Apostila-Contabilidade-nocoes-basicas
179 pág.

Apostila-Contabilidade-nocoes-basicas


DisciplinaContabilidade Básica29.436 materiais656.160 seguidores
Pré-visualização45 páginas
produtos em fabricação e bens em almoxarifado, 
são avaliadas pelo valor de mercado, quando esse for o costume mercantil aceito pela técnica contábil 
 
 e. No Balanço, as contas do Ativo Circulante serão divididas em Disponível, Créditos, Estoques e Des-
pesas do Exercício Seguinte 
 
 
003. Identifique a afirmativa falsa: 
 
 a. a conta do capital social discriminará o montante subscrito e, por dedução, a parcela ainda não reali-
zada 
 
 b. na Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos, a redução do Ativo Realizável a Longo Pra-
zo é considerada uma aplicação 
 
 c. lançamento de transferência é aquele que promove a regularização do saldo de conta indevidamente 
debitada ou creditada sem necessidade de estorno 
 
 d. o valor das Ações em Tesouraria, adquiridas de acionista retirante, será classificado como parcela 
subtrativa do Patrimônio Líquido 
 
 e. as sociedades por ações devem indicar, nas Notas Explicativas que complementam as Demonstra-
ções Financeiras, o aumento de valor de elementos do ativo resultante de novas avaliações 
 
 Com base no Balanço abaixo, responda às questões nos 004 e 005, relacionadas com o Balanço Patri-
monial: 
 
Cia. Comercial SILPA 
Balancete Final em 31.12.X4 
 
! 
 
Contas $ $ 
Caixa 100,00 
Bancos c/Movimento 900,00 
Duplicatas a Receber (C.P) 8.000,00 
Duplicatas Descontadas (C.P) 3.000,00 (*) 
Estoque de Mercadorias (C.P) 4.000,00 
Despesas Pré-operacionais 800,00 
Amortização Acumulada de Despesas Pré-operacionais 200,00(*) 
Depreciação Acumulada de Móveis e Utensílios 800,00 (*) 
Fornecedores (C.P) 2.500,00 
Tributos a Recolher (C.P) 1.300,00 
Encargos Sociais a Recolher (C.P) 700,00 
Capital 3.200,00 
Reserva de Correção Monetária do Capital 1.000,00 
Lucros Acumulados _________ 2.500,00 
TOTAIS 15.200,00 15.200,00 
 
 
 (C.P) = Curto Prazo 
 (*) = Contas 
 
004. O Ativo Circulante totalizou (em $): 
 
 a. 8.000,00 d. 13.000,00 
 b. 1.000,00 e. 9.000,00 
 c. 10.000,00 
 
005. O Ativo Permanente importou (em $): 
 
 a. 2.200,00 d. 2.000,00 
 b. 1.200,00 e. 5.200,00 
 c. 1.400,00 
 
006. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 As contas classificadas como Reservas de Capital, entre as acima relacionadas, totalizam (em $): 
 
 a. 1.350.000,00 d. 1.570.000,00 
 b. 1.720.000,00 e. 1.650.000,00 
 c. 1.930.000,00 
 
 
 
007. Com a finalidade de elaboração a Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados, do Balanço de 
31.12.X7, o contador da Companhia SDN coletou os seguintes dados referentes ao exercício de 19X7: 
Contas $ 
Capital Social 450.000,00 
Reserva da Correção Monetária do Capital Social 1.350.000,00 
Reserva de Prêmio Recebido na Emissão de Debêntures 280.000,00 
Reserva de Produto da Alienação de Partes Beneficiárias 300.000,00 
Reserva Estatutária 400.000,00 
Reserva para Contingências 120.000,00 
Reserva Legal 90.000,00 
Resultados de Exercícios Futuros 10.000,00 
 
! 
 
 
Itens Valores ($) 
\ufffd Saldo da conta no início do período-base 
 (ou saldo anterior de Lucros Acumulados) 70.000,00 
\ufffd Ajuste Devedor do exercício imediatamente anterior 
 (insuficiência da provisão para o imposto de renda) 10.000,00 
\ufffd Reversão do saldo da conta Reservas para Contingências 80.000,00 
\ufffd Lucro Líquido do período-base após a provisão para o imposto de renda 750.000,00 
\ufffd Parcela dos lucros incorporada ao Capital Social 30.000,00 
\ufffd Transferência para a Reserva Legal (com respaldo na Lei das Sociedades Anônimas) 30.000,00 
\ufffd Dividendos creditados aos acionistas 162.500,00 
 
 Informações adicionais 
 
 a. A Cia SDN, fundada em 19X4, sempre apresentou resultado positivo (lucro) em suas operações 
 b. Os dividendos são creditados na conta Dividendos a Pagar (Passivo Circulante). 
 
