A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
15 pág.
Anatomia sistema muscular

Pré-visualização | Página 3 de 5

↳ É um músculo pequeno e quadrilátero. 
- Origem: Face externa da lâmina da cartilagem 
tireóidea 
- Inserção: Terço lateral do corpo e raiz do corno do 
osso hióide 
- Inervação: Alça Cervical (plexo cervical) 
- Ação: Fixa o hióide, puxa-o para baixo bem como a 
laringe e auxilia a deglutição. 
Estruturas profundas do pescoço 
↳ Músculos pré-vertebrais 
• Longo da cabeça; 
• Longo do pescoço; 
• Reto anterior da cabeça; 
• Reto lateral da cabeça; 
↳ Músculos Pós-vertebrais (mm. suboccipitais): 
• Reto posterior maior da cabeça 
• Reto posterior menor da cabeça 
• Obliquo superior da cabeça 
• Obliquo inferior da cabeça 
33. Músculo escaleno anterior 
- Origem: tubérculos anteriores dos processos 
transversos da 3a a 7a vértebras cervicais. 
- Inserção: Tubérculo do músculo escaleno anterior da 
primeira costela. 
- Inervação: Ramos do plexo cervical e plexo braquial. 
- Ação: Flexão lateral da coluna vertebral. Eleva a 
primeira costela e, com isso, o tórax (m. da respiração: 
inspiração) 
34. Músculo escaleno médio 
- Origem: tubérculos dos processos transversos da 3a a 
7a vértebras cervicais. 
- Inserção: Primeira costela, posterior ao sulco da artéria 
subclávia. 
- Inervação: Ramos do plexo cervical e plexo braquial. 
- Ação: Flexão lateral da coluna vertebral. Eleva a 
primeira costela e, com isso, o tórax (m. da respiração: 
inspiração) 
35. Músculo escaleno posterior 
- Origem: tubérculos posteriores dos processos 
transversos da 5a e 6ª vértebras cervicais. 
- Inserção: Segunda costela. 
- Inervação: Ramos do plexo cervical e plexo braquial. 
- Ação: Flexão lateral da coluna vertebral. Eleva a 
segunda costela e, com isso, o tórax (m. da respiração: 
inspiração) 
Músculos do tórax 
↳ O tórax se localiza na região superior do tronco, é 
definido anteriormente pelo osso esterno, lateralmente 
pelas costelas e posteriormente pela coluna vertebral. 
 
36. Peitoral maior 
- Origem: 
* Parte clavicular: Metade esternal da clavícula. 
* Parte esternocostal: Manúbrio e corpo do esterno, 
cartilagens costais da II a VII costelas. 
* Parte abdominal: Lâmina anterior da bainha do m. reto 
do abdome. 
- Inserção: Crista do tubérculo maior do úmero. 
- Inervação: Nervo do Peitoral Lateral e Nervo do 
peitoral medial (C5 - T1). 
Lara C. Micheletto - TXX 01
- Ação: Adução, rotação medial, flexão e flexão 
horizontal do ombro. M. Auxiliar da inspiração. 
37. Peitoral menor 
- Origem: Costelas 3a, 4a e 5a 
- Inserção: Processo coracóide da escápula. 
- Inervação: Nervo do Peitoral Medial e Peitoral lateral 
(Plexo Braquial) 
- Ação: Tórax: Eleva o osso esterno e as costelas 
superiores (Músculo auxiliar da inspiração. 
38. Serrátil anterior 
- Origem: Costelas I a IX. 
* Inserção porção superior: Ângulo superior da 
escápula. 
* Inserção da porção média: Margem medial da 
escápula. 
* Inserção da porção inferior: Ângulo inferior da 
escápula. 
- Inervação: Nervo Torácico Longo (Plexo braquial). 
- Ação: 
* Fixo na Escápula: Ação inspiratória. 
* Fixo nas Costelas: Rotação superior, abdução e 
depressão da escápula e propulsão do ombro. 
39. Intercostais externos 
- Origem: Borda inferior da costela suprajacente 
(superior). 
- Inserção: Borda superior da costela infrajacente 
(inferior). 
- Inervação: Nervos intercostais. 
- Ação: Elevação das costelas (ação inspiratória). 
40. Intercostais internos 
- Origem: Borda inferior da costela suprajacente 
(superior). 
- Inserção: Borda superior da costela infrajacente 
(inferior) 
- Inervação: Nervos intercostais (ramos dos nervos 
torácicos) 
- Ação: Abaixam as costelas (ação expiratória) 
↳ Os músculos intercostais internos e externos se 
cruzam em "X". As fibras dos intercostais externos se 
dirigem de superior para inferior e de POSTERIOR para 
anterior. Já as fibras dos intercostais internos se dirigem 
de superior para inferior e de ANTERIOR para posterior. 
 
