Métodos de Observação em Psicologia
1 pág.

Métodos de Observação em Psicologia


DisciplinaMétodos de Observação em Psicologia298 materiais2.660 seguidores
Pré-visualização1 página
Métodos de Observação
Na afirmação da nova ciência, a Psicologia define o seu objeto, e estabelece o seu método de trabalho. Os diferentes ramos da psicologia resultam de diferentes modos de abordagem do comportamento humano.
Desde a Introspecção ao método clínico, o estudo da psicologia passa pela observação dos fenómenos psíquicos. A realização da observação isolada do método experimental sucede por, em determinadas ocasiões e por motivos práticos ou deontológicos, não ser possível o recurso ao método experimental.
Contudo é sempre possível estabelecer hipóteses e recorrer a técnicas de observação que permitam a verificação das hipóteses sem passar pela experimentação.
As condições em que essa observação é produzida levam a identificar diferentes formas: 
Laboratorial - Produzida em condições controladas 
Naturalista - Elaborada no meio natural em que se desenrola a situação 
Invocada - Realizada a partir de situações ocasionais e em que as condições não são controladas nem previstas 
A Observação Laboratorial é utilizada ao nível do método experimental. A realização da experiência em condições controladas, num laboratório, leva a que a situação observada seja uma situação artificial.
Esta observação implica uma sistematização prévia em que se define o que se pretende observar, com a construção de grelhas de registo. Para além da observação direta temos ainda outros instrumentos de observação como as entrevistas, questionários e testes.
Em todo o caso o sujeito observado tem consciência dessa observação o que pode condicionar o seu comportamento. Numa tentativa de eliminar esse condicionamento o observador recorre a meios técnicos (espelhos de uma via, câmaras de vídeo) para poder observar sem ser notado. 
A vantagem deste tipo de observação é o seu rigor, pois permite a presença de observadores independentes que anotam todo o tipo de comportamento de uma forma descritiva para posterior análise. Contudo, por ser produzida em condições experimentais fica limitada.
A Observação Naturalista (ou ecológica) é defendida pelo método clínico, fundamentando-se na necessidade de observar as condições reais de uma situação. Ao observador eram colocadas duas alternativas: 
Dissimulado, de modo a não ser notada a sua presença, permanecia exterior à situação. Para tal era necessária à colocação de meios técnicos no local da observação, fato que não sendo de realização imediata poderia igualmente alterar a situação. 
Participava na situação sem o estatuto de observador, sendo este o único modo em que não necessitamos de controlar as condições da experiência. É a estratégia utilizada por Piaget no estudo de crianças, mas em que a observação por estar ligada à interpretação. 
Invocada esta técnica de observação tem um grau de objetividade menor, é o estudo nas condições reais de uma situação extremamente prática.
 Fonte: www.prof.2000
OBS.: Exemplifique nos experimentos pesquisados, o tipo de observação utilizada.