10_Para Entender a Terra - Cap 22
1 pág.

10_Para Entender a Terra - Cap 22


DisciplinaGeologia9.767 materiais70.516 seguidores
Pré-visualização1 página
CAPíTULO 22 \u2022 Energiae RecursosMateriaisda Terra' 559
Carvão betuminoso
Carvão sub-betuminoso
Legenda:
Linhito
\u2022 Antracito
Figura 22.9 Jazidasde carvãodos EstadosUnidos. [U.S.Bureauof Mines]
deposita-senosoloencharcadodeágua.O rápidosoterramento
pelasdemaisfolhasquecaemeaimersãoemáguaprotegemos
gravetos,galhose folhasdadecomposiçãototal,poisasbacté-
riasquedecompõemamatériavegetalnãoobtêmooxigêniode
quenecessitam.A vegetaçãoacumula-seegradualmentetrans-
forma-seemturfa,umamassamarromporosadematériaorgâ-
nicanaqualosgravetos,raízeseoutraspartesdeplantaspodem
aindaserreconhecidos(Figura 22.8).A acumulaçãodeturfa
emumambientepobreemoxigêniopodeserobservadaempân-
tanose locaisalagadiçosmodernos.Quandoseca,aturfaquei-
mafacilmente,poistemcercade50%decarbono.
À medidaqueo tempopassa,comacontinuaçãodosoter-
ramento,aturfaé comprimidae aquecida.As transformações
químicasaumentamaindamaiso seuteordecarbono,quejá é
alto,transformando-aem linhito,um materialparecidocom
carvão,muitomacio,decormarrom-escura,quecontémcerca
de70%decarbono.As temperaturasmaisaltaseadeformação
estruturalqueocorrememníveisprofundosde soterramento
podemmetamorfizaro linhitoemcarvãosub-betuminosoebe-
tuminoso,tambémdenominadodecarvãomacio,e,porfim,em
antracito,ou carvãoduro.Quantomaisaltoo metamorfismo,
maisduroebrilhanteseráo carvão,emaioro seuteordecar-
bono,queaumentaseuvaloreconômico.O antracitotemmais
de90%decarbono.
Os recursoscarboníferos
De acordocomalgumasestimativas(verFigura22.2),aquanti-
dadedecarvãoexistentenomundoédecercade3,1toneladas.
OsmaioresprodutoressãoosEstadosUnidos(Figura 22.9),os
paísesdaantigaUniãoSoviéticae aChina,que,juntos,detêm
cercade85%dosrecursoscarboníferosmundiais(paísesdaan-
tigaUniãoSoviética,50%;China,20%;EstadosUnidos,15%).
OsrecursosdomésticosdecarvãodosEstadosUnidosdurariam
algumascentenasdeanos,nastaxasdeusoatuais- cercade 1
bilhãodetoneladasporano.O carvãovemsuprindograndepar-
tedasnecessidadesdeenergiadosEstadosUnidosdesde1975,
quandoopreçodopetróleocomeçouasubir,e,atualmente,res-
pondeporcercade23%daenergiaconsumida.
Custosambientaisdocarvão
Existemváriosproblemascomaextraçãoeo usodocarvãoque
o tomammenosdesejávelqueopetróleoouo gás,sejaelequei-
madoouconvertidoemumcombustívellíquidosintético.Gran-
departedoscarvõescontémenxofre,quesevaporizadurantea
combustãoeliberaóxidosdeenxofrenocivosparaatmosfera.A
chuvaácida,queseformaquandoessesgasessecombinam,es-
tásetomandoumproblemasérionoCanadá,naEscandinávia,
nonordestedosEstadosUnidoseno lestedaEuropa(verCapí-
tulo 23).A cinzadecarvãoé o resíduosólidoquepermanece
apósaqueimado mesmo.Ela contémimpurezasmetálicasdo
carvão,algumasdasquaissãotóxicas.A quantidadedecinzafor-
madapodeserdaordemdeváriastoneladasemcadacentenade
toneladadecarvãoqueéqueimada,erepresentaumsérioproble-
madedisposiçãoderejeitos.Elapodeescapardasnuvensdefu-
maça,causandoriscosàsaúdedaspessoasquemoramnadireção
dovento.A mineraçãoacéuaberto,emqueo soloeossedimen-
tossuperficiaissãoretiradosatéalcançarascamadasdecarvão,
podedevastarapaisagem,seo solonãoforrecomposto(Figura
22.10).Os acidentesemminassubterrâneastiramasvidasde
muitosmineirosacadaano,emuitosoutrossofremdepulmão
negro,queéumainflamaçãodebilitantedesseórgão,causadape-
la inalaçãodepartículasdecarvão.
As normasfederaisatualmenterequeremquetecnologias
paraaqueima"limpa"docarvãosejamadotadas.A lei obrigaa
recomposiçãodoterrenoe areduçãodosriscosaquesãosub-
metidososmineiros.Entretanto,essasmedidassãocarase au-
mentamo custodocarvão.Taisrestrições,noentanto,prova-
velmentenãoevitarãoo aumentodautilizaçãodessecombustí-
vel,queémuitomaisabundantequeo petróleo.Muitospaíses
nãotêmoutrosrecursosenergéticos,e algunsnãoterãonem
condiçõesdeimportarpetróleo,cujopreçoaumentaráà medi-
daqueosestoquesdiminuírem.