SIMULADO DIR ADMINISTRATIVO
54 pág.

SIMULADO DIR ADMINISTRATIVO


DisciplinaDireito Administrativo I66.497 materiais1.163.560 seguidores
Pré-visualização26 páginas
natureza especial adquire estabilidade após dois 
anos de estágio probatório; 
c) O funcionário público estável somente poderá perder o cargo no caso de prática de falta grave apurada em 
processo administrativo no qual se assegure ao servidor o contraditório e a ampla defesa; 
d) Nos termos da Constituição Federal, o sistema de aposentadoria do servidor público federal há de ser 
custeado mediante contribuição do servidor e da própria União, na forma da lei; 
e) A Constituição Federal assegura plena isonomia de vencimento entre cargos, empregos ou funções 
idênticos ou assemelhados. 
 
77 - Assinale a assertiva correta: 
a) Segundo a orientação dominante na doutrina e jurisprudência pacificada pelo STF, o provimento de cargo 
público mediante ascensão funcional é plenamente compatível com a ordem constitucional vigente. 
b) Os cargos e empregos públicos são privativos de brasileiros natos; 
c) O servidor público pode exercer o direito de greve na forma estabelecida em lei especifica;. 
d) No caso de responsabilidade civil do Estado, o agente público responde, em ação regressiva, somente na 
hipótese de dolo. 
 
78 - O mandado de injunção na Constituição de 1998 visa a 
(A) Tornar viável o exercício de direitos constitucionais que carecem de regulamentação legal qua ainda não 
foi feita; 
(B) Tornar efetiva norma constitucional programática; 
(C) Proteger direito líquido e certo não amparado por habeas corpus ou habeas data; 
(D) Conferir aplicabilidade plena aos direitos sociais; 
(E) Declarar a inconstitucionalidade de omissões do legislador ordinário. 
 
79 - A entidade da Administração Pública que abrir um concurso para agentes do sistema sócio 
educativo do sexo feminino (Servidoras que trabalham com menores infratoras), para preencher cargo 
vago em uma penitenciária de mulheres, pratica ato: 
(A) Ilegal, por vulnerar o princípio da isonomia. 
(B) Nulo, visto que a jurisprudência dominante em nossos Tribunais não admite quaisquer restrições à livre 
acessibilidade aos cargos públicos. 
(C) Anulável, dependendo da arguição de interessado que possa provar a procedência da distinção. 
(D) Perfeitamente legal, uma vez que o princípio da razoabilidade admite certas restrições tendo em vista as 
atribuições e condições de exercício do cargo. 
(E) Legal, visto que o Poder Público tem a faculdade discricionária de fixar, no edital, condições respeitantes à 
desigualdade física, moral e intelectual dos candidatos à função pública. 
 
80 \u2013 Em relação ao Estado brasileiro, julgue os itens abaixo e assinale a alternativa incorreta: 
a) O Brasil é uma república federativa, de modo que os componentes da federação, notadamente os estados-
membros e os municípios detêm e exercem soberania. 
b) A adoção, pelo Brasil, do princípio republicano em lugar do monárquico produz conseqüências no 
ordenamento jurídico, tais como a necessidade de meios de legitimação popular dos titulares dos Poderes 
Executivo e Legislativo e a periodicidade das eleições. 
c) Não há, no sistema constitucional brasileiro, uma rigorosa divisão de poderes; as funções estatais é que 
são atribuídas a diferentes ramos do poder estatal, e de modo não-exclusivo. 
d) O princípio que repousa sob a noção de Estado de direito é o da legalidade. 
e) No Estado democrático de direito, a lei tem não só o papel de limitar a ação estatal como também a função 
de transformação da sociedade. 
 
81 \u2013 Acerca dos direitos fundamentais e dos direito constitucionalmente assegurado aos servidores 
públicos civis a julgue os itens seguintes. 
a) Estabilidade após 3 anos contados de sua posse em cargo de provimento efetivo em virtude de concurso 
público. 
b) Percepção de proventos integrais na hipótese de aposentadoria compulsória aos 70 anos de idade. 
c) Acumulação de aposentadorias, no regime de previdência de caráter contributivo, decorrentes dos cargos 
acumuláveis na forma da Constituição. 
d) Percepção de subsídio, acrescido de eventuais abonos e gratificações previstos em lei. 
e) Disponibilidade, com remuneração proporcional ao tempo de serviço, na hipótese de perda do cargo em 
decorrência de processo de avaliação de desempenho. 
 