Músculos do abdome 
 
41. Reto anterior do abdome 
- Origem: Face externa e inferior da 5a à 7ª cartilagens 
costais e processo xifóide. 
- Inserção: sínfise púbica 
- Inervação: Nervos intercostais. 
- Ação: Aumento da pressão intra-abdominal 
(Expiração, Vômito, Defecação, Micção e no Parto) 
* Fixo no Tórax: Retroversão da pelve 
* Fixo na Pelve: Flexão do tronco (+ ou - 30°) 
 
42. Oblíquo externo do abdome 
- Origem: Face externa das V a XII costelas 
- Inserção: Lábio externo da crista ilíaca, ligamento 
inguinal, faz parte da Lâmina anterior do reto do 
abdome. 
- Inervação: Nervos intercostais inferiores (ramo dos 
nervos torácicos). 
- Ação: 
* Contração Unilateral: Rotação com tórax girando para 
o lado oposto 
* Contração Bilateral: Flexão do tronco e aumento da 
pressão intra-abdominal para expiração. 
43. Oblíquo interno do abdome 
- Origem: Lâmina profunda da aponeurose 
toracolombar, linha intermédia da crista ilíaca e 
ligamento inguinal. 
- Inserção: Margem inferior da cartilagem costal da IX a 
XII costelas. 
- Inervação: Nervos intercostais, nervo ílio- hipogástrico 
e ílio-inguinal. 
- Ação: Contração unilateral: gira o tórax para o lado 
ipsilateral, flexão ipsilateral da coluna vertebral, contração 
Lara C. Micheletto - TXX 01
bilateral: flexão do tronco, compressão abdominal, 
expiração. 
44. Transverso do abdome 
- Origem: Face interna da VII a XII cartilagens costais, 
aponeurose toracolombar, crista ilíaca e ligamento 
inguinal. 
- Inserção: Linha arqueada. 
- Inervação: Nervos intercostais inferiores, nervo ílio-
hipogástrico e ílio- inguinal. 
- Ação: Aumento da pressão intra-abdominal e 
estabilização da coluna lombar, auxiliar na expiração. 
45. Diafragma 
- Origem: Face interna das 6 últimas costelas, face 
interna do processo xifoide e corpos vertebrais das 
vértebras lombares superiores 
- Inserção: No tendão central (aponeurose) centro 
tendíneo. 
- Inervação: Nervo frênico. 
- Ação: Inspiratório, pois diminui a pressão interna da 
caixa torácica permitindo a entrada do ar nos pulmões, 
estabilização da coluna vertebral e expulsões 
(defecação, vômito, micção e parto). 
Músculos do dorso 
 
46. Latíssimo do dorso 
- Origem: Processos espinhosos da 6ª últimas vértebras 
torácicas e todas lombares, crista do sacro, 1/3 posterior 
da crista ilíaca e face externa das 4 últimas costelas. 
- Inserção: Crista do tubérculo menor. 
- Inervação: Nervo toracodorsal. 
- Ação: Adução, extensão e rotação medial do braço. 
Depressão do ombro. 
47. Rombóide maior 
- Origem: Processos espinhosos da C7 á T5. 
- Inserção: Borda medial da escápula. 
- Inervação: Nervo dorsal da escápula. 
- Ação: Adução e rotação inferior das escápulas e 
elevação do ombro. 
48. Rombóide menor 
- Origem: Processos espinhosos da C6 e C7. 
- Inserção: Borda medial da escápula. 
- Inervação: Nervo dorsal da escápula. 
- Ação: Traciona a escápula medialmente para cima, 
fixa, com o m. serrátil anterior. 
49. Serrátil póstero-superior 
- Origem: Processos espinhosos da C7 à T3. 
- Inserção: Borda superior e face externa da 2a a 5a 
costelas. 
- Ação: Elevação das primeiras costelas (ação 
inspiratória) 
50. Serrátil póstero-inferior 
- Origem: Processos espinhosos da T11 à L3. 
- Inserção: Borda inferior e face externa das 4 últimas 
costelas. 
Músculos dos membros superiores 
 
51. Deltóide 
- Origem: Terço acromial da clavícula, acrômio e 
espinha da escápula. 
- Inserção: Tuberosidade deltóidea – úmero. 
- Inervação: Nervo Axilar. 
- Ação: Abdução do braço, auxilia nos movimentos de 
flexão, extensão, rotação lateral e medial, flexão e 
extensão horizontal do braço. Estabilização da 
articulação do ombro. 
52. Supra-espinhal – MANGUITO ROTADOR 
- Origem: Fossa supra-espinal da escápula. 
Lara C. Micheletto - TXX 01
- Inserção: Faceta proximal do tubérculo maior do 
úmero. 
- Inervação: Nervo Supraescapular. 
- Ação: Abdução até o plano horizontal, discreta 
rotação lateral reforço da cápsula articular