praticatrabalho
179 pág.

praticatrabalho


DisciplinaDireito Processual do Trabalho I5.068 materiais60.424 seguidores
Pré-visualização42 páginas
no artigo 62, I, da CLT. Cumpria jornada de 
trabalho das 7:30 às 19:30 horas, com 30 minutos de intervalo para refeição e 
descanso, de segunda a sábado, folgando aos domingos. Para desempenho 
de suas funções, a empresa lhe forneceu BIP, carro e custeava 200 litros de 
combustível por mês. Em 21.01.1999, aposentou-se por tempo de serviço, mas 
continuou a trabalhar para a Reclamada, nas mesmas condições. Foi 
dispensado sem justa causa em 14.12.2003, quando percebia remuneração 
média mensal de R$ 1.500,00. Quando da homologação da rescisão, constatou 
que a multa de 40% do FGTS somente incidiu sobre os depósitos efetuados a 
partir de sua aposentadoria, e não de todo o período trabalhado. Propôs 
Reclamação Trabalhista perante o Juízo do Trabalho de São Paulo, pleiteando: 
horas extras e reflexos, ante a extrapolação da jornada diária de 8 horas; horas 
de sobreaviso, em virtude do uso de BIP; integração do salá rio utilidade (carro 
e combustível) na remuneração e reflexos nas demais verbas do contrato; 
diferença da multa de 40% sobre o FGTS do período anterior à aposentadoria. 
QUESTÂO: Como advogado da empresa, apresente a peça processual 
adequada, fundamentando-a. 
 
1. No Direito do Trabalho, sem se considerar a vontade das partes, existem 
duas situações previstas em lei em que ocorre a responsabilidade solidária, 
pelos créditos do empregado, entre duas ou mais empresas. Quais são essas 
situações e quais os dispositivos legais que as prevêem? 
 
2. Cabem mandado de segurança, correição parcial, embargos declaratórios ou 
outra medida judicial contra sentença transitada em julgado, proferida por juiz 
 
 148 
incompetente em razão da matéria? Em caso positivo, explicitar com 
fundamentação. 
 
3. Explique se a convenção coletiva de trabalho obriga inclusive as empresas 
que, embora integrantes da categoria econômica, não são filiadas ao Sindicato 
envolvido na negociação e tampouco tenham participado diretamente dessa 
negociação. 
 
4. À luz do que estabelecem a Constituição Federal e a Lei n.º 4.886/65, a 
competência para conhecer e julgar ação de reconhecimento de vínculo 
empregatício, proposta por representante comercial, é da Justiça Comum ou da 
Justiça do Trabalho? 
 
 
Exame 123 
 
PONTO 1 - Empregada doméstica propõe reclamação em face de sua antiga 
empregadora, postulando pagamento de aviso prévio correspondente a 30 
dias, não concedido quando da rescisão contratual. O pedido é julgado 
procedente, condenandose a empregadora a pagar à empregada o aviso 
prévio cobrado, arbitrando-se, para a condenação, o valor de R$ 800,00. 
Inconformada, a empregadora interpõe recurso ordinário, em petição que se 
faz acompanhar de um único documento, correspondente ao comprovante de 
recolhimento das custas processuais. Alega, no recurso, que a Lei n.o 5.859/72 
não concede à empregada doméstica o direito a aviso prévio, não se lhe 
aplicando o art. 487, da CLT, por conta do art. 7.º, \u201ca\u201d, da mesma CLT. Como 
advogado da empregada doméstica, sendo intimado do recebimento do 
recurso ordinário da empregadora, apresentar a peça processual adequada. 
 
PONTO 2 - Em determinado processo trabalhista, ajuizado em 02.02.2004, em 
que o reclamante buscava o reconhecimento de vínculo de emprego, 
supostamente havido entre 15.03.90 e 01.12.2001, e pagamento de horas 
extras de todo o período, embora não citada, a reclamada toma conhecimento 
da existência da ação apenas na véspera da audiência, à qual comparece, 
para postular o seu adiamento. O pedido de adiamento é indeferido, sob 
protestos, entendendo o juiz que o comparecimento da reclamada supriria a 
falta de citação. Decretada a revelia e considerada a reclamada confessa, o 
juiz acolhe integralmente os dois pedidos. Como advogado da reclamada, 
apresentar a medida processual cabível, com a devida fundamentação legal. 
 
