A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Avaliação 15 - Direito Coletivo do Trabalho e Tutelas Coletivas

Pré-visualização | Página 1 de 1

Atividades - Direito Coletivo do Trabalho e Tutelas Coletivas 
 
A negociação coletiva em nosso ordenamento jurídico acaba sendo, na prática, monopólio 
sindical, seja em função da regra expressa no inciso VI do art. 8º da CF, seja porque as 
federações e confederações somente comparecem e participam das negociações coletivas 
quando não existirem sindicatos em determinada base territorial ou quando estes se 
recusarem a assumir a direção negocial. É o que se infere dos arts. 611, §§ 1º e 2º, 613, I, 
614 e 617 da CLT. 
De acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho, assinale a alternativa correta: 
Escolha uma: 
a. 
Não será permitido estipular duração de convenção coletiva ou acordo coletivo de trabalho 
superior a dois anos, sendo vedada a ultratividade. 
b. 
A inexistência de expressa indicação de contrapartidas recíprocas em convenção coletiva ou 
acordo coletivo de trabalho ensejará sua nulidade por caracterizar um vício do negócio 
jurídico. 
c. 
As condições estabelecidas em acordo coletivo de trabalho prevalecerão sobre as estipuladas 
em convenção coletiva de trabalho, somente se mais favoráveis aos empregados. 
d. 
As condições estabelecidas em acordo coletivo de trabalho não prevalecerão sobre as 
estipuladas em convenção coletiva de trabalho, ainda que mais favoráveis aos 
empregados. 
e. 
Por meio de convenção ou acordo coletivo, poderá haver a redução do direito ao repouso 
semanal remunerado. 
As convenções coletivas e os acordos coletivos também dependem da manifestação dos 
associados do sindicato a serem atingidos pela norma coletiva, mediante assembleia 
geral, conforme dispõe o art. 612 da CLT, que exige quórum de instalação e votação para 
aprovação das propostas, regra esta que é contestada por parte da doutrina, que a 
considera incompatível com o art. 8º, I, da CF, ao tratar da liberdade de administração e 
atuação do sindicato. O TS T (S DC, OJ 13) entendia estar em vigor quórum exigido pelo 
art. 612. 
O sindicato dos empregados X entabulou, com o sindicato dos empregadores Y, uma 
convenção coletiva de trabalho para vigorar de julho de 2019 a junho de 2021. Nela ficou 
acertado que a jornada seria marcada pelos trabalhadores por meio de um aplicativo 
desenvolvido pelos sindicatos; que haveria instituição de banco de horas anual; que, nas 
jornadas de trabalho de até 7 horas diárias, haveria intervalo para refeição de 20 minutos; 
e que a participação nos lucros seria dividida em 4 parcelas anuais. 
Considerando o teor da norma coletiva e suas cláusulas, e considerando o disposto na 
CLT, assinale a afirmativa correta. 
Escolha uma: 
a. 
É nula a fixação de pausa alimentar inferior a 30 minutos para jornadas superiores a 6 horas, 
mesmo que por norma coletiva. 
b. 
A convenção é nula quanto à participação nos lucros, que não pode ser dividida em mais de 2 
parcelas anuais. 
c. 
Inválido o banco de horas estipulado, pois, em norma coletiva, ele somente pode ser realizado 
para compensação semestral. 
d. 
Inválida a cláusula referente à modalidade de registro da jornada de trabalho, que não pode 
ser feito por meio de um aplicativo. 
e. 
É valida a fixação de pausa alimentar inferior a 30 minutos para jornadas superiores a 6 horas, 
mesmo que por norma coletiva. 
A convenção coletiva de trabalho constitui direito social fundamental dos trabalhadores, 
sendo reconhecida no art. 7º, inc. XXVI, da CF. 
Como a Carta Magna não define a convenção coletiva, devemos nos socorrer do art. 611 
da CLT,in verbis: “Convenção Coletiva de Trabalho é o acordo de caráter normativo pelo 
qual dois ou mai sindicatos representativos de categorias econômicas e profissionais 
estipulam condições de trabalho aplicáveis, no âmbito das respectivas representações, às 
relações individuais de trabalho”. 
Sobre a Convenção Coletiva de Trabalho, considere: 
É ilícita cláusula de Convenção Coletiva que reduz para vinte minutos o intervalo 
intrajornada, porque se trata de norma de proteção à saúde por definição legal. 
É válida cláusula de Convenção Coletiva que elenque os cargos que se enquadram em 
funções de confiança. 
III. Não é lícita cláusula de Convenção Coletiva que altere enquadramento de grau de 
insalubridade, visto que depende de perícia técnica por determinação legal. 
É legítima cláusula de Convenção Coletiva de redução de 50% do salário dos 
empregados, desde que haja previsão de proteção contra a despedida imotivada durante o 
prazo de vigência da norma coletiva. 
Esta correto o que consta APENAS de: 
Escolha uma: 
a. 
I e III. 
b. 
II. 
c. 
III e IV. 
d. 
II e IV. 
e. 
I, II e III.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.