SIMULADO DIR ADMINISTRATIVO
54 pág.

SIMULADO DIR ADMINISTRATIVO


DisciplinaDireito Administrativo I66.944 materiais1.168.928 seguidores
Pré-visualização26 páginas
do Senado Federal; 
b) Suboficial das forças armadas; 
c) Presidente da República; 
d) Oficial das Forças Armadas; 
 
09- A consulta posterior ao povo depois de se tomar uma decisão importante denomina-se: 
a) Referendo; 
b) Plebiscito; 
c) Iniciativa Popular; 
d) Sulfragio universal. 
 
10- Santos, brasileiro nato, em territorio nacional comete um crime contrário ao interesse nacional, 
ele: 
a) Não poderá ser extraditado, mas perderá sua nacionalidade brasileira 
b) Poderá ser extraditado e perderá sua nacionalidade brasileira 
c) Poderá ser extraditado, mas não perderá sua nacionalidade brasileira 
d) Não poderá ser extraditado nem perderá sua nacionalidade brasileira 
 
11- Assinale a única alternativa correta: 
a) Compete a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) prestar assistência social gratuita e integral aos que 
comprovarem insuficiência de recursos; 
b) As provas obtidas por meios ilícitos nunca são admitidas no processo penal; 
c) Homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos da CF de 1988; 
d) O exercício de qualquer atividade laborativa (trabalho, oficio ou profissão) depende de autorização prévia 
da repartição pública competente ou órgão de classe em todos os casos. 
 
12- A extradição é a entrega de um indivíduo feita pelo Governo ao Governo de outro Estado que o 
reclame para ser julgado ou para cumprir pena. Marque a alternativa que esta de acordo com a CF. art. 
5º LI: 
a) Português residente no Brasil nunca poderá ser extraditado; 
b) Brasileiro naturalizado pode ser extraditado a qualquer tempo; 
c) Estrangeiro pode ser extraditado por crime político ou de opinião; 
d) Brasileiro nato não pode ser extraditado; 
e) NRA. 
 
13- Assinale a alternativa correta segundo a CF de 1988. 
a) A extradição de estrangeiro será concedida por crime político ou de opinião; 
b) É pública a votação dos jurados nos processos do tribunal do júri; 
c) A prática do racismo constitui crime inafiançavel e precritível; 
d) Não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia cominação (previsão) legal. 
 
14- A Constituição Federal de 1988 veda: 
a) o direito de propriedade; 
b) a liberdade de consciência e de crença; 
c) o anonimato e as associações de caráter paramilitar e o execicio de reuniões em locais publicos de 
cidadões armados; 
d) a livre locomoção. 
 
15- A prisão civil por dívida é proibida pela CF, exceto no(s) caso(s): 
a) de pensão alimenticia e depositário infiel; 
b) de devedor inadimplente para com o Fisco Federal, Estadual ou Municipal; 
c) de devedor de jogo; 
d) de devedor inadimplente com o comércio em geral; 
e) de devedor de alimentos e depositário infiel. 
 
16- Em face do texto constitucional, das afirmações abaixo, podemos dizer: 
I- Ninguém poderá ser compelido a associar-se ou permanecer associado. 
II- É garantido o direito de propriedade, des de que esta atenda a sua função social; 
III- Não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem cominação legal 
a) As três normas são corretas; 
b) As três normas estão incorretas; 
c) I e II são corretas e III incorreta; 
d) I e II estão incorretas. 
 
17- assinale a única alternativa correta 
a) é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, ressalvados os casos de 
licença previstos em lei; 
b) a casa é asilo inviolável, ninguém nela pode penetrar sem consentimento do proprietário, salvo durante o 
dia, por determinação judicial, ou para prestar socorro, entre outras possibilidades previstas na propria 
constituição. 
c) é plena a liberdade de associação para fins ilícitos, vedada a de caráter paramilitar; 
d) é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a 
lei estabelecer 
 
18- Segundo a Constituição Federal de 1988: 
a) o princípio da igualdade de todos perante a lei não impede que a lei favoreça os mais pobres, visando 
reduzir as desigualdades sociais; 
b) o exercício do direito de resposta, uma vez utilizado pela vítima de ofensa contra a honra exclui toda e 
qualquer possibilidade de indenização por dano material, moral ou à imagem; 
c) o princípio da legalidade consiste entre outras coisas em que ninguém será obrigado a fazer ou deixar de 
fazer alguma coisa senão em virtude de lei; 
d) O princípio da livre manifestação do pensamento protege o anonimato. 
 
