Aula_06

Aula_06


DisciplinaTópicos em Libras Surdez e Inclusão3.939 materiais88.515 seguidores
Pré-visualização1 página
*
*
 Tópicos em LIBRAS: surdez e inclusão
Professor Fabiano Guimarães
Rio de Janeiro, 26 de maio de 2011
Aula 6
Algumas categorias gramaticais da libras: pronomes, advérbios, adjetivos.
*
*
Quando aprendemos o funcionamento de uma língua, estamos estudamos as partes que compõem uma frase e a relação entre essas partes no discurso.	  
*
*
Categorias gramaticais e análise sintática
Eu estudo LIBRAS na universidade
Eu: ?
Estudar: ?
 LIBRAS: ? 
Na universidade: ?
*
*
 E na LIBRAS. Como fica a classificação gramatical e a relação/função sintática? 
*
*
O sistema pronominal
 	O sistema pronominal da língua brasileira de sinais, a exemplo do português, é formado por três pessoas do discurso. Dependendo da configuração de mãos utilizada e de direção para qual aponta no espaço, as pessoas do discurso podem ser especificadas. Podem aparecer tanto no singular quanto no plural.
*
*
Pronomes interrogativos
Os pronomes como QUE e QUEM (que + pessoa ou quem) são utilizados no início ou final da frase, dependendo do contexto. QUANDO pode ser especificado em relação ao passado ou ao futuro, dependendo da direção do movimento da mão.
.
*
*
	O sistema pronominal em LIBRAS: pronomes possessivos.
Os possessivos não apresentam concordância de número (pelo menos não em relação ao objeto) e nem de gênero. Concordam sempre em relação à pessoa do discurso. Eles são: a) \u201cmeu\u201d; b) \u201cteu/seu\u201d; c) \u201cdele\u201d; d) \u201cnosso\u201d; e) \u201cvosso\u201d; f) \u201cdeles\u201d.
*
*
	Advérbios de tempo
 	São utilizados como uma espécie de marca sintática para indicar o tempo verbal na frase. Em geral, ficam no início da frase.
*
*
Adjetivos
 	Não há concordância em relação ao gênero ou ao número. São fundamentais para a formação de classificadores descritivos, assumindo de maneira icônica a qualidade/forma de um objeto. São posicionados na frase logo após o substantivo.
*
*
REFERÊNCIAS
 QUADROS, Ronice Muller de. Língua de sinais brasileira: estudos linguísticos. Porto Alegre: Artmed, 2004. SILVA, KAUCHAKJE e GESUELI (orgs.). Cidadania, surdez e linguagem: desafios e realidade. São Paulo: Plexus, 2003. SILVA, Maria da Piedade Marinho. A construção de sentidos na escrita dos surdos. São Paulo: Plexus, 2001. SKLIAR, Carlos.A surdez: um olhar sobre as diferenças. Porto Alegre: Mediação, 2001.
*