CONTABILIDADE GERENCIAL I

CONTABILIDADE GERENCIAL I


DisciplinaContabilidade Gerencial12.940 materiais230.546 seguidores
Pré-visualização2 páginas
*
CONTABILIDADE GERENCIAL
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
Prof. Julio Candido de Meirelles Junior
*
OBJETIVOS DA CONTABILIDADE GERENCIAL
Assim como os da contabilidade de custos, também estão alinhados com os objetivos da Contabilidade Geral e, por conseguinte, de outras disciplinas da área de gestão empresarial.
A contabilidade é a responsável por produzir informações.
As informações da Contabilidade Gerencial estão direcionadas aos usuários internos da empresa e seus gestores para a tomada de decisão.
*
OBJETIVOS DA CONTABILIDADE GERENCIAL
A Contabilidade de Custos é um ramo do conhecimento contábil gerencial, cujo objetivo é mensurar os custos dos produtos, tanto na forma de bens materiais, quanto na forma de serviços. 
A contabilidade societária é um ramo da contabilidade destinada aos usuários externos da empresa.
*
EVOLUÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL
Contabilidade de Custos no mundo atual (do século XXI): 
Produção industrial (manufatura) X Prestação de Serviços.
Conhecimentos sobre Custos que são de vital importância para as empresas:
mensurar o resultado (via CMV)
mensurar o patrimônio (via Estoque)
auxiliar o gestor em suas decisões 
*
EVOLUÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL
No passado o objetivo principal da Contabilidade foi o de contar quanto era o patrimônio de uma determinada pessoa ou família. Livro de Jó capitulo 1 versículos 1,2,3.
Na Europa Medieval e com a intensificação do comércio houve a necessidade de se descrever como ele era formado.
Revolução Industrial apresenta novas características no processo fabril.
*
EVOLUÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL
Durante o século XIX percebe-se que os empreendimentos apresentavam uma única atividade básica.
Com a necessidade de novos mercados inicia-se a mudança deste perfil.
Os indicadores desenvolvidos na época eram suficientes para as necessidades dos empreendimentos.
*
EVOLUÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL
O início do século XX apresentou algumas características distintas do passado como:
Fusões e verticalizações;
Sinergia entre departamentos;
Conceito de retorno sobre o investimento total;
Mecanismos de orçamento;
O início do pensamento do controle.
*
EVOLUÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL
A 1ª Guerra Mundial se torna um novo marco para as empresas que apresentavam:
Diversificação nos negócios.
Surgimento das Empresas multidivisionais.
Papel da alta administração e o da gerência se apresentam distintos e relevantes.
*
EVOLUÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL
Com a quebra da bolsa de Nova Iorque, em 1929 houve uma maior pressão por informações pelo mercado de capitais.
O foco foi alterado radicalmente da Contabilidade Gerencial para a Contabilidade Financeira.
Década de 1970 passa a apresentar:
Processos de manufatura.
Competitividade no mercado mundial.
*
EVOLUÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL
Os modelos, até então da Contabilidade de Custos, eram utilizados para fins de avaliação e de valoração do custo do produto, tanto em estoque, quanto o vendido.
O método mais utilizado foi o Custeio por Absorção, para as finalidades da Contabilidade Geral (societária e tributária).
*
EVOLUÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL
Outro método, que foca na avaliação do custo do produto para fins de gestão é o Custeio Variável.
Custeio Baseado em Atividades (ABC) e a Contabilidade de Ganhos, baseada na Teoria das Restrições (TOC).
*
DESAFIOS DA CONTABILIDADE GERENCIAL
Os mesmos desafios dos séculos anteriores permanecem hoje no século XXI :
Produtividade ( Rendimento);
eficiência (virtude para produzir um efeito);
Eficácia (que age com eficiência para um bom resultado);
efetividade, (resultado verdadeiro);
benchmarking. (melhores práticas).
*
DESAFIOS DA CONTABILIDADE GERENCIAL
A Contabilidade Gerencial na atualidade tem como grande desafio a geração de valor par as empresas;
A contabilidade gerencial é a união dos diversos ramos da contabilidade com a finalidade de obter o maior ganho possível com o menor custo.
