aula_2_evol_arqui_corp

aula_2_evol_arqui_corp


DisciplinaZoologia3.837 materiais32.671 seguidores
Pré-visualização1 página
*
*
GBI 131 \u2013 ZOOLOGIA GERAL
AULA 2
EVOLUÇÃO E ARQUITETURA CORPÓREA
*
*
EVOLUÇÃO DOS METAZOÁRIOS
Teoria sincicial
*
*
EVOLUÇÃO DOS METAZOÁRIOS
Teoria Colonial
*
*
EVOLUÇÃO DOS METAZOÁRIOS
Teoria Polifilética
*
*
ARQUITETURA ANIMAL
\u201cBauplan\u201d: Termo alemão, significa \u2013 plano ou projeto estrutural, o \u201cdesign\u201d, a arquitetura do animal.
arquétipo
Bauplan
evolução
 As características de um Bauplan não são as mesmas características filogenéticas ou sinapomorfias.
O Bauplan é uma mistura de caracteres ancestrais e derivados.
*
*
Conceito: modo como as estruturas do corpo estão organizadas em relação a algum eixo do corpo.
	
Os animais quando cortados ao longo de um eixo produzem metades semelhantes uma à outra, ou simétricas.
SIMETRIA
*
*
Tipos de simetria:
	Animais assimétricos \u2013 não possuem plano de simetria, quando cortados não produzem metades simétricas.
	
SIMETRIA
*
*
Tipos de simetria:
	Simetria esférica \u2013 observada em animais que têm forma esférica, qualquer plano que passe através do centro divide o organismo em duas metades iguais.
SIMETRIA
radiolário
*
*
Tipos de simetria:
Simetria radial \u2013 animais com forma de tubo ou cilindro, as várias partes do corpo se dispõem de forma simétrica ao redor de um eixo oral-aboral.
SIMETRIA
Simetria birradial
*
*
Simetria radial
SIMETRIA
Simetria quadrirradial Simetria pentarradial.
*
*
Tipos de simetria:
	 Simetria bilateral \u2013 as partes do corpo se orientam sobre um eixo que passa da extremidade anterior à posterior, e o plano de simetria que passa por este eixo divide o animal em duas metades, uma direita e outra esquerda.
SIMETRIA
*
*
plano sagital (existe apenas um) \u2013 divide o corpo em duas metades iguais, direita e esquerda;
plano frontal ou longitudinal \u2013 divide o corpo em duas metades, perpendicular ao plano sagital, dorsal e ventral;
3. plano transversal \u2013 qualquer plano que corta através do corpo, de lado a lado (anterior e posterior).
PLANOS DE SIMETRIA
*
*
Conseqüências da bilateralidade:
		Cefalização
		Ventrum \u2013 com função motora
		Dorsum \u2013 com função de proteção.
 
*
*
CELULARIDADE
I- Organismos unicelulares (Protista)
II- Organismos multicelulares:
	A. Sem tecidos verdadeiros
		- mesozoários
		- parazoários (Porifera)
	B. Com tecidos verdadeiros (eumetazoários)
		- Eumetazoa diploblásticos
		- Eumetazoa triplobláticos
*
*
CAMADAS GERMINATIVAS
a) nos animais DIPLOBLÁSTICOS
		ectoderma \u2013 dará origem aos epitélios superficiais e ao sistema nervoso;
		endoderma \u2013 dará origem ao epitélio intestinal e aos derivados;
 
b) nos animais TRIPLOBLÁSTICOS
		ectoderma
		endoderma
		mesoderma
Mesoderma - camada germinativa que surge entre a ectoderma e a endoderma, a partir de células embrionárias associadas à endoderma.
*
*
Mesoderma e a cavidade do corpo:
 
	ACELOMADOS \u2013 mesoderma forma uma massa mais ou menos sólida de tecido, entre o intestino e a parede externa do corpo.
 
	BLASTOCELOMADOS \u2013 apresentam uma cavidade preenchida por fluído, entre a parede do corpo e o intestino, mas a cavidade não se forma a partir da mesoderma.
 
