A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
ART 5 - A Importncia do Sistema de Informao Contbil como Fonte de Informaes para Tomada de

Pré-visualização | Página 2 de 4

da informação são as seguintes:
Características da Informação
útil reutilizável deve informar é um ativo
deve ser gerenciada deve ser oportuna permite análises São dados em uso
tem valor econômico não se deteriora deve ter limites Está no relatório final
o seu valor é 
determinado pelo usuário
deve servir de base 
para os gestores
deve ser discutida no 
contexto do usuário
não se deprecia em 
função do uso 
é composta de: dados 
coletados organizados e 
ordenados
deve atender as 
necessidades dos 
usuários
deve dar condições de 
comparação e 
relacionamento
serve de apoio às 
estratégias e tomada 
de decisão
Figura 2: Características da Informação
Fonte: Adaptado de STRASSBURG (2004:56)
Com estas características a informação pode ser considerada como valiosa para quem 
se utilizar dela, pois estará mais próximo daquilo que os tomadores de decisão necessitam, 
para o bom andamento das atividades da entidade e o conseqüente alcance das metas 
propostas. Se as informações não forem acompanhadas das características descritas acima, 
decisões equivocadas poderão ser tomadas, ameaçando, muitas vezes, a continuidade da 
entidade. Se uma previsão imprecisa de demanda futura indica que as vendas serão maiores, o 
gestor pode entender que é necessário um investimento a ser obtido de terceiros, e se as 
vendas não ocorrerem, este investimento se tornará em prejuízo que certamente diminuirá a 
margem de lucro a ser obtida. O valor da informação está diretamente relacionado com a 
maneira como ela auxilia os tomadores de decisão a atingirem os propósitos previstos para a 
empresa.
Desta forma PADOVESE (2000:44) descreve que o conceito de valor na informação 
está relacionado com: 
a) a redução da incerteza no processo de tomada de decisão;
b) a redução do benefício gerado pela informação versus o custo de produzi-la;
c) o aumento da qualidade da decisão.
O valor da informação está relacionado com o efeito, positivo ou negativo, que ela tem 
sobre os processos decisórios. Se a informação fornecida proporcionar condições para uma 
decisão adequada, então ela terá valor. Caso contrário, terá pouco ou nenhum valor e muitas 
será desprezada.
Tecnologia da Informação
Durante muito tempo a tecnologia da informação (TI) foi tratada como algo isolado 
nas organizações, e restringia-se a poucas pessoas que trabalhavam no departamento de CPD 
(Centro de Processamento de Dados).
Com o passar do tempo, a tecnologia da informação passou a ser utilizada nos 
processos industriais através de maquinários que melhoraram a qualidade e quantidade dos 
produtos.
Nos últimos 30 anos a proliferação de empresas vem provocando contínuas mudanças, 
aumentando a concorrência, fazendo com que as empresas aprimorem processos, a fim de 
permanecerem no mercado.
Nesse sentido, ignorar as novas tecnologias é andar na contramão da história da 
evolução econômica. Diante disso, as empresas e a sociedade pagam um preço elevado para 
atuar e viver em um mundo cada vez mais dependente da tecnologia.
Para CRUZ (2000, p.24): “Tecnologia da informação é todo e qualquer dispositivo que 
tenha capacidade para tratar dado e ou informações, tanto de forma sistêmica como 
esporádica, quer esteja aplicada no produto, quer esteja aplicada no processo”.
Segundo ALECRIM (2004): “Sendo a informação um bem que agrega valor a uma 
empresa ou a um indivíduo, é necessário fazer uso de recursos da TI de maneira apropriada, 
ou seja, é preciso utilizar ferramentas, sistemas ou outros meios que façam das informações 
um diferencial competitivo”.