*
DESAFIOS DA CONTABILIDADE GERENCIAL
A Contabilidade Gerencial na atualidade precisa resgatar sua função básica, como parte de um sistema de informação que subsidia o processo de gestão empresarial com o entendimento holístico de: 
custos de transação; 
gestão ambiental;
conhecimento dos contratos e riscos.
*
RELAÇÕES COM A TEORIA ECONÔMICA
A Contabilidade gerencial precisa ter o conhecimento para a tomada de decisão com relação:
Ao volume de empregados na nova planta industrial;
A aquisição ou aluguel de maquinário para substituição dos antigos;
A abertura de novos nichos de clientes;
A nova logística de produção e de distribuição.
*
RELAÇÕES COM A TEORIA ECONÔMICA
Qualquer empresa em seu sistema de produção segue um modelo teórico que busca maximizar os seus ganhos utilizando os fatores de produção (trabalho, matéria-prima e capital).
A produção máxima está utilização eficaz de seus fatores de produção na relação de: q = f (capital, trabalho, matéria-prima)
*
RELAÇÕES COM A TEORIA ECONÔMICA
Para o entendimento dos processo de produção é necessário o entendimento dos conceitos de curto e de longo prazos.
É difícil estabelecer o que é curto ou longo prazo para uma empresa, pois isso depende do ramo de sua atuação e do tipo de estrutura de produção que utiliza. 
*
RELAÇÕES COM A TEORIA ECONÔMICA
O estudo a Contabilidade Gerencial e a de Custos permitem o entendimento:
Dos custos passados e futuros;
O papel da Contabilidade Gerencial é complementar e dar suporte à gestão da empresa utilizando todos as informações disponíveis para a montagem de cenários futuros que permitam uma perfeita tomada de decisão. 
*
RELAÇÕES COM A TEORIA ECONÔMICA
Diferenças entre a contabilidade societária e a economia:
 custos de oportunidade;
 custos irrecuperáveis.
*
RELAÇÕES COM A TEORIA ECONÔMICA
Para o perfeito entendimento e análise de um sistema de custo é importante que se considere um intervalo temporal, onde o custo total de produção é afetado pelo nível da produção.
Esse intervalo é conhecido por intervalo relevante, em função do nível de produção no período analisado. 
*
RELAÇÕES COM A TEORIA ECONÔMICA
O entendimento do intervalo relevante permite o reconhecimento de dois componentes para o custo de produção:
o componente variável;
o componente fixo.
Função do custo de produção no período:
CT = CF + CV
CT = CF + CVq
*
RELAÇÕES COM A TEORIA ECONÔMICA
Custo fixo: independe da produção.
Serão \u201cpagos\u201d de qualquer maneira.
A redução imediata e total dos custos fixos implicaria em se fechar a empresa.
O custo variável nos auxilia a entender o aumento do custo total da empresa a cada nova unidade produzida, ou o seu custo marginal ou incremental, auxiliando em decisões de volume de produção e de otimização de mix. 
*
RELAÇÕES COM A TEORIA ECONÔMICA
Para fins de estudos de Contabilidade Gerencial é primordial o entendimento do intervalo relevante em determinado período, dentro de uma faixa de produção factível. 
Existe uma relação entre custos de curto e de longo prazo.
Um dos estudos principais da Contabilidade Gerencial e de Custos tem sido sobre os primeiros, dentro do intervalo relevante, por auxiliar na gestão rotineira da empresa, permitindo decisões de produção, de aluguel, de composição de mix (de materiais e de produtos).
*
Estrutura Fundamental para o Estudo de Contabilidade Gerencial
Consideramos três definições ao falarmos em resultado (lucro):
Contábil
Econômico
Financeiro 
*
Estrutura Fundamental para o Estudo de Contabilidade Gerencial
Antes de se aprofundar na análise de custos, é necessário entender os conceitos de Gasto:
Desembolso;
Custo;
Despesa; 
Perda; 
Investimento; 
*
CONCEITOS BÁSICOS
Desembolso \u2013 esforço financeiro associado ao pagamento (saída de caixa), normalmente, resultante da aquisição de bem ou serviço.
Gasto \u2013 esforço econômico com que a entidade arca na realização de uma atividade ou transação qualquer, representado pela entrega ou promessa de entrega de ativos (normalmente, dinheiro).
*
CONCEITOS BÁSICOS
Custo \u2013 gasto relativo à bem ou serviço utilizado na produção