3NA-ProcessoDesenvolvimento
67 pág.

3NA-ProcessoDesenvolvimento


DisciplinaAnálise e Projeto de Sistemas371 materiais6.531 seguidores
Pré-visualização3 páginas
sistema em subsistemas e componentes
\u2013 Faz também a distribuição dos subsistemas e 
componentes sobre os elementos de hardware 
disponíveis
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 24
Projeto
\u2022 Projeto detalhado
\u2013 São modeladas as relações entres as classes de 
cada módulo com o objetivo de realizar as 
funcionalidades deste módulofuncionalidades deste módulo
\u2013 São realizados o projeto de interface com usuário, 
o projeto do banco de dados, avaliação da 
concorrência e distribuição do sistema
\u2013 O projeto dos algoritmos a serem utilizados nos 
sistema
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 25
Demais Atividades
\u2022 Implementação
\u2013 Fase responsável pela codificação do sistema
\u2013 Em projetos OO usa-se linguagens OO (ex: Java)
\u2022 Testes
\u2013 Fase responsável por verificar e validar o sistema
\u2013 O principal produto é o relatório de testes que 
traz informações sobre os erros existentes
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 26
Demais Atividades
\u2022 Implantação 
\u2013 Fase responsável pelo empacotamento, 
distribuição e instalação no ambiente do usuário
\u2013 Também são escritos os manuais e os funcionários \u2013 Também são escritos os manuais e os funcionários 
são treinados
\u2022 Manutenção
\u2013 Fase responsável por acompanhar a evolução do 
sistema até a descontinuação
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 27
O COMPONENTE HUMANO 
(PARTICIPANTES DO PROCESSO)
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 28
Os Participantes do Processo
\u2022 Gerentes de projeto 
\u2022 Analistas 
\u2022 Projetistas 
\u2022 Arquitetos de software \u2022 Arquitetos de software 
\u2022 Programadores 
\u2022 Especialistas do domínio
\u2022 Avaliadores de qualidade
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 29
Gerentes de Projeto
\u2022 São os profissionais responsáveis
...pela gerencia ou coordenação do projeto
...por fazer o orçamento do projeto
\u2022 Estimar o tempo necessário para o desenvolvimento\u2022 Estimar o tempo necessário para o desenvolvimento
\u2022 Definir qual o processo de desenvolvimento
\u2022 Cronograma de atividades
\u2022 Alocação de pessoal
\u2022 Solicitar recursos de hardware e software
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 30
Analistas
\u2022 São os profissionais responsáveis
...por conhecer o domínio de negócio
...por entender os problemas do domínio de 
negócio para definir os requisitosnegócio para definir os requisitos
...pela comunicação com os especialistas de domínio 
para obter conhecimento
...entender as necessidades dos clientes e repassar 
para a equipe (\u201ca ponte\u201d)
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 31
Projetistas
\u2022 São os profissionais responsáveis
...por avaliar as alternativas de solução do problema 
resultante da análise
...gerar a especificação de uma solução ...gerar a especificação de uma solução 
computacional detalhada
\u2022 Existem diversos tipos de projetistas
\u2013 Projetistas de interface, de redes, de banco de 
dados, etc... 
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 32
Arquitetos de Software
\u2022 São os profissionais responsáveis
...por elaborar a arquitetura do sistema como um 
todo
\u2022 Os arquitetos são encontrados em equipes 
que desenvolvem sistemas muito complexos
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 33
Programadores
\u2022 São os profissionais responsáveis
...pela codificação do sistema!
Analistas estão focados em
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 34
Analistas estão focados em
entender questões ligadas a
tecnologia da informação e ao
processo de negócio. Já os
Programadores se debruçam
sobre os aspectos tecnológicos.