Neste cenário globalizado, onde a concorrência está cada vez mais acirrada, percebe-
se que a informação tornou-se o centro das atenções nos mais diversos processos, pois, é 
através dela, que se conhece os custos de produção, preço de venda, margem de lucro e outros 
fatores indispensáveis, ao conhecimento da gestão e o bom desempenho dos negócios
Para DRUCKER (2001:87) o mundo se encontra na quarta Revolução da Informação, 
tendo passado pelos seguintes acontecimentos:
Revolução da 
Informação Época Acontecimento
1ª +/- 4.000 a.C Invenção da escrita
2ª 1.300 a.C Criação de livros escritos a mão
3ª 1.450 Invenção da impressora com tipos móveis
4ª 1.950 Informações com foco na decisão
Revolução
da
Imprensa
Figura 3: As revoluções da Informação
Fonte: Adaptado de Drucker (2001:87)
DRUCKER (2001: 81; 92) ainda destaca que “a nova Revolução da Informação não 
está acontecendo em Tecnologia da Informação (TI), nem em Sistemas de Informações 
Gerenciais (SIG), e nem sendo liderada por Diretores de Informações (DIs). Ela é conduzida 
por pessoas que a indústria da informação tende a desprezar: os contadores.......e que ela será 
conduzida não por pessoas da TI, mas por contadores e editores”.
Neste contexto pode-se visualizar uma grande responsabilidade caindo sobre os 
contadores, que deverão estar preocupados não são em fornecer a informação mas também 
com quem irá recebê-las.
Sendo assim verifica-se, que a tecnologia da informação tem um papel de suma 
importância neste contexto, haja vista, que proporciona exatidão e rapidez nas informações, 
gerando um diferencial competitivo para a empresa.
Nesse sentido MCGEE e PRUSAK (1994, P.3) afirmam: “Numa economia de 
informação, a concorrência entre as organizações baseia-se em sua capacidade de adquirir, 
tratar, interpretar e utilizar a informação deforma eficaz. As organizações que liderarem essa 
competição serão as grandes vencedoras do futuro, enquanto as que não o fizerem serão 
facilmente vencidas por suas concorrentes”.
Para competirem de maneira eficiente as empresas precisam evoluir tecnologicamente, 
tanto relacionado a questões físicas como intelectuais. Terão que abandonar os modelos de 
comando e controle desenvolvidos para o processo mecânico e desenvolver um modelo 
voltado para as organizações digitais. Assim, entende-se que as empresas que não 
conseguirem administrar o processo de transição para uma economia globalizada e para o uso 
da tecnologia da informação estarão fadadas ao desaparecimento.
A Influência da TI na Gestão Empresarial
A tecnologia da informação contribui para modificar a cultura e a estrutura das 
empresas, bem como agregar valor ao produto e de penetrar em novos mercados.
A relação entre empresa – fornecedor e empresa – cliente, muito melhorou após o 
surgimento da tecnologia da informação e sua evolução no que diz respeito à utilização de 
seus recursos nos processos empresariais. Desta forma a gestão empresarial vem obtendo 
benefícios principalmente no que tange a informações para a tomada de decisão, com base 
nos dados acumulados através da contabilidade.
Os gestores devem estar atentos com relação aos recursos tecnológicos disponíveis no 
mercado, os quais poderão auxiliar a sua gestão, otimizando desta forma, o resultado do 
empreendimento colocado sob a égide de sua administração. Esta atenção também deve estar 
relacionada com as mudanças na forma de gestão das empresas tradicionais e empresas 
baseadas na informação. 
Empresa Tradicional Empresa Baseada na Informação
Burocracia Consenso
Padronização dos produtos e serviços Massificação personalizada e qualidade
Padronização dos salários Salários baseados no conhecimento agregado aos negócios
Estrutura hierárquica Descentralização e diluição da hierarquia
Autoridade gerência participativa e diluição da hierarquia
Centralização Recursos descentralizados, sinergia, trabalho em equipe
Processo decisório centralizado Decisões participativas, gerência por processo, 
gerenciamento por resultados
Planejamento centralizado Pensar globalmente e agir localmente
Controle centralizado Controle descentralizado
Figura 4: Diferença da empresa tradicional para a empresa baseada na informação
Fonte: REZENDE e ABREU (2000, p. 104).
Para que a tecnologia da informação seja utilizada corretamente,