A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
8.sistema_endocrino

Pré-visualização | Página 1 de 1

1
SISTEMA ENDÓCRINO
I – INTRODUÇÃO:
1. Conceito:
São glândulas distribuídas pelo corpo com a função de produzir hormônios, que são lançados na circulação
sangüínea para atingirem “órgãos alvos”.
II – GLÂNDULAS CEFÁLICAS:
1. Corpo pineal:
Situada no epitálamo (sistema nervoso central) , produz melatonina e regula o ritmo circadiano. Tem ação
inibidora sobre as glândulas do corpo e é inibida pela presença de luz.
2. Órgão sub-comissural:
Situada no epitálamo (sistema nervoso centra l), produz um hormônio que age na camada cortical da
glândula supra-renal (adrenal) que, por sua vez, produz aldosterona, hormônio regulador do metabolismo de
sais minerais no corpo.
2
3. Hipófise:
3.1 – Adenoipófise:
3.1.1 – STH (Somatotrópico): hormônio do crescimento.
3.1.2 – LTH (Prolactina): hormônio que estimula o crescimento da mama e a produção de leite.
3.1.3 – MSH (Melanotrófico): hormônio relacionado com a distribuição da melanina na pele.
3.1.4 – TSH (Tireotrifina): atua estimulando a tireóide.
3.1.5 – ACTH (Adrenocorticotrofina): hormônio que atua no córtex da glândula adrenal.
3.1.6 – FSH (Folículo-estimulante): hormônio que estimula o crescimento dos folículos no
ovário.
3.1.7 – LH (Luteinizante): hormônio que produz o rompimento do folículo para liberação do
óvulo (ovulação).
3.2 – Neuroipófise: armazena hormônios produzidos no hipotálamo (Sistema nervoso central).
3.2.1 – Ocitocina: age na musculatura lisa dos órgãos sendo responsável p ela descida ou
eliminação do leite
3.2.2 – Vasopressina (ADH): regula a absorção de água nos túbulos renais (antidiurético).
III – GLÂNDULAS CERVICAIS:
1. Tireóide:
1.1 – Tiroxina: hormônio relacionado com o crescimento .
1.2 – Triiodotironina: hormônio relacionado com o crescimento e o metabolismo das células do
organismo.
2. Paratireóides:
2.1 – Paratormônio: regula o metabolismo de cálcio e fósforo no organismo .
2.2 – Calcitonina: controla o excesso de cálcio no sangue .
3
IV – GLÂNDULAS CÉRVICO-TORÁCICAS:
1. Timo:
Produz o linfócito “T”, precursor dos anticorpos. Está relacionado com o desenvolvimento dos mecanismos
imunológicos nos jovens, porém regride e chega a desaparecer nos adultos.
V – GLÂNDULAS ABDOMINAIS:
1. Supra-renais (adrenais):
1.1 – Camada cortical: produz corticosteróides.
1.1.1 – Mineralocorticóides: controlam as taxas de sódio e potássio .
1.1.2 – Glicocorticóides: regulam o metabolismo de carboidratos e proteínas.
1.1.3 – Hormônios sexuais: andrógenos, progesterona e estróge nos.
1.2 – Camada medular: produz mediadores químicos do sistema nervoso autônomo.
1.2.1 – Adrenalina (epinefrina).
1.2.2 – Noradrenalina.
2. Pâncreas:
2.1 – Insulina: favorece o metabolismo de açúcar no sangue.
2.2 – Glucagon: ação antagônica à insulina.
4
VI – GLÂNDULAS ABDOMINO-PÉLVICAS:
1. Placenta: desenvolve-se durante a prenhez e produz progesterona .
VII – GLÂNDULAS PÉLVICAS:
1. Ovários:
1.1 – Estrógeno: responsável pelo desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários.
1.2 – Progesterona: importante na manutenção da gestação.
VIII – GLÂNDULAS ESCROTAIS:
1. Testículos:
1.1 – Testosterona: responsável pelo desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários e
impulsos sexuais nos machos.
IX – APLICAÇÕES PRÁTICAS:
1. Hiperfunção glandular.
2. Hipofunção glandular.
X – EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO:
1. Cite as glândulas endócrinas que você estudou , relacionando-as com suas respectivas funções.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.