Apostila-Contabilidade-nocoes-basicas
179 pág.

Apostila-Contabilidade-nocoes-basicas


DisciplinaContabilidade Básica29.503 materiais656.756 seguidores
Pré-visualização45 páginas
conta \u201cCompras\u201d, a fim de se apurar as \u201cCompras Líquidas\u201d. 
 
 Observe que as contas \u201cCompras\u201d e \u201cDevolução de Compras\u201d são utilizadas na apuração do RCM, por-
tanto com, características de contas de resultado, encerrando-se as mesmas quando da apuração do CMV. 
 
 Assim, ocorrendo a devolução de mercadorias no período-base seguinte ao da realização da compra, o 
tratamento contábil a ser dispensado será o mesmo descrito no item acima, pois usando-se esta metodologia, a 
devolução não influirá no resultado do período base corrente. 
 
 
6.5.10 Vendas Canceladas de Períodos Anteriores 
 
 
! 
 
OBS.: Caso a pessoa jurídica adote inventário periódico, não deverá efetuar o lançamento, pois ao final do 
período-base, quando da contagem física do estoque final, levará em consideração a entrada da mercadoria 
correspondente à citada devolução. 
 
 As vendas canceladas de períodos anteriores, não devem afetar a apuração do resultado bruto atual, 
pois não tem relação com as vendas efetuadas neste período, assim, não deve ser considerada como \u201cReduto-
ra da Receita Bruta\u201d mais sim como \u201cDespesa Operacional\u201d correspondente ao período em que se efetivou a 
devolução. 
 
 Contabilização: 
 
 a. pela devolução de venda do período anterior 
 
 Diversos 
 a Duplicatas a Receber ou Caixa ou Bancos 
 Perdas com Devolução de Vendas do Período Anterior (*) 
 IPI a Recolher 
 
 b. pelo ICMS na devolução de vendas do período anterior 
 
 ICMS a Recolher 
 a Perdas com Devolução de Vendas do Período Anterior (*) 
 
 c. entrada de mercadoria no estoque (Inventário Permanente) 
 
 Mercadorias em Estoque 
 a Perdas com Devolução de Vendas do Período Anterior (*) 
 
 (*) Despesas de Vendas 
 
 
 
 
 
 
 
 
6.5.11 Fretes nas Devoluções de Compras e Vendas 
 
6.5.11.1 Devolução de Vendas 
 
 Pela empresa vendedora que assumiu o pagamento do frete na devolução \u2013 são tratados como despe-
sas operacionais do período em que foram incorridos, independentemente do período em que foram efetuadas 
as vendas. 
 
 Contabilização: 
 
 Despesas de Fretes - Despesas Operacionais (*) 
 a Caixa ou Bancos 
 
(*) Despesas de Vendas - Nessa hipótese, a despesa do frete será assumida pela empresa vendedora. 
 
 
6.5.11.2 Devolução de Compras 
 
 Os fretes relativos as devoluções de compra, quando forem de responsabilidade da compradora, não 
serão acrescidos aos seus estoques, e sim tratados como despesas operacionais do exercício. 
 
 Contabilização: 
 
! 
 
 
 Despesas de Fretes 
 A Caixa ou Bancos ou Duplicatas a Pagar 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Exercício 01 
 
Determine o valor do custo de aquisição supondo que esta compra tenha sido efetuada por uma empresa co-
mercial, e por uma empresa de serviço. 
 
Exercício 02 
 
1. Dados do mês de janeiro do 1995. 
 
Notas fiscais De Venda De Devolução de Vendas 
 Valor 200.000 200.000 
+ IPI (10%) 20.000 20.000 
(=) Total da Nota Fiscal 220.000 220.000 
ICMS Destacado 30.000 30.000 
 
2. Efetuar o devido registro na contabilidade do vendedor e do comprador, de acordo com as hipóteses abaixo 
especificadas. 
 
 1a hipótese - Contabilize as operações acima, admitindo que a devolução de venda efetuada no próprio mês; 
 
 2a hipótese - Contabilize as operações acima, admitindo que a devolução se refere a venda efetuada no mês 
de dezembro de 19X4, portanto, de devolução de venda de períodos-base anteriores. 
 
Exercícios 
 
1. Dados: 
 Valor do estoque inicial de 2001 \u2013 R$ 500,00 
 Compras a prazo \u2013 R$ 2.500,00 
 Vendas a prazo \u2013 R$ 2.500,00 
 Estoque final de 2001 \u2013 R$ 1.200,00 
 
 Com base nas informações acima assinale a alternativa que apresente o CVM e o RCM apurados de acordo 
com a sistemática de Inventário Periódico Conta Mista de Mercadorias 
 
 a. 1.200,00 e 1.300,00 
 b. 1.500,00 e 2.000,00 
 c. 1.800,00 e 700,00 
 d. 700,00 e 1.800,00 
 e. 600,00 e 1.000,00 
 
! 
 
