A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
RESUMO FALÊNCIA

Pré-visualização | Página 7 de 7

STJ, de modo a se livrar de eventuais execuções na justiça trabalhista. O art. 153 já tratando do pagamento feito aos credores concretiza de certa forma o descolamento entre a falência e a insolvência do devedor. Na medida em que este artigo admite que seja possível existir saldo em favor do falido após a satisfação dos credores, significa dizer que o passivo maior que o ativo não é requisito para o decreto falimentar. Consequentemente, a simples alegação que seu ativo suporta o passivo, não elide a quebra. Obs.: Pagamento dos credores: Realizado o ativo, vai se verificar o montante de créditos da classe preferencial. Assim, realizado o ativo, soma-se os créditos da classe trabalhista, verificando quando cada credor tem em por cento na classe. Se o valor remanescente der para pagar tudo, assim se procede; caso o monte não seja suficiente, paga-se na razão da sua proporção da sua classe. Digamos que suporte toda a classe trabalhista, sobrando, paga-se os credores com garantia real. Realizado o ativo, vai para o art. 154 (prestação de contas do administrador judicial). Se não houver impugnação dos credores, dos devedores e do MP, o juiz julga prestadas as contas. Transitada em julgado esta sentença, o administrador fará o relatório final da falência. Neste relatório final, ele tratará apenas dos resultados econômicos da massa objetiva (valor do ativo, valor do passivo, pagamentos feitos aos credores, obrigações ainda subsistentes), cabendo ao juiz proceder a sentença de encerramento da falência. E é com o trânsito em julgado desta sentença que volta a correr a prescrição contra o falido. Aqui cabe apelação. Lá, se decretar falência, cabe agravo, para que não se impeça do trâmite da falência. A apelação é mais do que os efeitos, está ligada a questão material. Isso porque ela é feita nos autos, de modo que eles tem que subir. Já no agravo de instrumento, faz-se o instrumento. Se julgar improcedente, cabe apelação. Uma das hipóteses da extinção das obrigações do falido é a prescrição das obrigações remanescentes. Outra hipótese é a do art. 158 (pagamento de todos os créditos). Se não foram pagas todas as obrigações, mas foram pagos mais de 10% dos créditos quirografários, também estão extintas as obrigações do falido. A sentença que decreta a falência é considerada constitutiva porque lança o devedor num regime especial, que é das falências, sendo diferente do regime das obrigações. Isso se observa na análise da extinção das obrigações. Nem nos créditos trabalhistas superam o bem de família > a lei 8.009 é clara. Apenas os trabalhadores domésticos podem penhorar bem de família. A pós-falimentar diz respeito à habilitação civil ou penal dos envolvidos. A definição do ativo da sociedade falida é objetivo do processo falimentar que se alcança pela conjugação de um ato, o de arrecadação dos bens da devedora e o de um procedimento, o de restituição. O primeiro representa a constrição judicial do patrimônio da executada, abrangendo não só os de sua propriedade como os que estão em sua posse. Esses bens que não são de sua propriedade mais estão em sua posse, apesar de arrecadados deverão ser restituídos,através do procedimento de restituição. Verificação do crédito: tarefa do administrador judicial, cabendo ao juízo falimentar dirimir quaisquer divergências entre os credores e o administrador quanto ao credito verificado. A última publicação de credores é aquela após revista pelo administrador judicial de acordo com as impugnações procedentes, sendo essa publicação o fim da verificação dos créditos. Os credores que não habilitarem seus créditos no prazo podem fazê-lo posteriormente e serão processados como habilitação retardatária. Se apresentada antes da homologação do quadro geral, será recebida como impgunaçãos e após será por via judicial própria e se fará a reserva do credito na falência. A ação revisória de admissão de crédito pode ocorrer até o momento do encerramento do processo de falência, tendo como finalidade excluir, reclassificar ou retificar qualquer credito admitido; o fundamento é a descoberta de falsidade, dolo... Liquidação: um dos principais objetivos do processo de falência é a liquidação do patrimônio da sociedade falida. Entende-se por liquidação um conjunto de atos em que visam a realização do ativo e satisfação do passivo da falida. A realização do ativo ocorre mediante a venda dos bens arrecadados e a cobrança dos devedores da falidas; enquanto a satisfação do passivo consiste no pagamento dos credores admitidos, de acordo com a natureza de seu credito. Os pagamentos na falência serão feitos pelo administrador judicial com observância da ordem legal, que distingue os credores em espécies e classe. As espécies são quatro: credores de massa, restituições em dinheiro, credores da falida e sócios ou as sionistas. ( Credores da Massa: são os créditos extraconcursais. São assim denominados porque devem ser pagos antes dos credores da falida. Ordem de pagamento: A) Credores de massa – 1) administração da Falência: 1.1 Administrador Judicial, 1.2 auxiliares do administrador judicial, 1.3 despesas de administração dos bens da massa; B) Restituições - 2. Restituições em dinheiro; C) Credores do falido - 3. Empregados e equiparados: 3.1 Acidentes de trabalho (antes da falência), credores trabalhistas, representantes comerciais e FGTS. / 4. Credores com garantias reais: 4.1 Credores hipotecários e pignoratícios. / 5. Fisco / 6. Credores com privilégios especiais: 6.1 credores por benfeitorias úteis ou necessárias e os autores da falida editora / 7.credores sujeito a rateio: 7.1 credores com privilégios gerais, 7.2 credores quirografários / 8. credores subquirografários: 8.1 multas contratuais e penas pecuniárias, 8.2 credores subordinados / 9. Juros posteriores a falência. D) Falido - 10. falido ou sócio da sociedade falida, proporcionalmente ao capital social. Apos fazer o ultimo pagamento o adm. Judicial deve apresentar sua prestação de contas, no prazo de 30 dias. Processada e julgadas as contas ele tem 10 dias para apresentar o relatório final – aqui ele falará tudo que foi arrecadado e pago e falará as responsabilidades que continuam imputáveis a sociedade falida, isto é o saldo não pago dos créditos admitidos. O juiz então profere a sentença terminativa encerrando a falência. Contra essa sentença cabe apelação. PS: caso o falido pague todo mundo ou mais de 50% dos créditos quirografários, está extinta sua obrigação. Extintas essas obrigações o falido pode voltar a exercer a atividade empresarial.