Contabilidade-Financeira-e-Gerencial
117 pág.

Contabilidade-Financeira-e-Gerencial


DisciplinaContabilidade Básica29.303 materiais652.017 seguidores
Pré-visualização23 páginas
da exploração da ativi-
dade da empresa.
Falaremos também sobre a importância de se ter preços compatíveis com o mercado, além de 
aprender a calcular os custos reais da sua atividade, fazer a gestão estratégica da empresa e 
trabalhar na identifi cação de novas oportunidades de mercado e, conseqüentemente, aumentar 
a lucratividade.
7.1 - Métodos para determinação de preço de venda
7.2 - Preço de venda em mercados competitivos
7.3 - Custo para efeitos contábeis e gerenciais
7.4 - Geração do lucro
7.5 - Fixação do preço com base no custo
Modulo 7´Contabilidade Financeira e Gerencial
103
MÓDULO 7
FORMAÇÃO DE PREÇOS
7.1 - MÉTODOS PARA DETERMINAÇÃO DO PREÇO DE VENDA
A fixação de preços de venda é uma tarefa bastante complexa.
É preciso considerar vários fatores, como o custo de fabricação dos produtos, que é uma variável que 
desempenha um papel importante principalmente pelo fato de que, a não ser em circunstâncias muito es-
peciais, a empresa não pode vender o seu produto ou serviço por um preço abaixo do custo.
Discutiremos quatro métodos utilizados para determinar o preço de venda baseado em considerações 
de custo:
1. Com base no custo pleno (custo por absorção)
2. Com base no custo de transformação
3. Com base no custo marginal (variável)
4. Com base no rendimento sobre o capital empregado
Antes de discutirmos o preço de venda com base nos custos, vamos analisar outras variáveis.
Para analisarmos a formação de preço de um produto ou serviço, é importante conhecermos o tipo de 
mercado no qual a empresa atua, ou seja, se existe concorrência pura, domínio total de mercado, número 
reduzido de concorrentes etc.
Por meio desta análise de mercado, obtém-se um estudo dos comportamentos da oferta e da procu-
ra por bens e serviços que levam à formação dos preços. Geralmente, nos mercados em que há várias 
empresas oferecendo produtos semelhantes, o preço tenderá a ser menor do que seria se não houvesse 
competidores.
À posição competitiva da empresa cabe uma análise quanto ao posicionamento da concorrência, por 
ocasião do estabelecimento do preço.
Essa análise deve ser feita em dois níveis:
 Tipo de comportamento competitivo no setor de atuação da empresa.
Existem inúmeros tipos de comportamento competitivo e todas as empresas, necessariamente, enqua-
dram- se em um deles.
Embora sejam várias as características diferenciadoras, duas merecem destaque:
1. Número e tamanho das empresas que operam no mercado.
2.Número e tamanho dos consumidores.
A combinação desses elementos faz surgir os diversos tipos de comportamentos competitivos, cujos 
extremos estão estabelecidos de um lado pela concorrência perfeita e de outro pelo monopólio absoluto.
Modulo 7´Contabilidade Financeira e Gerencial
104
 Posição específi ca da empresa dentro do seu tipo de comportamento competitivo.
Uma vez identificado o tipo de comportamento competitivo da empresa, cabe a ela avaliar o seu posi-
cionamento dentro dele, ou seja, onde ela se situa em relação aos seus concorrentes, em termos de todas 
as dimensões.
Numa economia capitalista, a alocação dos recursos às várias atividades se dá em função dos lucros 
esperados. E, na busca de lucros, os empresários oferecem aos consumidores bens e serviços que aten-
dam seus desejos, suas necessidades.
Uma tarefa dos empresários essencial hoje em dia é descobrir quais são os verdadeiros desejos dos 
consumidores para poder saná-los e conquistá-los. Trata-se de uma tarefa difícil, porém necessária, pois 
aí está o segredo do sucesso.
A estrutura de preços poderá ser modificada de acordo com as mudanças nos gostos e preferências 
dos consumidores, gerando, consequentemente, lucros ou prejuízos para a empresa.
