A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
352 pág.
CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MEDIAS EMPRESAS

Pré-visualização | Página 14 de 21

 Reconhecer os pagamentos do
arrendamento mercantil operacional como
despesa em base linear.
Apostila Apostila –– pág. 62pág. 62
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
O ARRENDATÁRIO DEVE DIVULGAR: O ARRENDATÁRIO DEVE DIVULGAR: 
(ARRENDAMENTO MERCANTIL OPERACIONAL)(ARRENDAMENTO MERCANTIL OPERACIONAL)
a) Total dos pagamentos futuros mínimos do
arrendamento mercantil que não podem ser
cancelados, segregados da seguinte forma: até um
ano, mais de um ano e até cinco anos e mais de
cinco anos.
b) Total dos pagamentos reconhecidos como
despesas;
c) Descrição geral dos acordos relevantes como:
pagamentos contingentes, opções de renovação
ou de compra, reajustamento, subarrendamento e
disposições contratuais relevantes.
Apostila Apostila –– pág. 62pág. 62
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
CONTABILIZAÇÃO DO ARRENDAMENTO CONTABILIZAÇÃO DO ARRENDAMENTO 
MERCANTIL FINANCEIRO MERCANTIL FINANCEIRO ––
ARRENDADORARRENDADOR
 Conta a receber por valor igual ao
investimento líquido do arrendamento
mercantil.
Apostila Apostila –– pág. 63pág. 63
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
ARRENDADOR DEVE DIVULGAR: ARRENDADOR DEVE DIVULGAR: 
(ARRENDAMENTO MERCANTIL FINANCEIRO)(ARRENDAMENTO MERCANTIL FINANCEIRO)
a) Conciliação entre o investimento bruto no
arrendamento mercantil no final do período e o
valor presente dos pagamentos mínimos do
arrendamento mercantil recebíveis no final do
período.
b) Investimento bruto no arrendamento mercantil e
o valor presente dos pagamentos mínimos do
arrendamento mercantil recebíveis no final do
período para os períodos de até um ano, mais de
um e até três, mais de três e até cinco e mais de
cinco anos.
Apostila Apostila –– pág. 63pág. 63
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
ARRENDADOR DEVE DIVULGAR: ARRENDADOR DEVE DIVULGAR: 
(ARRENDAMENTO MERCANTIL FINANCEIRO)(ARRENDAMENTO MERCANTIL FINANCEIRO)
c) A receita financeira que não foi apropriada;
d) Valores residuais não garantidos que resultem
em benefício do arrendador;
e) Provisão acumulada para recebíveis incobráveis
dos pagamentos mínimos;
f) Pagamentos contingentes reconhecidos como
receita;
g) Descrição geral dos acordos relevantes, opções
de renovações, reajustamentos, cláusulas de
restrições.
Apostila Apostila –– pág. 63pág. 63
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
CONTABILIZAÇÃO DO ARRENDAMENTO CONTABILIZAÇÃO DO ARRENDAMENTO 
MERCANTIL OPERACIONAL MERCANTIL OPERACIONAL –– ARRENDADORARRENDADOR
 A receita do arrendamento mercantil
operacional deve ser reconhecida no
resultado em base linear ao longo do
período do arrendamento mercantil.
 O arrendador reconhece normalmente as
despesas de depreciação dos bens
arrendados.
Apostila Apostila –– pág. 63pág. 63
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
O ARRENDADOR DEVE DIVULGAR: O ARRENDADOR DEVE DIVULGAR: 
(ARRENDAMENTO MERCANTIL OPERACIONAL)(ARRENDAMENTO MERCANTIL OPERACIONAL)
 Os pagamentos mínimos futuros de
arrendamentos mercantis não canceláveis para
cada um dos seguintes períodos: até um ano, mais
de um ano e até três, mais de três e até cinco e
mais de cinco anos;
 O total de aluguéis contingentes reconhecidos
como receita;
 Relação geral dos acordos relevantes de
arrendamento mercantil do arrendador, opções de
renovação ou de compra, reajustes,
subarrendamento e restrições contratuais.
