A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
197 pág.
BB 500 QUESTOES COMENTADAS

Pré-visualização | Página 17 de 50

va-
lores, quando postos em ordem crescente, obedecem a 
uma Progressão Aritmética.
Se a variância amostral não viciada vale 40, qual é o valor 
da razão da Progressão Aritmética?
a) 3
b) 5√2
c) 4
d) 2√5
e) 1
48
BA
N
CO
 D
O
 B
RA
SI
L
92. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 
2007) O euro, moeda oficial da União Européia, que exis-
te como moeda e cédula desde 1.º/1/2002, é adotado, 
hoje, por 13 dos 27 Estados-membros. O último Estado-
-membro a adotar o euro foi a Eslovênia, em 1.º/1/2007, 
que estabeleceu a conversão de 239,64 tolares — o tolar 
era a moeda até então oficial na Eslovênia — para cada 
euro.
Internet: <www.wikipedia.org> (com adaptações).
Com referência ao texto e às informações acima, julgue 
os itens que se seguem.
Considere que, no dia 1.º/1/2007, no câmbio oficial bra-
sileiro, fosse possível comprar exatamente 1 euro por R$ 
3,00. Nessa situação, nesse mesmo dia, R$ 1,00 equivalia 
a menos de 78 tolares.
( ) CERTO ( ) ERRADO
93. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 
2018) Uma sequência numérica tem seu termo geral re-
presentado por an , para n ≥ 1. Sabe-se que a1 = 0 e que 
a sequência cujo termo geral é bn = an+1 - an , n ≥ 1, é 
uma progressão aritmética cujo primeiro termo é b1 = 9 
e cuja razão é igual a 4.
O termo a1000 é igual a
a) 2.002.991
b) 2.002.995
c) 4.000.009
d) 4.009.000
e) 2.003.000
94. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO 
BRASIL – 2015) A mãe de João decidiu ajudá-lo a pagar 
uma das prestações referentes a uma compra parcelada. 
Ela solicitou a antecipação do pagamento e, por isso, a 
financeira lhe concedeu um desconto de 6,25% sobre o 
valor original daquela prestação. João pagou um terço 
do novo valor, e sua mãe pagou o restante.
A parte paga pela mãe de João corresponde a que fração 
do valor original da prestação?
a) 29/48
b) 1/24
c) 15/16
d) 5/8
e) 4/25
95. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 
2018) Sabe-se que g é uma função par e está definida 
em todo domínio da função f, e a função f pode ser ex-
pressa por f(x) = x2 + k . x . g(x).
Se f(1) = 7, qual o valor de f(-1)?
a) 7
b) 5
c) - 7
d) - 6
e) - 5
96. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO 
BRASIL – 2015) Um cliente foi sorteado em um plano de 
capitalização, cujo prêmio, após os descontos, foi de R$ 
8.800,00. Esse prêmio foi dividido entre seus três filhos 
de modo que o segundo ganhou um quinto a mais que 
o primeiro, e o terceiro ganhou cinco sextos a mais que 
o segundo.
Quanto recebeu o primeiro filho?
a) R$ 4.000,00
b) R$ 3.600,00
c) R$ 2.000,00
d) R$ 2.400,00
e) R$ 4.400,00
97. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO 
BRASIL – 2015) Uma instituição financeira efetua o des-
conto de um título de valor de face de R$ 25.000,00 dois 
meses antes do vencimento, utilizando taxa de descon-
to simples bancário (por fora) de 9% ao mês. A institui-
ção exige o pagamento de 2% do valor de face do título 
como taxa de administração no momento de desconto 
do título.
A taxa bimestral de juros realmente cobrada é de
a) 20%
b) 25%
c) 11%
d) 16%
e) 22,5%
98. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO 
BRASIL – 2015) Um investimento rende à taxa de juros 
compostos de 12% ao ano com capitalização trimestral.
Para obter um rendimento de R$ 609,00 daqui a 6 meses, 
deve-se investir, hoje, em reais,
a) 6.460
b) 10.000
c) 3.138
d) 4.852
e) 7.271
99. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO 
BRASIL – 2015) A empresa ALFA tomou um empréstimo 
no valor de 100 mil reais, em janeiro de 2015, a uma taxa 
de juros de 12% ao ano, no regime de juros compos-
tos, a serem pagos em 3 parcelas anuais, consecutivas e 
postecipadas. A primeira parcela, a ser paga em janeiro 
de 2016, corresponderá a 20% do valor do empréstimo; 
a segunda parcela, um ano após a primeira, será igual a 
30% do valor do empréstimo, e a terceira parcela a ser 
paga, em janeiro de 2018, liquidará a dívida.
A quantia, em milhares de reais, que mais se aproxima do 
