A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Aula 02 Tipos Sociedade

Pré-visualização | Página 1 de 1

Saiba Mais Aula 02 – Teoria da Empresa e Conceito de Empresário 
 
 
SOCIEDADE ENTRE CONJUGES SOB O REGIME DE COMUNHÃO PACIAL DE BENS. 
Na prática, pode-se perceber que a sociedade constituída por marido e mulher que segue 
o regime tradicional da cultura brasileira não foi atingida pelo impedimento da constituição 
societária. 
Em outras palavras, pode-se afirmar que o regime de comunhão parcial de bens 
(comunicação entre os cônjuges de bens adquiridos na constância do casamento) não 
impede a sociedade entre marido e mulher. 
SOCIEDADE ENTRE PESSOAS COM UNIÃO ESTÁVEL 
Aqueles que não são casados, mas convivem numa união estável são equiparados nos 
direitos decorrentes da convivência ao regime de comunhão parcial. Para eles, também 
não há que se falar em impedimento estabelecido pela Lei Civil. 
SOCIEDADE ENTRE HOMOAFETIVOS 
Dentro do contexto da convivência entre homoafetivos, da mesma forma não há que se 
falar em impedimento, uma vez que a lei faz referência aos casais sob o regime de 
comunhão total ou separação obrigatória de bens, mas fundado nos dois casos na 
diversidade de sexos (homem e mulher), caso contrário as sociedades constituídas entres 
duas mulheres ou entre dois homens, não apresentam nenhum impedimentos, pois os 
agentes que integram a sociedade são classificados como sócios daquele 
empreendimento. 
O CASAMENTO ENTRE SÓCIOS 
O impedimento legal estabelecido no artigo 977CC entre casais cujo regime seja o da 
comunhão universal ou o da separação obrigatória não se estende para aqueles que já 
constituíram a sociedade e, portanto, são designados de “sócios”. 
Estes, pretendendo contrair matrimônio entre si no decorrer da sociedade, não 
apresentaram os impedimentos dos regimes de bens estabelecidos na Lei Civil. 
 
Isso porque a interpretação das regras restritivas de direitos deve ser sempre no sentido 
estrito da norma, dessa forma o impedimento é para aqueles que são casados e querem 
constituir a sociedade, não se aplicando àqueles que já são sócios e resolvem contrair 
matrimônio entre si.