PONTO 3 - Transita em julgado condenação da reclamada a pagar horas 
extras, vedando-se a dedução, do crédito do reclamante, das contribuições por 
ele devidas ao INSS e dos recolhimentos de imposto de renda. Iniciada a 
liquidação de sentença, profere o juízo sentença em que homologa cálculos 
nos quais constam deduções de INSS e imposto de renda. A reclamada é 
citada para pagamento, depositando o valor da execução em dinheiro, sendo o 
reclamante intimado dessa garantia. Como advogado do reclamante, apresente 
a medida processual adequada, indicando o seu fundamento legal. 
 
 
 149 
1. Conceitue a interrupção do contrato de trabalho, indicando quatro situações 
em que ela ocorre. 
 
2. O que é despedida indireta? Apresente um exemplo de despedida indireta. 
 
3. Qual o recurso cabível para impugnar decisão que, em ação trabalhista, 
indefere, sob protestos, a expedição de carta precatória, encerrando a 
instrução e designando data para julgamento do processo? Fundamentar. 
 
4. Pode o Ministério do Trabalho e Emprego, examinando pedido apresentado 
por pessoa diretamente interessada, determinar a realização de novas eleições 
para escolha de dirigentes de sindicato, quando verificar a inobservância de 
regras democráticas no procedimento eleitoral? Fundamentar. 
 
 
Exame 124 
 
PONTO 1 - Tendo sido reclamado, em ação trabalhista, o pagamento de horas 
extras, adicional de insalubridade e reflexos de tais parcelas em férias, aviso 
prévio, décimo-terceiro salário e FGTS, acrescido de multa de 40%, a sentença 
acolhe o pedido de pagamento de adicional de insalubridade, fazendo 
referência a reflexos apenas em férias e aviso prévio, julgando improcedente o 
pedido de pagamento de horas extras. 
QUESTÃO: Como advogado do empregado, apresente a medida processual 
cabível, com a devida fundamentação legal. 
 
PONTO 2 - O empregado José, dispensado com justa causa, por haver 
danificado equipamento da empresa, ajuíza ação trabalhista, buscando reverter 
o fundamento da rescisão contratual, e, em conseqüência, receber aviso 
prévio, férias proporcionais e FGTS, acrescido de multa. A empresa, citada 
para a ação, pretende obter ressarcimento do prejuízo que sofreu. 
QUESTÃO: Apresente, como advogado da empresa, a medida processual 
adequada. 
 
PONTO 3 - Em reclamação sujeita ao procedimento sumaríssimo, o 
empregado obtém o pagamento das diferenças da multa de 40% do FGTS 
sobre os índices de correção monetária não creditados em sua conta 
vinculada, decisão que é confirmada pelo Tribunal Regional do Trabalho, 
quando do julgamento do recurso ordinário da empresa. Buscando reverter a 
condenação, a empresa apresenta recurso de revista, citando divergência 
verificada em face de pronunciamento tomado por outro Tribunal Regional do 
Trabalho, que negou ao empregado direito à diferença da multa de 40% na 
mesma situação. O recurso de revista é recebido pelo presidente do Tribunal 
Regional do Trabalho. 
QUESTÃO: Apresente, como advogado do empregado, a peça processual 
adequada na hipótese, indicando o seu fundamento legal. 
 
 
 150 
1. Compete à Justiça do Trabalho julgar controvérsia relacionada com 
impugnação ao resultado de eleição em sindicato profissional, sob a alegação 
de fraude na coleta dos votos? Fundamente. 
 
2. Pode o empregador que enfrenta relevante crise de mercado, alegando força 
maior, nos termos do art. 501, da CLT, pagar aos empregados dispensados, 
metade da indenização que seria devida em circunstâncias normais? Por quê? 
Fundamente. 
 
3. Em ação ajuizada por empregado, com pedido de pagamento de adicional 
de insalubridade e de equiparação salarial, sendo revel e confesso o 
reclamado, como deve proceder o juiz? Fundamente. 
 
4. No curso de fiscalização realizada por Auditor Fiscal do Trabalho, verifica-se 
a existência de trabalhador prestando serviços na empresa sem registro de 
empregado. Lavrado o auto, a empresa, em defesa administrativa, alega que o 
trabalhador era autônomo, pelo que não havia necessidade de registro. Como 
deve ser conduzido o processo administrativo? 
 
 
Exame 125 
 
PONTO 1 - O empregador, ao comparecer pessoalmente, sem advogado, à 
audiência de
Marcius
Marcius fez um comentário
conceção coletiva onde a categoria econômica não são filiadas ao sindicato envolvido na negociação
2 aprovações
Carregar mais