A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Resumo de Arquivos

Pré-visualização | Página 1 de 1

Arquivos – Oque são ?
As variáveis do tipo FILE* são um PONTEIRO PARA UM ARQUIVO.
Por isso, se usa o *. 
Para criar um ponteiro para um arquivo chamado “batata.txt”, basta fazer :
FILE* ponteiroParaBatata = fopen(“batata.txt”,”rw”);
OBS: O arquivo tem que estar na mesma pasta do programa, senão, você tem que colocar o caminho todo para o arquivo, algo que seria tipo : 
FILE* ponteiroParaBatata = fopen(“c://pasta1/pasta2/pasta3/batata.txt”,”rw”);
Fopen e Fclose
Estas duas funcoes, servem para ABRIR e FECHAR as referencias para um arquivo do seu computador.
Quando você chama fopen, o retorno dela, é o endereço de um arquivo, por isso o ponteiroParaBatata é do tipo FILE*, para guardar o endereço do arquivo.
A mesma coisa para Fclose. Quando você chama fclose(ponteiroParaBatata); você está fechando a referência para o arquivo batata que está no seu computador.
Porque o “RW” como parãmetro para a fopen ?
RW signifca Read/Write. Basicamente, vocÊ está dizendo que este ponteiro vai poder LER e ESCREVER
no arquivo apontado. Você poderia passar só “r” E aí, teria permissões só de leitura no arquivo.
Sempre que você chama a fopen, você precisa chamar a fclose no final da utilizacao do arquivo, senão, o programa vai “reclamar” que você manteve o arquivo aberto.
Fscanf e Fprintf – Lendo e Escrevendo em Arquivos
Estou sem tempo de verdade para escrever algo mais elaborado :
Leia esta referência, achei bem clara e fácil de entender
http://www.ead.cpdee.ufmg.br/cursos/C/aulas/c980.html 
Espero que ajude :)