	CELOMADOS \u2013 a cavidade se forma dentro da mesoderma, sendo coberta por uma fina camada de células, o peritônio.
*
*
CELOMA
*
*
Epiderme (ectoderme)
Blastocelomado
*
*
LOCOMOÇÃO E SUSTENTAÇÃO
Aumento do tamanho corporal
Evoluíram juntas
Protista
Metazoa
Quatro padrões de locomoção:
Movimento amebóide
Movimento ciliar e flagelar
Propulsão hidrostática
Movimento com apêndices
Três sistemas de sustentação:
Endoesqueleto
Exoesqueleto
Esqueleto hidrostático
Animais aquáticos diferentes dos animais terrestres
*
*
Locomoção amebóide
Em Protista e nas células dos Metazoa
B. Cílios e flagelos
Locomoção e alimentação
Em platelmintos e rotíferos
C. Músculos e esqueletos
LOCOMOÇÃO E SUSTENTAÇÃO
músculos
esqueletos
Forma do corpo
*
*
LOCOMOÇÃO E SUSTENTAÇÃO
C. Músculos e esqueletos
Esqueleto hidrostático: 
	-movimento do fluido sob pressão
	- uso de músculos circulares
	- em: vermes, nos pés ambulacrais dos equinodermatas e sifões dos bivalves
Esqueleto rígido:
	- impede mudanças na forma
	- vantagens: maior tamanho, maior velocidade, proteção de predadores, movimentos controlados
	- 2 tipos: endoesqueleto (mesoderme) e exoesqueleto (ectoderme)
*
*
LOCOMOÇÃO E SUSTENTAÇÃO
-Esqueleto articulado: Artrópodos e Equinodermatas
-Esqueleto não articulado: Gastrópodos e Equinoides regulares e irregulares
Esqueletos rígidos e articulados: músculos antagônicos
	* flexores e extensores
	* prototores e retratores
	*adutores e abdutores
A fisiologia e a bioquímica da contração muscular é a mesma entre vertebrados e invertebrados
*
*
Direção do movimento de flexão do apêndice
Músculos antagônicos: A e B em vertebrados; C em artrópodos
*
*
MECANISMOS ALIMENTARES
Digestão intracelular e extracelular
Os mecanismos de captura e digestão variam com os diferentes Bauplan
B. Estratégias alimentares
Herbívoros
Carnívoros
Onívoros
Pastejadores
Predadores
Saprófagos
Micrógafos
Macrófagos
Suspensívoros
Comedores de depósito
Detritívoros
*
*
*
*
EXCREÇÃO E OSMORREGULAÇÃO
Processos interligados a forma do corpo, a natureza dos sistemas e ao ambiente onde vivem.
Em invertebrados aquáticos: amônia
Em organismos terrestres: uréia (vertebrados) e ácido úrico (invertebrados)
*
*
EXCREÇÃO E OSMORREGULAÇÃO
Estrutura excretora:
Nefrídios: protonefrídios (platelmintes e rotíferos) e metanefrídios 
Glândulas maxilares ou antenais (crustáceos) e túbulos de Malpighi (insetos)
*
*
CIRCULAÇÃO E TROCAS GASOSAS
Sistema circulatório fechado (anelídeos e vertebrados)
Sistema circulatório aberto (artrópodos e moluscos)
Estruturas:
Superfície corporal
Brânquias
Pulmão foliáceo, traquéias e pulmões pleopodais
Pulmão
*
*
*
*
SISTEMA NERVOSO E ÓRGÃOS SENSORIAIS
Sistema nervoso relacionado ao seu Bauplan e modo de vida
1- animal com simetria radial: sistema simples e não organizado (Cnidários)
2- animais com simetria bilateral: locomoção unidirecional, cefalização, cordões nervosos
	- sistema em forma de escada (platelmintes)
	- sistema mais centralizado (invertebrados)
	- sistema complexo (vertebrados)
*
*
SISTEMA NERVOSO E ÓRGÃOS SENSORIAIS
Receptores tácteis
Estatocistos
Órgão timpânicos
Em fendas
Órgãos de Tomosvary
Termorreceptores
Bioluinescência
Quimiorreceptores
Fotorreceptores
Ocelos
Olhos compostos
Olhos complexos (cefalópodos e vertebrados)
*
*
HORMÔNIOS E FERORMÔNIOS
Hormônios: nos vertebrados = sistema endócrino
	- endócrinos
	- neuro-hormônios
Em invertebrados: relacionado ao crescimento, muda e desenvolvimento(em insetos e crustáceos)
Ferormônios: atração sexual (insetos)
*
*
REPRODUÇÃO
- Assexuada: brotamento, fragmentação, fissão (Cnidários)
Sexuada: 
variabilidade genética
formação de gametas
Gametas liberados na água
Fecundação interna ou externa
Diferentes tipos de órgão copulador
Organismos dióicos ou hermafroditas
Partenogênese