19-Analise as proposições abaixo: 
I- As normas definidoras dos direitos e garantias individuais tem aplicação mediata; 
II- O Estado indenizará quem for preso por erro Judiciário, assim como aquele que ficar preso além do tempo 
fixado na 
sentença; 
III- Ás presidiárias serão asseguradas condições para que possam permanecer com seus filhos durante o 
período de 
amamentação; 
IV- O réu tem direito a identificação dos responsévais por sua prisão ou por seu interrogatório policial; 
V \u2013 A prisão legal será imediatamente relaxada pela autoridade judiciária. 
a) Todas estão incorretas; 
b) Somente II e III estão corretas; 
c) Todas estão corretas; 
d) I, II, e V estão corretas. 
 
20- Só se pode pleitear por habeas-data informações: 
a) Sociais em geral 
b) Criminais 
c) Relativas ao impetrante 
d) De caráter coletivo 
 
21- O segundo objetivo do habeas data previsto na CF é: 
a) a prisão da autoridade responsável pelas informações registradas; 
b) a ratificação dos dados constantes na entidade governamental; 
c) a retificação dos dados constantes na entidade governamental ou de caráter público relativas tambem a 
pessoa do impetrante; 
d) NRA 
 
22- O instrumento jurídico que visa a defender direito ou notificar ilegalidade ou abuso de autoridade, 
denomina-se: 
a) habeas corpus 
b) mandado de injunção 
c) direito de petição; 
d) direito líquido e certo 
 
23- O sujeito ativo da ação de habeas corpus é segundo a própria CF: 
a) O indivíduo titular da cidadania; 
b) Apenas brasileiros naturalizados; 
c) Apenas brasileiros natos; 
d) Qualquer indivíduo. 
 
24- O mandado de segurança ataca ato: 
a) De qualquer brasileiro; 
b) De funcionários públicos; 
c) De autoridades públicas; 
d) NRA. 
 
25- Para proteger direito líquido e certo não amparado por habeas corpus, ou por habeas data, quando 
o responsével pela ilegalidade ou abuso de poder for autoridade pública ou agente de pessoa jurídica 
no exercício de atribuições do Poder público, conceder-se-à: 
a) Mandado popular; 
b) Mandado de segurança; 
c) Mandado de injunção; 
d) Mandado judicial. 
 
26- São gratuitas: 
a) Os atos necessários ao exercício da cida dania; 
b) As ações de habeas data; 
c) As ações de habeas corpus; 
d) Todas estão corretas. 
 
27- Conceder-se-à Mandado de Injunção: 
a) Para anular ato lesivo ao patrimônio Público, à moralidade administrativa, ao meio ambiente e ao 
patrimônio histórico e cultural; 
b) Para proteger direito líquido e certo não amparado por habeas corpus nem por habeas data, quando 
responsável pela ilegalidade ou abuso de poder for autoridade pública ou agente de pessoa jurídica no 
exercício de atribuições do Poder Público; 
c) Sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de 
locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder; 
d) Sempre que a falta de norma regulamentadora torne inviável o exercício dos direitos e liberdades 
constitucionais e das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania, à cidadania. 
 
28- Segundo disposição constitucional, o mandado de segurança coletivo pode ser impetrado: 
a) Por entidade de classe ou associação legalmente constituída e em funcionamento há pelo menos um ano, 
em defesa dos interesses de seus membros associados; 
b) Por qualquer partido político, mesmo sem representação no Congresso; 
c) Por qualquer cidadão brasileiro em defesa de seus interesses lesados; 
d) Por entidade de classe ou associação legalmente constituída e em funcionamento há pelo menos três 
anos, em defesa dos interesses de seus membros ou associados; 
e) NRA. 
 
29- O Governador de um estado membro da Federação, decreta a demolição de uma praça 
considerada patrimônio cultural