valor da terceira parcela é igual a
a) 72,0
b) 90,5
c) 56,0
d) 64,2
e) 81,8
49
BA
N
CO
 D
O
 B
RA
SI
L
100. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO 
BRASIL – 2015) Aldo, Baldo e Caldo resolvem fazer um 
bolão para um concurso da Mega-Sena. Aldo contribui 
com 12 bilhetes, Baldo, com 15 bilhetes e Caldo, com 
9 bilhetes. Eles combinaram que, se um dos bilhetes do 
bolão fosse sorteado, o prêmio seria dividido entre os 
três proporcionalmente à quantidade de bilhetes com 
que cada um contribuiu. Caldo também fez uma apos-
ta fora do bolão e, na data do sorteio, houve 2 bilhetes 
ganhadores, sendo um deles o da aposta individual de 
Caldo, e o outro, um dos bilhetes do bolão.
Qual a razão entre a quantia total que Caldo recebeu e a 
quantia que Baldo recebeu?
a) 0,8
b) 1,5
c) 2
d) 2,5
e) 3
GABARITO
1. Resposta: Letra C. 
Temos que:
A 1 5 B – 2 C D 8 = 4 2 1 8
A 1 5 B = 4 2 1 8 + 2 C D 3
Somando as unidades 8 + 3 = 11 → B = 1; 1 + 1 + D = 
5 → D = 5 – 1 – 1 → D = 3 → 2 + C = 11 → C = 
11 – 2 → C = 9 → 1 + 4 + 2 = A → A = 7
1 < 3 < 7 < 9
B < D < A < C
2. Resposta: Letra A.
Um número é divisível por 4, quando seus dois alga-
rismos são 00 ou quando formam um número divisível 
por 4. Vamos enumerar todos os múltiplos de 4: 24, 
28, 32, 36, 40, 44, 48, 52, 56, 60, 64, 68, 72, 76, 78.
Retirando os múltiplos de 6 menores que 60 temos: 
24, 36 e 48 (3 ao todo)
Logo: 15 – 3 = 12
3. Resposta: Letra A.
Mulheres: x
Homens: y
Somando as duas equações:
Mmc (3,4)=12
-5y = - 160
y = 32
x = 24
razão de mulheres pra homens:
4. Resposta: Letra E.
C = 900 ; i = 10% a.m=0,10 ; t = 2m ; pagou 2 meses 
depois R$ 600,00 e liquidou após 1 mês
M=C(1+i)t
M=900(1+0,1)2→M=1089,00
Depois de dois meses João pagou R$ 600,00.
1089-600=489
M=489(1+0,1)1=537,90
5. Resposta: Letra B.
M = C. (1 + i)t
C = 45.000
i = 0,02
--------------------
C = 135.000
i= 0,08
45.000 (1+ i)t = 135.000 (1 + i)t
45.000 (1 + 0,2)t = 135.000 (1 + 0,08)t
45.000 (1,2)t = 135.000 (1,08)t
135.000/45.000 = (1,2/1,08)t
3 = (10/9)t
log3 = t.log (10/9)
0,48 = (log10 - log9).t
0,48 = (1 - 2log3).t
0,48 = (1 - 2.0,48).t
0,48 = (1 - 0,96).t
0,48 = 0,04.t
t = 0,48/0,04
t = 12
6. Resposta: Letra D.
Sabemos que no resultado da soma, U é o algarismo 
das dezenas e E é o algarismo das unidades. Sendo as-
sim, esse resultado numericamente será 10U + E. Nas 
parcelas da soma, U é o algarismo das unidades e E é 
o algarismo das dezenas, assim:
3U + 10E = 10U + E
10E - E = 10U - 3U
9E = 7U.
Os números 7 e 9 são primos entre si, por isso a igual-
dade acima só será verdadeira se E = 7 e U = 9.
Verificando:
9 + 9 + 79 = 97.
Então somando:
E + U = 9 + 7 = 16
50
BA
N
CO
 D
O
 B
RA
SI
L
7. Resposta: Letra D.
De acordo com os elementos do conjunto “B”, pode-
mos deduzir que um dos elementos do conjunto “A” 
tem que ser necessariamente o “zero”. (faltam agora 
achar os outros 4 elementos do conjunto “A”), pois dos 
elementos formados pelos produtos dos 3 elementos 
de A, correspondem a 10 números, mas o conjunto B 
é formado apenas por 5.
Como temos no conjunto “B” os números simétricos 
“30” e “-30”, significa que teremos também dois nú-
meros simétricos no conjunto “A”.
Vamos pegar os números “30”, “20” e “12” e tirar o 
mínimo múltiplo comum (mmc)
30 20 12 | 2
15 10 6 | 2
15 5 3 | 3
 5 5 1 | 5
 1 1 1 
Na última coluna, temos exatamente os 4 elementos 
que estamos procurando. agora, o número que é si-
métrico é justamente o que aprece duplicado que é o 
2. Logo teremos
A = ( -2, 0, 2, 3, 5), somando todos os elementos obte-
mos como resultado 8.
8. Resposta: Letra B.
0,8 pv = 1,04 pc
1 pv = x pc
0,8 x = 1,04
x = 1,04 / 0,8
x = 1,3, ou seja, 30%
9. Resposta: Letra B.
Os termos formam uma P.G. infinita de razão q = 2(-x), 
pois {4(-x)}/{2(-x)} = {8(-x)}/{4(-x)} = 2(-x)
A soma da P.G. infinita é S=a1/(1-q)
a1 = 2(-x)
q = 2(-x)
S = 1/4 (pelo enunciado)
Logo, 1/4 = 2(-x)/ {1- 2(-x)}
4. 2(-x) = 1 - 2(-x)
5. 2(-x) = 1
2(-x) = 1/5
2(x) = 5
x = log{2} 
10. Resposta: Letra A.
Entre 22 a 82 temos os seguintes múltiplos de 4:
24, 28, 32, 36, 40, 44,

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.