82 \u2013 Com relação aos direitos políticos, julgue os itens abaixo e marque a alternativa correta: 
a) Os direitos políticos compreendem as faculdades de votar e de ser votado e nelas esgotam-se 
completamente 
b) O alistamento eleitoral é obrigatório para todos os brasileiros alfabetizados e maiores de dezoito anos. 
c) O sufrágio no Brasil possui índole capacitária e censitária. 
d) No Brasil, quem tem capacidade eleitoral passiva tem, necessariamente, a ativa sendo assim, todo eleitor é 
elegível. 
e) Inelegibilidade é diferente de inalistabilidade, que, por sua vez, é diferente de incompatibilidade. 
 
83 \u2013 Considerando as normas constitucionais disciplinadoras dos direitos políticos, julgue os itens 
abaixo. 
a) No Brasil, o alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios para todos os indivíduos maiores de dezoito 
anos. 
b) Todos aqueles que podem votar podem ser votados. 
c) O condenado criminalmente por decisão passada em julgado pode votar mas não pode ser votado, 
enquanto durarem os efeitos da condenação. 
d) A condenação por ato de improbidade administrativa implica a suspensão dos direitos políticos. 
e) O estrangeiro não pode ser candidato a cargo eletivo no Brasil. 
 
84- Se o ato administrativo contiver o vício de ilegalidade ou de ilegitimidade ensejará a: 
a) anulação; b) revogação; 
c) retrocessão; d) reversão; 
e) rescisão. 
 
85 \u2013Em relação às sociedades de economia mista, pode-se dizer: 
I) São pessoas jurídicas de direito privado, com participação do Poder Público e de particulares no seu capital 
mas não em sua administração; 
II) Quando utilizadas para explorar atividades econômicas, devem operar sob as mesmas normas aplicáveis 
às empresas privadas, inclusive quanto às obrigações trabalhistas e tributárias; 
III) O seu pessoal não está sujeito à proibição constitucional de acumulação de cargos, empregos ou funções. 
Quanto às afirmativas acima; 
a) apenas I e II são corretas; 
b) apenas I e III são corretas; 
c) apenas II e III são corretas; 
d) apenas II esta correta; 
e) todas são corretas; 
 
86 \u2013 A respeito dos direitos fundamentais da Constituição de 1988, julgue os itens seguintes e 
assinale a alternativa incorreta: 
a) Considere que, em uma investigação criminal, realizada sem autorização judicial, foi feita a gravação de 
comunicações telefônicas de Paulo e que, no entanto, não se apurou o cometimento de nenhum crime por 
parte deste; mas as gravações revelaram fato que poderiam, em tese, ensejar a aplicação de sanções 
administrativas a ele. Nessa situação a administração não poderá punir Paulo com base exclusivamente nos 
fatos tornados conhecidos pela gravação realizada. 
b) Sabendo que, segundo a Constituição, é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, 
atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer, é correto concluir que enquanto não sejam 
definidas por lei as qualificações necessárias para o desempenho de certa atividade profissional, ela poderá 
ser exercida. 
c) Qualquer indivíduo, desde que brasileiro, é parte legítima para ajuizar ação popular que vise a anular ato 
lesivo ao patrimônio público. 
d)A Constituição não admite penas de caráter perpétuo ou de trabalhos forçados. 
e) Mesmo sabendo que a Constituição estabelece que ninguém será considerado culpado até o trânsito em 
julgado de sentença penal condenatória, é impossível prender alguém antes do transito em julgado. 
 
87 \u2013 Segundo a teoria dos motivos determinantes: 
a) Todos ato administrativo deve ter sua motivação expressamente prevista na lei; 
b) A desatendimento ao interesse público pode ser invocado pelo Poder Judiciário para a anulação do ato 
administrativo. 
c) Os motivos invocados para a prática do ato administrativo fazem parte do mérito da ato e não podem ser 
apreciados judicialmente; 
d) A finalidade de interesse público a que visa o agente com a prática do ato administrativo