Aula 1

Aula 1


DisciplinaAnálise do Comportamento4.882 materiais161.512 seguidores
Pré-visualização1 página
*
*
Professora: Jesiane Marins
Disciplina: Análise experimental do comportamento
*
*
Defini-se o objeto de estudo (pesquisa bibliográfica): Comportamento violento de alunos do Ensino Médio.
Define-se as variáveis: Ensino médio (VI)
Comportamento violento (VD)
Estipula os métodos que serão utilizados para manipular as devidas variáveis (observação, questionário, entrevistas, pesquisa ação).
Cria-se critérios de resultados.
Anota-se os critérios dos resultados.
Elabora-se os resultados e os compara com pesquisas anteriores.
*
*
A análise do comportamento compreende três áreas ampliadas do Behaviorismo.
1- Behaviorismo Radical: interpretação filosófica sobre o comportamento;
2- Análise Experimental do comportamento: ciência básica
3- Análise aplicada do comportamento: ciência aplicada
Pesquisa básica X Pesquisa Aplicada: testagem de hipóteses
*
*
Início do século XX: Wundt e Titchner deram início a Psicologia Laboratorial.
Buscavam testar a estrutura e o modo de interação dos processos conscientes, por meio do relato verbal.
1913: Watson afirma que o objeto de estudo da Psicologia não é a mente consciente, mas o comportamento do organismo.
Método: experimentação com processos interativos e observáveis entre organismo e seu ambiente.
*
*
Século XX: Pavlov afirma que cada estímulo estava ligado a cada resposta pelo sistema nervoso.
Percebeu-se com experimentos diversos que: o ambiente tem poder de estimular a resposta, mas não de modificá-la.
Ex: um som pode provocar salivação, mas se quiser que outro estímulo provoque também salivação é preciso condicionar.
Aparecimento, portanto, de dois reflexos: 
1- incondicionado ou inato: reações fisiológicas
2- condicionados: aprendizagem
*
*
1930: Skinner inova os experimentos e acrescenta as pesquisas laboratoriais duas novas investigações: conceituais e históricas. (Behaviorismo Radical).
A partir deste momento, surge a Análise experimental do comportamento.
Análise do comportamento, não é apenas experimentos. Existe uma lógica, ordem e regularidade.
*
*
Análise do comportamento: interação entre organismo e ambiente, seja este objeto humano ou animal.
Análise experimental do comportamento: busca relações funcionais entre as variáveis, controlando condições experimentais.
Manipula-se a variável independente e observa as mudanças causadas no comportamento (variável dependente).
As variáveis externas dão margem a análise causal ou fundamental, ou seja, observa como um determinado indivíduo reage a determinadas condições naturais.
*
*
Exige planejamento na manipulação das variáveis para que os resultados sejam alcançados.
Comportamentos que podem ser gerados:
1- Comportamento respondente: economia de energia interna, devido a dependência do meio sobre o organismo.
2- Comportamento operante: dependência da reação do organismo para que haja mudança no ambiente.
A análise funcional do comportamento surge por meio da aplicação de reforço e punição.
Reforço e punição tem grande importância nos estudos da análise experimental do comportamento.
*
*
1961- Universidade de São Paulo- aula ministradas pelo professor Keller
Conquistou assistentes, alunos e seguidores que expandiram suas ideias em Congressos e Jornadas de Psicologia.
Fundou a primeira caixa de condicionamento operante no Brasil: um aluno controlava o comportamento do animal (tempo de reação) e outro oferecia as recompensas (comida e água).
*
*
Carolina, uma das alunas seguidoras de Keller, lutou pela consolidação da Psicologia como ciência na Universidade e sociedade e pela contribuição da Psicologia em todos os níveis.
Regulamentou a profissão de psicólogo no país.
Regulamentou o decreto-lei que determina o currículo mínimo para a formação em Psicologia.
A partir de então várias pesquisas foram realizadas no Brasil e diversas revistas foram criadas para a divulgação dos resultados das investigações sobre análise experimental do comportamento.