A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
197 pág.
BB 500 QUESTOES COMENTADAS

Pré-visualização | Página 15 de 50

será inferior a 60 milhões de hectares.
( ) CERTO ( ) ERRADO
71. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2008) 
44
BA
N
CO
 D
O
 B
RA
SI
L
A principal motivação para o desmatamento da região 
Amazônica é a abertura de novas fronteiras para a pecu-
ária. Ocorre, no entanto, que parte do terreno desmata-
do para pasto, por ser empobrecido pelas queimadas e 
compactado, aos poucos, pelo pisoteio do gado, é aban-
donado após 5 anos de uso. Considere que o gráfico do 
primeiro quadro ilustre a distribuição de 75 milhões de 
hectares desmatados na Amazônia até o ano de 2007 e 
que, a cada 5 anos, a partir dessa data, 30% das pasta-
gens sejam abandonadas.
Nessa situação, julgue os itens seguintes, relacionados às 
áreas desmatadas da Amazônia.
Em 2017, da área desmatada até 2007, mais de 38 mi-
lhões de hectares estarão abandonadas.
( ) CERTO ( ) ERRADO
72. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 
2007) Na lógica de primeira ordem, uma proposição é 
funcional quando é expressa por um predicado que con-
tém um número finito de variáveis e é interpretada como 
verdadeira (V) ou falsa (F) quando são atribuídos valores 
às variáveis e um significado ao predicado. Por exemplo, 
a proposição “Para qualquer x, tem-se que x - 2 > 0” pos-
sui interpretação V quando x é um número real maior do 
que 2 e possui interpretação F quando x pertence, por 
exemplo, ao conjunto {-4, -3, -2, -1, 0}.
Com base nessas informações, julgue os próximos itens.
A proposição funcional “Para qualquer x, tem-se que x2 
> x” é verdadeira para todos os valores de x que estão no 
conjunto {5, 5/2,3,3/2,2,1/2}.
( ) CERTO ( ) ERRADO
73. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 
2007) Na lógica sentencial, denomina-se proposição 
uma frase que pode ser julgada como verdadeira (V) 
ou falsa (F), mas não, como ambas. Assim, frases como 
“Como está o tempo hoje?” e “Esta frase é falsa” não são 
proposições porque a primeira é pergunta e a segunda 
não pode ser nem V nem F. As proposições são represen-
tadas simbolicamente por letras maiúsculas do alfabeto 
— A, B, C etc. Uma proposição da forma “A ou B” é F se A 
e B forem F, caso contrário é V; e uma proposição da for-
ma “Se A então B” é F se A for V e B for F, caso contrário 
é V. Um raciocínio lógico considerado correto é formado 
por uma sequência de proposições tais que a última pro-
posição é verdadeira sempre que as proposições anterio-
res na sequência forem verdadeiras.
É correto o raciocínio lógico dado pela sequência de pro-
posições seguintes:
Se Antônio for bonito ou Maria for alta, então José será 
aprovado no concurso.
Maria é alta.
Portanto José será aprovado no concurso.
( ) CERTO ( ) ERRADO
74. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 
2007) Um grupo de amigos fez, em conjunto, um jogo 
em determinada loteria, tendo sido premiado com a im-
portância de R$ 2.800.000,00 que deveria ser dividida 
igualmente entre todos eles. No momento da partilha, 
constatou-se que 3 deles não haviam pago a parcela cor-
respondente ao jogo, e, dessa forma, não faziam juz ao 
quinhão do prêmio. Com a retirada dos 3 amigos que 
não pagaram o jogo, coube a cada um dos restantes 
mais R$ 120.000,00.
Considerando a situação hipotética apresentada, julgue 
os itens que se seguem.
Cada um dos elementos do “grupo de amigos” que efe-
tivamente pagou a parcela correspondente ao jogo rece-
beu uma quantia superior a R$ 250.000,00.
( ) CERTO ( ) ERRADO
75. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 
2007) Um grupo de amigos fez, em conjunto, um jogo 
em determinada loteria, tendo sido premiado com a im-
portância de R$ 2.800.000,00 que deveria ser dividida 
igualmente entre todos eles. No momento da partilha, 
constatou-se que 3 deles não haviam pago a parcela cor-
respondente ao jogo, e, dessa forma, não faziam juz ao 
quinhão do prêmio. Com a retirada dos 3 amigos que 
não pagaram o jogo, coube a cada um dos restantes 
mais R$ 120.000,00.
