores. 
 
 
II- No mecanismo de autoincompatibilidade, a interação entre o grão de pólen e o 
estigma se estabelece de modo a promover a germinação do tubo polínico, 
favorecendo a autofecundação. 
 
 
III- A regulação reprodutiva envolve um controle genético de reconhecimento, 
podendo ser de dois tipos: a autoincompatibilidade gametofítica e a 
autoincompatibilidade esporofítica. 
Assinale a alternativa CORRETA: 
A 
Somente a afirmativa II está correta. 
B 
As afirmativas I e II estão corretas. 
C 
As afirmativas II e III estão corretas. 
D 
As afirmativas I e III estão corretas. 
3A produção de conhecimento se transformou ao longo do tempo e se constituiu 
como uma variável estratégica de desenvolvimento tecnológico, principalmente 
atrelada à geração de produtos, possibilitando a inserção de atributos de interesse. 
Dessa maneira, o processo de inovação associado à geração de cultivares não pode 
ser realizado sem o auxílio de parâmetros legais. Para isso, é necessária a 
constituição de ações diretas relacionadas à geração de um novo cultivar: registro 
e proteção. Considerando esse contexto, avalie as asserções a seguir e a relação 
proposta entre elas: 
 
I- O registro de cultivares permite a produção e a comercialização de sementes no 
país, sendo um processo importante para os programas de melhoramento. 
 
PORQUE 
 
II- O objetivo do registro de cultivares é informar as características presentes nos 
cultivares inscritos e habilitá-los para a produção, tendo como finalidade sua 
comercialização. 
 
Assinale a alternativa CORRETA: 
A 
As asserções I e II são proposições falsas. 
B 
As asserções I e II são proposições verdadeiras. 
C 
A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira. 
D 
A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa. 
4Os conhecimentos utilizados no melhoramento de plantas envolvem muitos 
conteúdos de fisiologia, anatomia, genética e também de ecologia. No contexto 
ecológico, fatores como a disponibilidade hídrica (água), o termoperíodo 
(amplitude térmica ao longo do dia) e o fotoperíodo (comprimento do dia) podem 
ter influência no florescimento de algumas espécies de importância agrícola. Esses 
fatores abióticos, assim, como condições internas, podem regular as fases 
fenológicas de desenvolvimento das plantas. Assim, observe as afirmativas abaixo: 
 
I - Essa fase é importante para um melhorista, pois é durante o estágio adulto 
reprodutivo que os cruzamentos podem ser realizados e assim, as progênies 
podem ser obtidas. 
II - A fase juvenil é um período da etapa de desenvolvimento das plantas 
propagadas através de sementes em que não há o estímulo para a reprodução, 
assim, o meristema não tem capacidade de floração ainda. 
III - O estádio adulto vegetativo é uma fase pré-floração, onde o meristema se torna 
competente, ou seja, já possui a capacidade de iniciar a etapa reprodutiva, a partir 
dos estímulos do meio. 
 
De acordo com a ordem de desenvolvimento pós-embrionário do meristema apical, 
assinale a ordem CORRETA dos estágios: 
A 
I - II - III. 
B 
II - I - III. 
C 
III - II - I. 
D 
II - III - I. 
5As linhagens autofecundadas transmitem, em algum grau, suas capacidades 
genéticas e suas performances para a progênie híbrida; essa habilidade é chamada 
de capacidade de combinação. Essa capacidade é mensurada por meio de 
testagens, as quais devem ser conduzidas concomitantemente com a fase de 
autofecundações. Atualmente, são reconhecidos dois tipos principais de 
capacidade de combinação: Capacidade geral de combinação (CGC) e Capacidade 
específica de combinação (CEC). Diante desse contexto, classifique V para as 
sentenças verdadeiras e F para as falsas: 
 
( ) A capacidade geral de combinação (CGC) mensura o valor médio do 
cruzamento da linhagem híbrida com outras linhagens. 
( ) A capacidade específica de combinação (CEC) mensura o valor de uma 
linhagem híbrida específica quando cruzada com outra, também específica. 
( ) Na capacidade geral de combinação (CGC) os testadores são de base genética 
estreita, especialmente híbridos simples ou linhagens puras. 
( ) Na capacidade específica de combinação (CEC) os testadores são de base 
genética ampla, especialmente cultivares de polinização aberta. 
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: 
A 
V - F - V - V. 
B 
F - V - F - F. 
C 
V - V - F - F. 
D 
V - F - F - V. 
6 
Compreender as características reprodutivas é fundamental para a atuação do 
melhorista de plantas. Nesse contexto, plantas alógamas possuem características 
que devem ser consideradas e resultam em metodologias específicas nos 
programas de melhoramento genético. 
Sobre a biologia reprodutiva das plantas alógamas e sua relação com o 
melhoramento genético, assinale a alternativa INCORRETA: 
A 
Nas plantas alógamas, a população de plantas é caracterizada pela heterozigose, 
resultando em distintos alelos, tendo como efeito a elevada variabilidade entre os 
indivíduos. 
B 
A alogamia é uma estratégia de reprodução assexuada, resultando na formação de 
clones e, por isso, obtendo plantas idênticas às plantas matrizes, incluindo suas 
características. 
C 
Na reprodução de plantas alógamas, ocorre a fusão dos gametas masculinos 
(presentes nos grãos de pólen) aos gametas femininos (óvulos), sendo 
preferencialmente através de fecundação cruzada. 
D 
Entre as estratégias que promovem a alogamia em plantas estão a 
autoincompatibilidade, o distanciamento das partes florais masculinas e femininas 
e também, as diferenças nos tempos de liberação do pólen e de receptividade do 
estigma. 
7A obtenção dos híbridos segue, em geral, o mesmo protocolo para todas as 
espécies de plantas cultivadas (exceto as adaptações que possam ser necessárias 
para contornar alguma especificidade). Dessa maneira, a produção de híbridos 
segue uma sequência lógica e sistematizada. Sobre a sequência de processos para a 
obtenção de híbridos, ordene os itens a seguir: 
 
I- Teste de capacidade de combinação de linhagens. 
II- Obtenção das linhagens endogâmicas. 
III- Produção em massa e distribuição das sementes híbridas. 
IV- Avaliação dos caracteres das combinações híbridas. 
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: 
A 
III - II - I - IV. 
B 
IV - III - II - I. 
C 
II - IV - III - I. 
D 
II - I - IV - III. 
8 
Diversas ferramentas e inovações tecnológicas contribuem para o 
desenvolvimento de novas cultivares. Entre elas, a engenharia genética e a 
biotecnologia

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.