A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
12 pág.
268_SIMULADO_II___Civil___Sabrina_Dourado1

Pré-visualização | Página 1 de 2

SIMULADO - EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2011.2 – PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL – DIREITO CIVIL 
www.portalexamedeordem.com.br 
 
 
SIMULADO - EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2011.2 – PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL – DIREITO CIVIL 
www.portalexamedeordem.com.br 
 
 
SIMULADO II OAB 2011.2 – 2ª FASE – DIREITO CIVIL E PROCESSUAL CIVIL 
 
 
PEÇA PRÁTICO PROFISSIONAL 
 
 
A empresa "A", no dia 2 de junho de 2008, contratou com a empresa "B", mediante instrumento particular 
firmado por elas e duas testemunhas suficientemente qualificadas, a confecção de móveis de madeira 
para sua nova sede, que deveriam ser montados conforme as medidas e o desenho previamente 
apresentados pela empresa "A". De acordo com o estipulado em contrato, ajustou-se o preço de R$ 
50.000,00, nas seguintes condições: R$ 25.000,00 no ato da assinatura do contrato, e o saldo 
remanescente no ato da entrega e instalação dos bens, que se efetivaria, na sede da contratante, no dia 4 
de julho de 2008. 
 
A empresa "A" alega que, embora tenha pago a primeira parcela do preço ajustado, a contratada, até o dia 
de hoje, não procedeu à confecção e entrega dos bens. 
 
Em face da situação hipotética acima descrita, na qualidade de advogado (a) contratado(a) pela empresa 
lesada, redija a peça processual adequada, considerando que, apesar do inadimplemento da contratante, 
a contratada mantém interesse jurídico quanto ao cumprimento integral do contrato. Além das 
argumentações fáticas, apresente os fundamentos legais aplicáveis ao caso, bem como formule todos os 
pedidos cabíveis, inclusive os subsidiários ao principal. 
 
 
 
 
 
 
 
SIMULADO - EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2011.2 – PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL – DIREITO CIVIL 
www.portalexamedeordem.com.br 
1 
2 
3 
4 
5 
6 
7 
8 
9 
10 
11 
12 
13 
14 
15 
16 
17 
18 
19 
20 
21 
22 
23 
24 
25 
26 
27 
28 
29 
30 
 
 
 
SIMULADO - EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2011.2 – PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL – DIREITO CIVIL 
www.portalexamedeordem.com.br 
31 
32 
33 
34 
35 
36 
37 
38 
39 
40 
41 
42 
43 
44 
45 
46 
47 
48 
49 
50 
51 
52 
53 
54 
55 
56 
57 
58 
59 
60 
 
 
SIMULADO - EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2011.2 – PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL – DIREITO CIVIL 
www.portalexamedeordem.com.br 
61 
62 
63 
64 
65 
66 
67 
68 
69 
70 
71 
72 
73 
74 
75 
76 
77 
78 
79 
80 
81 
82 
83 
84 
85 
86 
87 
88 
89 
90 
 
 
SIMULADO - EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2011.2 – PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL – DIREITO CIVIL 
www.portalexamedeordem.com.br 
91 
92 
93 
94 
95 
96 
97 
98 
99 
100 
101 
102 
103 
104 
105 
106 
107 
108 
109 
110 
111 
112 
113 
114 
115 
116 
117 
118 
119 
120 
 
 
SIMULADO - EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2011.2 – PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL – DIREITO CIVIL 
www.portalexamedeordem.com.br 
121 
122 
123 
124 
125 
126 
127 
128 
129 
130 
131 
132 
133 
134 
135 
136 
137 
138 
139 
140 
141 
142 
143 
144 
145 
146 
147 
148 
149 
150 
 
 
SIMULADO - EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2011.2 – PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL – DIREITO CIVIL 
www.portalexamedeordem.com.br 
Questão 01 
 
João conviveu com Maria durante 10 (dez) anos. Tal convivência fora contínua e duradoura, com o 
objetivo de formar família. Destaque-se, desde logo, que ambos adquiriram um imóvel urbano de 240 m², 
logo nos primeiros anos da constância da união. 
Ocorre que, no curso do relacionamento João passa a atribuir a Maria conceitos negativos, dentre os 
quais, que a mesma não tem reputação ilibada e que não é digna de estar casada com o mesmo. 
Maria como um mulher serviente ao seu marido, pensa que a situação irá mudar e esta seria somente uma 
fase ruim entre qualquer casal, infelizmente os problemas se agravam ainda mais, na última tentativa de 
reconciliação, João desfere socos na sua mulher, causando-lhe inúmeras escoriações. 
Extremamente envergonhado com tamanha agressão, João decide sem dar nenhuma explicação sair de 
casa e fica mais de 27 meses sem dar notícias. 
Diante de tal situação Maria lhe procura com causídico, aponte a melhor solução para a questão em 
comento, na medida em que ela quer regulamentar a situação do imóvel no qual ela reside, atualmente, 
sozinha. Vale ressaltar que a mesma não possui outro imóvel. 
Qual instituto possessório se aplica no caso em tela? 
Quais os requisitos para que mesma tenha êxito na referida ação? 
Aponte as diferenças deste instituto para os já existentes. 
 