Considerando a situação hipotética apresentada, julgue 
os itens que se seguem.
Considerando que, em uma função da forma f(x) = Ax2 
+ Bx + C, em que A, B, e C são constantes bem deter-
minadas, a equação f(x) = 0 determina a quantidade de 
elementos do “grupo de amigos”, então é correto afir-
mar que, para essa função, o ponto de mínimo é atingido 
quando x =3/2.
( ) CERTO ( ) ERRADO
76. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 
2007) Uma proposição é uma afirmação que pode ser 
julgada como verdadeira (V) ou falsa (F), mas não como 
ambas. As proposições são usualmente simbolizadas por 
letras maiúsculas do alfabeto, como, por exemplo, P, Q, R 
etc. Se a conexão de duas proposições é feita pela prepo-
sição “e”, simbolizada usualmente por , então obtém-
-se a forma , lida como “P e Q” e avaliada como V 
se P e Q forem V, caso contrário, é F. Se a conexão for 
feita pela preposição “ou”, simbolizada usualmente por 
, então obtém-se a forma PVQ, lida como “P ou Q” 
e avaliada como F se P e Q forem F, caso contrário, é V. 
A negação de uma proposição é simbolizada por , 
e avaliada como V, se P for F, e como F, se P for V. Um 
argumento é uma sequência de proposições P1 , P2 , ..., 
Pn , chamadas premissas, e uma proposição Q, chamada 
conclusão. Um argumento é válido, se Q é V sempre que 
P1 , P2 , ..., Pn forem V, caso contrário, não é argumento válido.
A partir desses conceitos, julgue os próximos itens.
A proposição simbólica possui, no máximo, 
4 avaliações V.
( ) CERTO ( ) ERRADO
45
BA
N
CO
 D
O
 B
RA
SI
L
77. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 
2007) Uma proposição é uma afirmação que pode ser 
julgada como verdadeira (V) ou falsa (F), mas não como 
ambas. As proposições são usualmente simbolizadas por 
letras maiúsculas do alfabeto, como, por exemplo, P, Q, R 
etc. Se a conexão de duas proposições é feita pela prepo-
sição “e”, simbolizada usualmente por , então obtém-
-se a forma , lida como “P e Q” e avaliada como V 
se P e Q forem V, caso contrário, é F. Se a conexão for 
feita pela preposição “ou”, simbolizada usualmente por 
, então obtém-se a forma PVQ, lida como “P ou Q” 
e avaliada como F se P e Q forem F, caso contrário, é V. 
A negação de uma proposição é simbolizada por , 
e avaliada como V, se P for F, e como F, se P for V. Um 
argumento é uma sequência de proposições P1 , P2 , ..., 
Pn , chamadas premissas, e uma proposição Q, chamada 
conclusão. Um argumento é válido, se Q é V sempre que 
P1 , P2 , ..., Pn forem V, caso contrário, não é argumento 
válido.
A partir desses conceitos, julgue os próximos itens.
Considere as seguintes proposições:
P: “Mara trabalha” e Q: “Mara ganha dinheiro”
Nessa situação, é válido o argumento em que as premis-
sas são “Mara não trabalha ou Mara ganha dinheiro” e 
“Mara não trabalha”, e a conclusão é “Mara não ganha 
dinheiro”.
( ) CERTO ( ) ERRADO
78. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 
2007) Uma proposição é uma afirmação que pode ser 
julgada como verdadeira (V) ou falsa (F), mas não como 
ambas. As proposições são usualmente simbolizadas por 
letras maiúsculas do alfabeto, como, por exemplo, P, Q, R 
etc. Se a conexão de duas proposições é feita pela prepo-
sição “e”, simbolizada usualmente por , então obtém-
-se a forma , lida como “P e Q” e avaliada como V 
se P e Q forem V, caso contrário, é F. Se a conexão for 
feita pela preposição “ou”, simbolizada usualmente por 
, então obtém-se a forma PVQ, lida como “P ou Q” 
e avaliada como F se P e Q forem F, caso contrário, é V. 
A negação de uma proposição é simbolizada por , 
e avaliada como V, se P for F, e como F, se P for V. Um 
argumento é uma sequência de proposições P1 , P2 , ..., 
Pn , chamadas premissas, e uma proposição Q, chamada 
conclusão. Um argumento é válido, se Q é V sempre que 
P1 , P2 , ..., Pn forem V, caso contrário, não é argumento 
válido.
A partir desses conceitos, julgue os próximos itens.
A partir desses conceitos, julgue os próximos itens.
Há duas proposições no seguinte conjunto de sentenças:
(I) O

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.