UNIDADE 1
40 pág.

UNIDADE 1


DisciplinaModelagem de Dados3.086 materiais38.672 seguidores
Pré-visualização8 páginas
DISCIPLINA: MODELAGEM DE DAODS 
PROFESSORA: GELLARS TAVARES 
 
MODELAGEM DE DADOS \u2013 Professora Gellars Tavares \u2013 ano 2012 
 
11
z RESPONSABILIDADE SOBRE INFORMAÇÕES - Deve ser identificado o 
responsável por cada elemento de dados do Data Warehouse e também 
o responsável pela entrada de metadados. 
 
z ACESSO E SEGURANÇA - Os metadados devem conter informação 
suficiente para que sejam determinados os perfis de acesso aos dados. 
Deve-se poder identificar que usuários podem ler, atualizar, excluir ou 
inserir dados na base. Deve haver, também, informações sobre quem 
gerencia estes perfis de acesso e como se fazer contato com o 
Administrador da Base de Dados. 
 
 
Evolução Histórica de BDs 
 
1ª Geração : .... - 1900 
 - Processamento manual de dados 
 - Uso do papel 
2ª Geração: 1900 - 1955 
 - Processamento mecânico de dados 
 - Cartões perfurados 
 - Programação pelo painel de controle da máquina 
3ª Geração: 1955 - 1970 
 - Processamento seqüencial de registros 
 - Fita magnética 
 - Programas batch 
 - Arquivos seqüenciais 
4ª Geração: 1965 - 1980 
 - Processamento de grupos de registros 
 - Independência de dados 
 - Esquemas 
 - Banco de dados, transações e acesso a dados on-line 
 - BD Hierárquico da IBM e BD em Redes da General Electric 
5ª Geração: 1980 - 1995 
 - Processamento paralelo 
 - Banco de dados relacionais 
 - Aplicações cliente-servidor 
6ª Geração: 1995 - ... 
 - Novos tipos de dados: imagem, som, vídeo,... 
 - Banco de dados objeto-relacional 
 - Internet e novas aplicações 
 - Web e XML 
 
 
 
 
 
CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 
DISCIPLINA: MODELAGEM DE DAODS 
PROFESSORA: GELLARS TAVARES 
 
MODELAGEM DE DADOS \u2013 Professora Gellars Tavares \u2013 ano 2012 
 
12
 
 
1ª a 3ª geração 
4ª geração 
5ª a 6ª gerações 
 
 
A partir de Sistemas de Arquivos (SA) 
 
 \u25cfSão registros permanentes que são armazenados em vários arquivos. 
 \u25cfSão aceitos por sistemas operacionais tradicionais. 
 \u25cfDiversos programas de aplicação são escritos para extrair e gravar 
registros nos arquivos apropriados. 
 \u25cfEstes sistemas de processamento de arquivos eram utilizados pelas 
organizações antes do advento dos SGBDs. Estes sistemas apresentavam 
diversas desvantagens. 
 
Sistema de Arquivos - Visão Geral 
 
 
 
 
 
CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 
DISCIPLINA: MODELAGEM DE DAODS 
PROFESSORA: GELLARS TAVARES 
 
MODELAGEM DE DADOS \u2013 Professora Gellars Tavares \u2013 ano 2012 
 
13
 
A partir de Sistemas de Arquivos (SA) 
 
 
 
 
 
 
 
PROBLEMAS COM SA 
 
\u25cf Redundância de Dados 
 - Os arquivos são criados e mantidos por diferentes programadores; 
 - É comum que os arquivos possuam formatos diferentes; 
 - Aplicativos escritos em diversas linguagens de programação; 
 - A mesma informação pode ser repetida em diversos lugares; 
 - A redundância aumenta os custos de armazenamento e a dificuldade de 
 acesso; 
 - Existem duas formas de redundância: 
 
 Redundância Controlada: garantia de sincronia entre as diversas 
 informações. 
 
 Redundância Não Controlada: responsabilidade de sincronia 
 entre as diversas representações é do usuário. Este tipo de 
 redundância deve ser evitado, pois traz diversos problemas. 
 
 
 
 
 
 
 
CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 
DISCIPLINA: MODELAGEM DE DAODS 
PROFESSORA: GELLARS TAVARES 
 
MODELAGEM DE DADOS \u2013 Professora Gellars Tavares \u2013 ano 2012 
 
14
 - Exemplo: transferência de R$ 50,00 de uma conta A para uma conta B; 
 
 
\u25cf Inconsistência de Dados 
 - A redundância pode gerar a inconsistência de dados, isto é, várias 
 cópias de dados podem divergir ao longo do tempo. 
 - Exemplo: A mudança do endereço de um cliente pode refletir no 
 arquivo de contas, mas não ser alterada no sistema como um todo. 
 
