A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Lesões ósseas inflamatórias part 3

Pré-visualização | Página 1 de 1

Radiação: 
Complicação resultante de radioterapia de cabeça e 
pescoço. 
Danos Vasculares → Hipóxia → Comprometimento 
da cicatrização óssea → Predisposição à Necrose 
após Infecções/Traumas 
A radiação causa diminuição da irrigação local, que é 
resultado da fibrose microvascular e consequente 
hipóxia tecidual. Além disso, a radiação também é 
capaz de provocar danos às células formadoras do 
tecido ósseo, o que, por sua vez, resulta em 
hipocelularidade. Como consequência, o tecido ósseo 
envolvido tem capacidade prejudicada de responder a 
algum estímulo, podendo sofrer perda tecidual e 
necrose coagulativa por falta de irrigação, sendo 
incapaz de neoformar. Apesar de essa lesão não ser 
obrigatoriamente causada por microrganismos, estes 
podem estar envolvidos secundariamente via 
exposição óssea ou mesmo pela baixa capacidade de 
resposta celular. 
Como fatores predisponentes, encontram-se 
exodontias, doença periodontal e periapical e 
traumatismos presentes durante e após o tratamento 
radioterápico 
Dor pulsátil; 
Destruição da Cortical; 
Exposição do osso; 
Fratura Patológica 
VER SLIDE 25 E 26;

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.