 
SIMULADO - EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2011.2 – PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL – DIREITO CIVIL 
www.portalexamedeordem.com.br 
1 
2 
3 
4 
5 
6 
7 
8 
9 
10 
11 
12 
13 
14 
15 
16 
17 
18 
19 
20 
21 
22 
23 
24 
25 
26 
27 
28 
29 
30 
 
SIMULADO - EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2011.2 – PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL – DIREITO CIVIL 
www.portalexamedeordem.com.br 
GABARITO DA PEÇA 
Espera-se que o(a) examinando(a) elabore uma petição inicial de uma ação de execução de obrigação de 
fazer (arts. 632-638, c/c o art. 585, inciso II, 2.ª parte, todos do CPC), em que a empresa ―A‖ figure como 
exeqüente e a empresa ―B‖ como executada. 
A dita peça processual deverá consignar em seu bojo: 
 
a) o juízo destinatário (juízo cível do domicílio do exeqüente — art. 100, inciso IV, alínea d, do CPC) ou, 
alternativamente, o juízo cível do domicílio da executada (art. 94 do CPC); 
 
b) a qualificação das partes (art. 282, inciso II, do CPC); 
 
c) a indicação da espécie de execução (execução de obrigação de fazer lastreada em título executivo 
extrajudicial — art. 615, inciso I, c/c os arts. 632-638, todos do CPC); 
 
d) o fato constitutivo da obrigação de fazer (o acordo de vontades, seu instrumento e objeto, o preço, o 
local e o prazo da entrega, a forma de pagamento etc. — art. 282, inciso III, 1.ª parte, do CPC); 
 
e) o fundamento jurídico do pedido (o inadimplemento da devedora — art. 282, inciso III, 2.ª parte, do 
CPC); 
 
f) a indicação dos fundamentos legais de direito material e processual (arts. 247/249 do CC/02; arts. 282, 
585, inciso II, 614, 615 e 632-638 do CPC); 
 
g) os pedidos e requerimentos: 
 
1. recebimento da petição inicial e dos documentos que a instruem (art. 37, 614, inciso I, do CPC); 
 
2. citação da executada para cumprir a obrigação no prazo de trinta (30) dias, ou prazo que o juiz vier a 
fixar, observadas as regras previstas no art. 172, §§ 1.º e 2.º, do CPC (arts. 282, inciso VII, 614, 632, todos 
do CPC); 
 
3. Se a obrigação não for satisfeita no prazo fixado, seja ela executada por terceiro ou pelo próprio 
credor ou por pessoa sob sua direção e vigilância, à custa do executado (art. 633, c/c 637 do CPC); 
 
4. Se a obrigação for prestada de forma incompleta ou defeituosa, seja ela completada ou reparada pela 
exeqüente, à custa da executada (art. 636 do CPC); 
 
5. Expedição de guia para depósito da quantia de R$ 25.000,00 (art. 615, inciso IV, c/c art. 582, todos do 
CPC); 
 
6. se, por qualquer motivo, a obrigação de fazer não for cumprida, proceda-se à sua conversão em perdas 
e danos, no valor de R$ 25.000,00, acrescido de correção monetária e juros, prosseguindo-se na forma do 
art. 652 e seguintes do CPC (art. 633 do CPC); 
 
h) o valor da causa: R$ 50.000,00, equivalente ao valor do contrato (art. 282, inciso V, c/c art. 259, 
inciso V, todos do CPC). 
 
 
 
 
 
 
 
SIMULADO - EXAME DE ORDEM UNIFICADO 2011.2 – PROVA PRÁTICO-PROFISSIONAL – DIREITO CIVIL 
www.portalexamedeordem.com.br 
 
GABARITO QUESTÃO 01 
Eis uma nova modalidade de usucapião que foi denominada de usucapião familiar. 
A lei 12.424/11 alterou o Código Civil criando