 
\u25cf Dificuldade de Acesso aos Dados 
 - Quando se faz necessário novas consultas e/ou novos relatórios, têm-
 se duas soluções: 
 - Manipular manualmente o resultado de alguma aplicação já 
 existente que seja mais abrangente. 
 - Requisitar um programador para desenvolver a aplicação 
 necessária. 
 - Ambas as soluções não são satisfatórias, pois sistemas mais efetivos 
 para recuperação da informação precisam ser desenvolvidos; 
 
 
\u25cf Problemas de Integridade 
 - Os valores dos dados atribuídos e armazenados em um banco de dados 
 devem satisfazer certas restrições para manutenção da consistência; 
 - Exemplo: Saldo de uma conta bancária não pode ficar abaixo de 
 R$50,00. 
 - Em sistemas de arquivos, os programadores determinam o 
 cumprimento das restrições por meio de adição de código; 
 - Quando aparecem novas restrições, é difícil alterar todos os 
 programas, principalmente quando estas atingem diversos itens de 
 dados em diferentes arquivos. 
 
 
\u25cf Problemas de Atomicidade 
 - Um sistema computacional, como qualquer outro dispositivo mecânico 
 ou elétrico, está sujeito à falhas; 
 - Em muitas aplicações é crucial assegurar que, uma vez detectada uma 
 falha, os dados sejam salvos em seu último estado consistente, anterior 
 a ela; 
 
CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 
DISCIPLINA: MODELAGEM DE DAODS 
PROFESSORA: GELLARS TAVARES 
 
MODELAGEM DE DADOS \u2013 Professora Gellars Tavares \u2013 ano 2012 
 
15
ropriedade em um sistema convencional de 
 Anomalias no Acesso Concorrente 
lizações simultâneas nos dados para 
o entre atualizações concorrentes 
 uma mesma conta 
iormente 
s de controle de concorrência 
lock), de registro de tempo (timestamp), 
 Isolamento de Dados 
tão dispersos em vários arquivos, e estes arquivos 
 Problemas de Segurança 
 de banco de dados estão autorizados ao acesso 
rogramas de aplicação são inseridos no sistema como 
a parte 
bordagem de BD 
 Sistemas de bancos de dados são auto-descritivos 
 
 Sep
 Sup dos dados 
 multiusuário 
es reduzido 
 - É essencial para a consistência do banco de dados que na transferência 
 de fundos, ocorra uma operação atômica, isto é, deve ocorrer por 
 completo ou não ocorrer; 
 - É difícil garantir essa p
 processamento de arquivos. 
 
 
\u25cf
 - Muitos sistemas permitem atua
 aumento de desempenho do sistema. 
 - Nesses tipos de ambiente, a interaçã
 pode resultar em inconsistência de dados; 
 - Exemplo: dois clientes retirando fundos de
 - Como os dados podem sofrer acesso de aplicações anter
 não previstas, a supervisão é dificultada; 
 - SGBDs apresentam mecanismos próprio
 para resolver estes problemas: 
 - Protocolos de bloqueios (
 de validação, granularidade múltipla... 
 
\u25cf
 - Como os dados es
 podem apresentar diferentes formatos, é difícil escrever novas aplicações 
 para recuperação apropriada dos dados. 
 
 
\u25cf
 - Nem todos os usuários
 a todos os dados; 
 - Uma vez que os p
 um todo, é difícil garantir a efetividade das regras de segurança; 
 - SGBDs oferecem mecanismos de visões, descrevendo apenas 
 do banco de dados que interessa ao usuário. 
 
A
 
\u25cf
 - Dicionário de Dados ou Catálogo e Metadados
\u25cf aração entre programas e dados 
 - Abstração de Dados 
\u25cf orte a múltiplas visões 
\u25cf Compartilhamento de dados 
\u25cf Processamento de transações
\u25cf Facilidade para imposição de padrões 
\u25cf Tempo de desenvolvimento de aplicaçõ
 
CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 
DISCIPLINA: MODELAGEM DE DAODS 
PROFESSORA: GELLARS TAVARES 
 
MODELAGEM DE DADOS \u2013 Professora Gellars Tavares \u2013 ano 2012 
 
16
e de informações atualizadas 
 
 
\u25cf Flexibilidade 
\u25cf Disponibilidad
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 
DISCIPLINA: MODELAGEM DE DAODS 
PROFESSORA: GELLARS TAVARES 
 
MODELAGEM DE DADOS \u2013 Professora Gellars Tavares \u2013 ano 2012 
 
17
 SGBD X Sistemas de Gerenciamento de Arquivos 
A melhor maneira de entender a natureza geral e as características dos 
) Cada usuário define e implementa os arquivos necessários para 
) nos programas que o manipulam, 
) rquivos pelas aplicações 
) o controlada de dados e 
) ackup e 
)