Estamos falando do conceito de elasticidade da procura e da oferta, ou seja, as empresas habitual-
mente recorrem a enfoques práticos para estabelecer preços que lhes tragam o retorno desejado e testam 
seus preços à realidade do mercado, fazendo acréscimos ou reduções permitidos pelo mercado.
Um outro fator importante na estruturação do preço de venda é a consideração dos objetivos da em-
presa.
Eles podem ser os mais variados possíveis no que concerne à obtenção de retornos, pela venda dos 
produtos ou serviços, em determinados períodos de tempo. A conseqüência natural disso é a adoção de 
diferentes procedimentos com relação aos preços para o atendimento dos objetivos fixados.
Vamos imaginar que uma empresa desenvolveu um produto similar ao já existente no mercado, com 
as mesmas características e vantagens do original.
Imaginando que o seu objetivo seja a conquista de uma parcela significativa do mercado e o estabele-
cimento de uma imagem forte, o que ela deveria fazer?
Para que a empresa consiga conquistar uma parcela significativa de mercado e o estabelecimento de 
uma imagem forte, ela deve estabelecer preços mais competitivos, com menores índices de resultado e 
uma expectativa de retorno num prazo mais longo.
Independentemente da condição específica de um produto, mercadoria ou serviço em determinado 
momento de tempo, quatro objetivos básicos estarão, de alguma forma, sempre presentes com relação à 
gestão dos preços:
1. um adequado retorno sobre o investimento;
2. uma determinada participação no mercado;
3. uma capacidade de enfrentar a concorrência;
4. a obtenção de uma lucratividade global compatível.
Um outro fator que pode ter influência muito forte na formação dos preços dos produtos e serviços ou 
mesmo determinar o preço do produto é o governo.
As formas de influência por parte do governo são as seguintes:
 Subsídios.
Modulo 7´Contabilidade Financeira e Gerencial
105
 Incentivos fi scais à produção e à exportação..
 Restrições ou estímulos à importação.
 Criação ou ampliação de tributos.
No Brasil, especificamente nas últimas três décadas, esse elemento revestiu-se de uma grande impor-
tância por meio de diversas ações governamentais, como aprovação prévia dos preços por parte de ór-
gãos fiscais (CIP, SUNAB), congelamento de preços, emissão de vários \u201cpacotes econômicos\u201d, ou então, 
mais recentemente, pelo Plano Real.
Dessa forma, podemos dizer que as empresas devem considerar os seguintes itens para estabelecer 
o preço de venda do seu produto ou serviço:
 Características do produto
 Situação econômico-fi nanceira da empresa
 Metas mercadológicas
 Situação macroeconômica
 Estrutura de custos da empresa
 Necessidade dos consumidores
 Reações da concorrência
 Níveis de estoque
 Restrições governamentais
 Expectativas de preços dos insumos
Além deles, igualmente importantes e diretamente ligadas à sobrevivência da empresa a longo prazo 
estão a remuneração e a conservação do capital empatado em giro e em imobilizações.
Com todas essas variáveis, sabemos que é difícil quantificar a influência de cada uma nos preços, e 
elas podem variar de zero a mais infinito. Portanto, cabe às empresas analisar cada uma delas para ser 
o mais assertivo na sua decisão.
Modulo 7´Contabilidade Financeira e Gerencial
106
7.2 - PREÇO DE VENDA EM MERCADOS COMPETITIVOS
Para falarmos do preço de venda em mercados competitivos é necessário, primeiramente, falarmos 
sobre a função dos custos.
Na formação de preços, além de considerarmos todas aquelas variáveis que citamos, os custos rela-
cionados à produção dos produtos ou serviços assumem fundamental importância.
A forma mais tradicional de apuração de custos consiste na agregação de todos os seus fatores com 
vista à obtenção de um custo total do produto, mercadoria ou serviço.
Dessa forma, o estabelecimento do preço de venda, nesse caso, consiste na simples adição de um 
markup ao custo apropriado.
Markup é o valor acrescentado ao custo de um produto para determinar o preço de venda final.
Em valores percentuais, ele é calculado da seguinte forma:
Igor
Igor fez um comentário
um determinados produto tem baixa elaaticidade
0 aprovações
Carregar mais