A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
2-EnergiaSustentabilidade

Pré-visualização | Página 1 de 1

ENERGIA E 
SUSTENTABILIDADE
Prof. Paulo Cesar C. Pinheiro
Dept. Engenharia Mecânica da UFMG
Março 2012
• A sociedade atual é energeticamente sustentável?
• Quais são os problemas com o atual uso energético?
• Como podem ser feitas mudanças?
• Quais as conseqüências de nenhuma ação?
Questões
População Mundial Quais os Limites da População
• Malthus – 1798 – A população cresce exponencialmente, a 
produção de alimentos cresce linearmente. O crescimento 
populacional cessa quando o aumento de população não tiver 
recursos para sobreviver. 
• Hardin – 1968 – Tragédia dos comuns (cada um age segundo 
interesses individuais)
• Ehrlichs – 1968 – A superpopulação é o problema, esgotando os 
solos e alterando o ecosistema que suporta a vida.
• Forrester – 1972 – Limites de crescimento – desastre potencial nos 
próximos 100 anos
• Meadows – 1992 – Além dos limites – mas a criatividade (engenho) 
humano pode evitar o colapso
• Cohen – 1995 – Quantas pessoas a terra pode suportar?
- Talvez um trilhão, mas o mais provável cerca de 16 bilhões
Uso da Energia (per capta) Distribuição de Renda Mundial (1993)
e Interesses Humanos em Função da Renda
% de Alguns Países no Mundo Previsão da Mudança de Temperatura
Fator de Emissão de Carbono Nacional
• CO2 = Pop x (GDP/pop) x (Btu/GDP) x (CO2/Btu) - Seq
– GDP/pop representa o padrão de vida
– Btu/pop representa a intensidade energética
– CO2/pop representa a intensidade de carbono
– Seq contabiliza o CO2 seqüestrado
Fator de Emissão de Carbono do Uso Energia
Balanço Energético Mundial
P-R. Bauquis, Oil and Gas Journal, 17/2/03]
Uso Primário da Energia Mundial
O que é Sustentabilidade?
• Capacidade da humanidade de garantir o 
atendimento das necessidades atuais sem 
comprometer a capacidade das futuras gerações de 
satisfazerem suas próprias necessidades.
[Bruntland, 1987]
• Preservação da capacidade produtiva no futuro 
previsível. [Solow, 1992]
• Sustentabilidade biofísica significa manter ou
melhorar a integridade do sistema de suporte de vida 
da terra . [Fuwa, 1995]
Princípios Intergeracionais
• Administração: Cada geração tem obrigação de 
proteger interesses das gerações futuras.
• Cadeia de obrigação: a principal obrigação é garantir 
condições para as necessidades da vida atual e das 
gerações futuras. Os perigos concretos a curto prazo 
são prioritários sobre os perigos hipotéticos a longo 
prazo.
• Princípio da precaução: não se estabelecem ações 
que representam uma ameaça real de dano irreversível 
ou de conseqüências catastróficas, se não houver 
outra necessidade imperiosa ou de compensação para 
beneficiar tanto as gerações atuais ou futuras.
• Qual a capacidade de sustentabilidade da Terra?
• Economias sustentáveis, instituições sociais, e o 
ambiente
• As necessidades ecológicas para um padrão de vida 
Europeu modesto são 2,6 ha/pessoa
– Média USA = 8,8 ha/pessoa
– Média Inglaterra = 5,3 ha/pessoa
• Considerando o estilo de vida da China supõe-se que 
a terra poderia suportar uma população de 33,3 
milhões. 
[Optimum Population Trust, UK, 1993]
Questões de Sustentabilidade Questões de Sustentabilidade
Os 3 Pilares da Sustentabilidade Os 3 Pilares da Sustentabilidade
Questões de Balanço Suprimento de Recursos Sustentáveis
O Desafio
• Se temos que mudar nossas tecnologias de energia 
num período de tempo relativamente curto, quais são as 
melhores alternativas?
• Como devemos investir no desenvolvimento de 
melhores alternativas?
• Quais são os indicativos que vão incentivar o 
desenvolvimento e entrada no mercado destas 
alternativas? 
• Não temos também mudar nossos comportamentos?
Mudança Climática
Quão longe ou Quão rápido
• Jogo de Espera:
– Os países desenvolvidos fazer primeiro
– Cada país deseja preservar ou manter seu status 
econômico. 
– O Governo do EUA rejeitaram o protocolo de Kyoto e 
buscam uma variedade de iniciativas voluntárias
• Resultado – Inércia!
• Entretanto as evidencias da mudança climática estão 
aumentado e a sensibilidade da população tem 
aumentando, mesmo nos EUA. 
Pobreza
Quão longe ou Quão rápido
• Egoísmo e negação
– Mundo desenvolvido – Acredita que a pobreza é a 
auto-infligida, realiza ajudas sociais limitadas visando 
minimizar os problemas em vez de corrigi-los. Falta de 
vontade de abrir o mercado tanto internamente, quanto 
internacionalmente.
– Países em desenvolvimento – corrupção e aceitação 
de grandes desigualdades, recursos inadequados
(humanos e financeiros) para uma mudança importante, 
ódio aos ricos – que são mais visíveis, graças à
comunicações modernas
Conseqüências da Inércia
• Pobreza
– Condições sub-humanas de vida para muitos, falta de 
saúde, tráfico de drogas, criminalidade, terrorismo, 
migração em massa, guerras, etc .
– Perda de capital humano e degradação ambiental.
• Mudanças climáticas
– Mudança regional dos padrões climáticos impactando
sobre a agricultura, água, tempestades, inundações, etc.
– A maioria dos impactos sobre os pobres.
– os países ricos podem fazer maiores esforços sobre 
mitigação.
Algumas Considerações
• Não existe certo ou errado - é uma questão de 
equilíbrio
• Cada um pode contribuir de uma forma diferente.
• O egoísmo e o materialismo mesmo moderados podem 
bloquear outros valores humanos como o sentimento 
pelo outro, auto respeito, amor e compaixão.
• Só podemos controlar o nosso comportamento - e não 
outras pessoas (embora seja possível ser exemplo).
Barreiras à Mudança
• Dinheiro, saúde e inteligência.
• " Os que têm" - querem mais, querem ser melhor que 
os pares, e não vêem a pobreza.
- " Os que não têm " - nós querem tudo isso, mas isto 
parece fora das possibilidades - os outros fizeram as 
regras e não podem ganhar - se ressentem ou tem ódio 
deles. Embora tenham pena deles como humanos seres. 
- gostariam de ter o que eles têm!
Recompensas pela Ação
• Talvez uma melhor qualidade de vida com o suficiente 
para satisfazer as nossas necessidades - e não os 
nossos desejos!
• Um paradigma de negócio diferentes - e não a 
produção em massa, mas tendo cuidado com o ciclo de 
vida dos produção e serviços, tendo cuidado com as
externalidades.
• Grande redução da desigualdade social e melhoria 
estabilidade social.
• Valorização e cuidados com a natureza e diversidade, 
humana e ambiental.
Modelo de Thring
O Que Podemos Fazer?
• Na escolha de carreiras?
• Em nossa vida profissional?
• Como cidadãos privados?
• Como cidadãos Brasileiros?
• Como cidadãos globais?
Quanto estamos dispostos a fazer?
Como Criar um País e um Mundo Melhor?