 
2. Com base nas informações da questão anterior assinale a alternativa que apresente o CMV e o RCM apura-
dos de acordo com a sistemática de Inventário Periódico Conta de Mercadorias com Função Desdobrada. 
 
 a. 1.200,00 e 1.300,00 
 b. 1.500,00 e 2.000,00 
 c. 1.800,00 e 700,00 
 d. 700,00 e 1.800,00 
 e. 600,00 e 1.000,00 
3. Dados: 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Com base no método PEPS assinale a alternativa que contenha o valor do estoque final 
 
 a. 90.000,00 
 b. 91.000,00 
 c. 88.000,00 
 d. 96.000,00 
 e. 100.000,00 
 
 
4. Com base nos dados da questão anterior assinale a alternativa que apresente o valor do CMV de acordo 
com o método do Preço Médio Ponderado. 
 
 a. 55.000,00 
 b. 67.000,00 
 c. 72.000,00 
 d. 78.000,00 
 e. 87.000,00 
 
 
5. Com base nos dados da questão anterior assinale a alternativa que apresente o valor do RCM de acordo 
com o método UEPS. 
 
 a. 71.000,00 
 b. 72.000,00 
 c. 73.000,00 
 d. 74.000,00 
 e. 75.000,00 
 
 
6. Analise as seguintes afirmações: 
 
 I. O estoque final é inversamente proporcional ao CMV; 
 II. O CMV é inversamente proporcional ao RCM; 
 
No 
Operação 
Realizada 
 
Quantidade 
Preços 
Unitário $ Total $ 
 Saldo Inicial (EI) 80 400 32.000,00 
1 Compra a prazo 80 600 48.000,00 
2 Venda a prazo 40 1.500 60.000,00 
3 Venda a prazo 80 2.000 160.000,00 
4 Compra a prazo 120 700 84.000,00 
5 Venda a prazo 20 1.500 30.000,00 
 
! 
 
 III. O estoque final é diretamente proporcional ao RCM. 
 
 a. Apenas I e II são verdadeiras 
 b. Apenas II e III são verdadeiras 
 c. Apenas I e III são verdadeiras 
 d. Todas as afirmações são verdadeiras 
 e. Todas as afirmações são falsas 
 
 
 
 
 
 
 
01. (ESAF) Uma empresa adquiriu um lote de mercadorias para revenda, a prazo, sendo extraída 
em seu nome nota fiscal com os seguintes dados: 
 
 100 unidades do produto A a 1.000 100.000 
 IPI 10% 10.000 10.000 
 Total da nota fiscal 110.000 
 ICMS- 17% - 17.000 
 
 Sabendo-se que a empresa compradora é contribuinte do ICMS, mas não é do IPI, sabe-se, também, que 
deve registrar a compra através do seguinte lançamento: 
 
 a. Compras 
 a Fornecedores 110.000 
 
 b. Diversos 
 a Fornecedores 
 Compras 83.000 
 Contas Correntes - ICMS 17.000 
 Contas Correntes \u2013 IPI 10.000 110.000 
 
 c. Diversos 
 a Fornecedores 
 Compras 100.000 
 Contas Correntes do IPI 10.000 110.000 
 
 d. Diversos 
 a Fornecedores 
 Compras 83.000 
 Contas Correntes ICMS 17.000 100.000 
 
 e. Diversos 
 a Fornecedores 
 Compras 93.000 
 Conta Corrente do ICMS 17.000 110.000 
 
02. (ESAF/AFTN/89) Observe a seguinte operação, isenta de impostos: 
 
 Venda de mercadorias a prazo com entrada e prejuízo: 
 
 Preço de venda 6.000; 
 Entrada 20% do preço 
 
! 
 
 Prejuízo 30% do preço 
 
A empresa que realizou a venda, pare registra-la, deixando certo o saldo da conta Mercadorias, devera 
lançar débitos e créditos como segue: 
 
 a. Debito de Caixa 1.200 
 Débito de Clientes 4.800 
 Débito de RCM 1.800 
 Crédito de Mercadorias 7.800 
 
 b. Débito de Caixa 1.200 
 Débito de Clientes 4.800 
 Crédito de Mercadorias 4.200 
 Crédito de RCM 1.800 
 
 c. Débito de Caixa 1.200 
 Débito de Clientes 4.800 
 Crédito de Mercadorias 6.000 
 
 d. Débito de Caixa 1.200 
 Débito de Mercadorias 4.800 
 Crédito de RCM 1.800 
 Crédito de Clientes 4.200 
 
 e. Débito de Caixa 1.200 
 Débito de Clientes 3.000 
 Débito de RCM 1.800 
 Crédito de Mercadorias 6.000 
 
03. (ESAF/AFTN/94) 
 
Na escrituração contábil