Direito no Brasil pós Segunda Guerra Mundial 1945-1964
7 pág.

Direito no Brasil pós Segunda Guerra Mundial 1945-1964


DisciplinaHistória do Direito Brasileiro12.185 materiais307.041 seguidores
Pré-visualização1 página
FACULDADE ESTACIO ATUAL
HISTÓRIA DO DIREITO BRASILEIRO
Conteúdo \u2013 DIREITO NO BRASIL PÓS II GUERRA MUNDIAL (1945-1964)
PROF. GISELI DEPRÁ
DIREITO NO BRASIL PÓS II GUERRA MUNDIAL (1945-1964)
CONSTITUIÇÃO DE 1946
Após a queda de Getúlio Vargas e fim do Estado Novo, incide um período de redemocratização que irá culminar na promulgação da Constituição de 1946.
(ANGELOZI, 2009. p. 179 - 190)
DIREITO NO BRASIL PÓS II GUERRA MUNDIAL (1945-1964)
PRINCIPAIS CARACTERISTICAS DA CONSTITUIÇÃO DE 1946
o restabelecimento dos direitos individuais
fim da censura e da pena de morte.
Restabeleceu o equilíbrio entre os poderes, além de dar autonomia a estados e municípios. 
Instituição de eleição direta para presidente da República, com mandato de cinco anos.
Incorporação da Justiça do Trabalho (CLT)
Habeas corpus e a ação popular.
Continuava a proibir o voto dos analfabetos.
Eleição direta do Presidente da República; 
Liberdade de organização partidária e Liberdade Sindical; 
Reconhecimento dos direitos de greve;  
(ANGELOZI, 2009. p. 179 - 190)
DIREITO NO BRASIL PÓS II GUERRA MUNDIAL
(ANGELOZI, 2009. p. 186)
DIREITO NO BRASIL \u2013 GOVERNO MILITAR
Constituição de 1967 e sua Emenda de nº 1 de 1969
Contexto Histórico Golpe Militar de 1964. 
Forma Política de Elaboração da Constituição Autoritária: Outorgada por Castelo Branco a de 1967 e pela Junta Militar a emenda de 1969. 
Principais Características da Constituição De 1967
Forte concentração no poder executivo; 
Enfraquecimento do Legislativo e do Judiciário; 
Eleição presidencial indireta; 
Reduziu a autonomia dos Municípios estabelecendo a nomeação dos Prefeitos de alguns municípios pelo Governador ;
 Enfraquecimento do federalismo; 
estrutura de Poder na Segurança Nacional ,
criação de uma ação de suspensão de direitos políticos e individuais ;
Restrições aos direitos e a suspensão do habeas corpus;
Os analfabetos permaneciam sem direito a voto
DIREITO NO BRASIL \u2013 GOVERNO MILITAR
EMENDA CONSTITUCIONAL N.1 DE 1969 (EDITADA EM 17/10/1969)
Em 17/10/1969 a Constituição Brasileira sofreu profundas alterações em decorrência da emenda constitucional n. 1, outorgada pela junta militar que assumiu o Poder no período em que o Presidente Costa e Silva encontrava-se doente.
As três principais alterações promovidas pela citada emenda constitucional foram:
 Estabelecimento de eleições indiretas para o cargo de Governador de Estado
 Ampliação do mandato presidencial para cinco anos
 Extinção das imunidades parlamentares.
BIBLIOGRAFIA
ANGELOZZI, Gilberto. História do Direito no Brasil. Rio de Janeiro: Freitas Bastos,2009. Capítulo 3.
CASTRO, Flávia Lages. História do Direito Geral e Brasil. 6.ed. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2008. Capítulo XIII.
PEDROSA, Ronaldo Leite. Direito em História. 6. ed. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2008. (Capítulo XI \u2013 p. 329 a 349)
LINHARES, Maria Yedda (org). História Geral do Brasil. 9.ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 1990. Capítulo I.
FAUSTO, Boris. História do Brasil. 13.ed. São Paulo: EDUSP, 2008. Capítulos 1 e 2.
ARRUDA, Marcos. CALDEIRA, Cesar. Como Surgiram as ConstituiçõesBrasileiras. Rio de Janeiro: FASE (Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional). Projeto Educação Popular para a Constituinte, 1986