Especialistas do Domínio
\u2022 São os profissionais responsáveis
...quem possuem o conhecimento a cerca da área 
ou do negócio em que o sistema em 
desenvolvimento estará inseridodesenvolvimento estará inserido
\u2022 Clientes
\u2013 Clientes usuários (especialistas do domínio)
\u2013 Clientes contratantes
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 35
Avaliadores de Qualidade
\u2022 São os profissionais responsáveis
\u2013 ...por assegurar a adequação do processo de 
desenvolvimento e do produto de software sendo 
desenvolvido aos padrões de qualidade desenvolvido aos padrões de qualidade 
estabelecidos pela organização
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 36
Lincoln Souza Rocha (APS - 2010.1) 37
MODELOS DE CICLO DE VIDA
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 38
Modelo de Ciclo de Vida
\u2022 Um ciclo de vida corresponde a um 
encadeamento específico das fases para 
construção de um sistema 
\u2022 Dois modelos de ciclo de vida
\u2013Modelo em cascata
\u2013Modelo iterativo e incremental
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 39
Modelo em Cascata
\u2022 Tendência na progressão seqüencial entre 
uma fase e a seguinte
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 40
Modelo em Cascata
\u2022 Projetos reais raramente seguem um fluxo 
seqüencial
\u2022 Assume que é possível declarar detalhadamente 
todos os requisitos antes do início das demais 
fases do desenvolvimento
todos os requisitos antes do início das demais 
fases do desenvolvimento
\u2013 Propagação de erros pelas as fases do processo
\u2022 Uma versão de produção do sistema não estará 
pronta até que o ciclo do projeto de 
desenvolvimento chegue ao final 
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 41
Modelo Iterativo e Incremental
\u2022 Divide o desenvolvimento de um produto de software 
em ciclos
\u2022 Em cada ciclo de desenvolvimento, podem ser 
identificadas as fases de análise, projeto, identificadas as fases de análise, projeto, 
implementação e testes
\u2022 Cada ciclo considera um subconjunto de requisitos 
\u2022 Esta característica contrasta com a abordagem clássica, 
na qual as fases são realizadas uma única vez
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 42
Modelo Iterativo e Incremental
\u2022 Desenvolvimento em \u201cmini-cascatas\u201d 
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 43
Modelo Iterativo e Incremental
\u2022 Iterativo
\u2013 O sistema de software é desenvolvido em vários 
passos similares
\u2022 Incremental
\u2013 Em cada passo, o sistema é estendido com mais 
funcionalidades
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 44
Modelo Iterativo e Incremental: 
Vantagens e Desvantagens
\ufffd Incentiva a participação do usuário
\ufffdRiscos do desenvolvimento podem ser mais bem 
gerenciados
\u2013 Um risco de projeto é a possibilidade de ocorrência de 
algum evento que cause prejuízo ao processo de algum evento que cause prejuízo ao processo de 
desenvolvimento, juntamente com as conseqüências 
desse prejuízo.
\u2013 Influências: custos do projeto,cronograma, qualidade 
do produto, satisfação do cliente, etc.
Mais difícil de gerenciar
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 45
Ataque aos Riscos
\u2022 \u201cSe você não atacar os riscos ativamente, 
então estes irão ativamente atacar você.\u201d 
(Tom Gilb)
\u2013 Ou seja, a abordagem incremental e iterativa \u2013 Ou seja, a abordagem incremental e iterativa 
aconselha que as partes mais arriscadas sejam 
consideradas inicialmente
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 46
Riscos não Gerenciados
Organização de um Processo 
Incremental e Iterativo (I&I)
\u2022 O ciclo de vida de um processo incremental e 
iterativo pode ser estudado sob duas 
dimensões
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 47
Dimensão Temporal
Dimensão de Atividades 
(Fluxo de Trabalho)
X
Organização de um Processo 
Incremental e Iterativo (I&I)
\u2022 Dimensão temporal
\u2013 O processo é estruturado em fases
\u2013 Em cada uma das fases, há uma ou mais iterações
\u2013 Cada iteração tem uma duração preestabelecida \u2013 Cada iteração tem uma duração preestabelecida 
(de duas a seis semanas)
\u2013 Ao final de cada iteração, é produzido um 
incremento (uma parte do sistema final)
\u2022 O incremento pode ser liberado para o cliente ou não
Marcos Antonio de Oliveira (MPS - 2012.1) 48
Organização de um Processo 
Incremental e Iterativo (I&I)
\u2022 Dimensão de atividades
\u2013 Compreende às atividades realizadas em cada fase
\u2022 Levantamento de requisitos, análise, projeto,...
\u2013 Cada fase gera ou estende (das fases anteriores) \u2013 Cada fase gera ou estende (das fases anteriores) 
um conjunto de artefatos
\u2013 Cada fase é concluída com um marco
\u2022 Um marco é um ponto de