Apostila Apostila –– pág. 63pág. 63
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
ARRENDAMENTO MERCANTILARRENDAMENTO MERCANTIL --
ARRENDATÁRIOARRENDATÁRIO
Veículo em 36 x R$ 1.000,00 
Valor de Mercado R$ 26.000,00
FINANCEIROFINANCEIRO OPERACIONALOPERACIONAL
Contabilização
D= Veículos 26.000
C= Leasing 36.000
D= Juros a transcorrer 10.000
BALANÇO PATRIMONIALBALANÇO PATRIMONIAL
Ativo Passivo
Imobilizado
Veículos 26.000 Leasing 36.000
Juros a trans. (10.000)
Contabilização
D= Despesa Leasing 1.000
C= Caixa 1.000
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
ATIVIDADE PÁG. 99
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
TRANSAÇÃO DE VENDA E TRANSAÇÃO DE VENDA E LEASEBACKLEASEBACK
 É o caso em que ocorre a venda de um ativo
e concomitantemente o arrendamento
mercantil do mesmo ativo.
Apostila Apostila –– pág. 65pág. 65
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
TRANSAÇÃO DE VENDA E TRANSAÇÃO DE VENDA E LEASEBACKLEASEBACK
 Venda e arrendamento mercantil
financeiro: (leaseback) neste caso o
vendedor-arrendatário não deve reconhecer
imediatamente como receita qualquer
excesso da receita de venda obtida acima do
valor contábil, mas sim deve diferir tal
excesso e amortizá-lo ao longo do prazo do
arrendamento mercantil. Exemplo.
Apostila Apostila –– pág. 65pág. 65
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
TRANSAÇÃO DE VENDA E TRANSAÇÃO DE VENDA E LEASEBACKLEASEBACK
 Venda e arrendamento mercantil
operacional: (leaseback) quando ficar
evidenciado que a transação foi realizada
pelo valor justo, o vendedor-arrendatário
deve reconhecer qualquer lucro ou prejuízo
imediatamente.
Apostila Apostila –– pág. 65pág. 65
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
TRANSAÇÃO DE VENDA E TRANSAÇÃO DE VENDA E LEASEBACKLEASEBACK
 Se o preço de venda for
abaixo do valor justo deve ser
reconhecido imediatamente;
Apostila Apostila –– pág. 65pág. 65
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
TRANSAÇÃO DE VENDA E TRANSAÇÃO DE VENDA E LEASEBACKLEASEBACK
 A divulgação a ser realizada tanto pelo
arrendador quanto pelo arrendatário é a
descrição dos acordos relevantes,
disposições únicas e incomuns e demais
termos relevantes do contrato realizado.
Apostila Apostila –– pág. 65pág. 65
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
PROVISÕESPROVISÕES
Reconhecereconhecer umauma provisãoprovisão apenasapenas
quandoquando::
a) A entidade tem uma obrigação na data das
demonstrações contábeis como resultado
de evento passado;
b) é provável que será exigida da entidade a
transferência de benefícios econômicos
para liquidação;
c) O valor da obrigação pode ser estimado de
maneira confiável.
Apostila Apostila –– pág. 66pág. 66
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
PROVISÕESPROVISÕES
 A provisão deve ser mensurada inicialmente
pela melhor estimativa do valor exigido para
liquidar a obrigação na data das
demonstrações contábeis.
Apostila Apostila –– pág. 66pág. 66
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
PROVISÕESPROVISÕES
 Quando o efeito do valor dinheiro no tempo
for material, neste caso o valor da provisão
deve ser o valor presente do desembolso
que se espera que seja exigido para
liquidar a obrigação.
Apostila Apostila –– pág. 66pág. 66
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
PROVISÕESPROVISÕES
 Será necessário revisar as
provisões a cada data das
demonstrações contábeis com o
objetivo de ajustá-las para
representar a melhor estimativa.
Apostila Apostila –– pág. 66pág. 66
IFRS: IFRS: CONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESASCONTABILIDADE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
PROVISÕESPROVISÕES
 Qualquer ajuste nos