 A Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA) apresentou, em função dos dados coleta-
dos, ao fim do período (31.12.X7), um saldo credor de (em $): 
 
 a. 527.500,00 d. 727.500,00 
 b. 687.500,00 e. 832.500,00 
 c. 667.500,00 
 
008. As notas Explicativas que completam as demonstrações financeiras das sociedades anônimas, deverão 
indicar: 
 
 a. os investimentos em outras sociedades quando não relevantes 
 b. os principais fornecedores de insumos e/ou mercadorias 
 c. os ônus reais constituídos sobre elementos do Passivo e as garantias recebidas de terceiros 
 d. as opções de compra de ações, outorgadas e exercidas no período 
 e. a taxa de juros, as datas de vencimento e as garantias das obrigações a curto prazo 
 
009. Na Demonstração de Resultado do Exercício (DRE), as despesas financeiras e as participações nos lu-
cros são colocadas, respectivamente: 
 
 a. antes do lucro operacional e após a provisão para o importo de renda 
 b. após os resultados não-operacionais e entre as contas de apuração do lucro não-operacional 
 c. antes do lucro operacional e antes dos resultados não-operacionais 
 d. antes do lucro operacional e entre as contas de resultados operacionais 
 e. antes do lucro operacional e após os resultados não-operacionais 
 
010. As Demonstrações Contábeis, obrigatórias para as Companhias Abertas, são: 
 
 a. Balanço Patrimonial, Demonstração de Lucros e Perdas e Notas Explicativas 
 b. Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício, Demonstração de Lucros ou Prejuí-
zos Acumulados e Notas Explicativas 
 c. Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício, Demonstrações de Recursos e Notas 
Explicativas 
 d. Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício, Demonstração das Mutações do Pa-
trimônio Líquido, Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos e Notas Explicativas 
 e. somente o Balanço Patrimonial e Notas Explicativas 
 
 
 
! 
 
011. As despesas que contribuirão para a formação de resultados em mais de um exercício social, os direitos 
que têm por objeto bens destinados à manutenção das atividades da empresa e o capital a realizar clas-
sificam-se, no Balanço Patrimonial, respectivamente, no: 
 
 a. Ativo Permanente, Ativo Imobilizado e Ativo Realizável a Longo Prazo 
 b. Ativo Permanente/Diferido, Ativo Permanente/Imobilizado e Patrimônio Líquido 
 c. Ativo Realizável a Longo Prazo, Ativo Permanente/Investimentos e Patrimônio Líquido 
 d. Ativo Permanente/Imobilizado, Ativo Realizável a Longo Prazo e Patrimônio Líquido 
 e. Ativo Realizável a Longo Prazo, Ativo Permanente/Imobilizado e Patrimônio Líquido 
 
012. Ao elaborar o Balanço Patrimonial, em 31 de dezembro do ano 6, a Empresa KAFA Ltda., classificou a 
conta Títulos a Pagar no valor de $ 19.000,00 no Exigível a Longo Prazo, pois ela representava uma no-
ta promissória com vencimento para 30 de junho do ano 8 e, ao elaborar o Balanço Semestral em 30 de 
junho do ano 7, essa mesma conta seria classificada no: 
 
 a. Exigível a Longo Prazo 
 b. Passivo Circulante 
 c. Resulta de Exercícios Futuros 
 d. Patrimônio Líquido/Reservas de Capital 
 e. Disponível 
 
013. A conta Duplicatas a Pagar: 
 
 a. sempre será classifica como Passivo Circulante, independentemente dos prazos para pagamento 
 
 b. sempre será classificada como Exigível a Longo Prazo 
 
 c. pode ser classificada parte no Passivo Circulante e parte em Resultados de Exercícios Futuros 
 
 d. pode ser classificada parte no Passivo Circulante e parte no Exigível a Longo Prazo, dependendo dos 
prazos de vencimento das duplicatas 
 
 e. será classificada como redutora do saldo de Duplicatas a Receber 
 
014. De acordo com a Lei no 6.404/76 (Lei das Sociedades por Ações), a classificação correta dos grandes 
grupos do Balanço Patrimonial é: 
 
 a. Ativo Circulante, Disponível, Estoques, Ativo Exigível a Longo Prazo, Ativo Permanente, Passivo Cir-
culante, Passivo Exigível a Longo Prazo e Patrimônio Líquido 
 
 b. Ativo Circulante, Ativo Realizável a Longo Prazo, Ativo Permanente, Passivo Circulante, Passivo