A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
208 pág.
Poder e religiosidades no Ocidente Medieval

Pré-visualização | Página 1 de 50

Poder e Religiosidades 
no 
Ocidente Medieval
Copyright © 2019, Anny Barcelos Mazioli; Karla Constancio de Souza (org.).
Copyright © 2019, Editora Milfontes.
Av. Adalberto Simão Nader, 1065/ 302, República, Vitória, ES.
Compra direta e fale conosco: https://editoramilfontes.com.br
Distribuição nacional em: www.amazon.com.br
editor@editoramilfontes.com.br
Brasil
Editor Chefe
Bruno César Nascimento
Conselho Editorial
Prof. Dr. Alexandre de Sá Avelar (UFU) 
Prof. Dr. Arnaldo Pinto Júnior (UNICAMP) 
Prof. Dr. Arthur Lima de Ávila (UFRGS) 
Prof. Dr. Cristiano P. Alencar Arrais (UFG) 
Prof. Dr. Diogo da Silva Roiz (UEMS) 
Prof. Dr. Eurico José Gomes Dias (Universidade do Porto) 
Prof. Dr. Hans Urich Gumbrecht (Stanford University) 
Profª. Drª. Helena Miranda Mollo (UFOP) 
Prof. Dr. Josemar Machado de Oliveira (UFES) 
Prof. Dr. Júlio Bentivoglio (UFES) 
Prof. Dr. Jurandir Malerba (UFRGS) 
Profª. Drª. Karina Anhezini (UNESP - Franca) 
Profª. Drª. Maria Beatriz Nader (UFES) 
Prof. Dr. Marcelo de Mello Rangel (UFOP) 
Profª. Drª. Rebeca Gontijo (UFRRJ) 
Prof. Dr. Ricardo Marques de Mello (UNESPAR) 
Prof. Dr. Thiago Lima Nicodemo (UERJ) 
Prof. Dr. Valdei Lopes de Araújo (UFOP) 
Profª. Drª Verónica Tozzi (Univerdidad de Buenos Aires)
Anny Barcelos Mazioli
Karla Constancio de Souza
(Organizadoras)
Poder e Religiosidades 
no 
Ocidente Medieval
Editora Milfontes
Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta obra poderá ser 
reproduzida ou transmitida por qualquer forma e/ou quaisquer meios 
(eletrônico ou mecânico, incluindo fotocópia e gravação digital) sem a 
permissão prévia da editora.
Revisão
De responsabilidade exclusiva dos organizadores
Capa
Imagem da capa: 
Uta de Ballenstedt (1000-1046)
Autor: não citado, logo, tenho declarado que não existe intenção de violação de 
propriedade intelectual
Bruno César Nascimento - Aspectos
Projeto Gráfico e Editoração
Weverton Bragança do Amaral
Impressão e Acabamento
GM Gráfica e Editora
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
P742 Poder e religiosidades no Ocidente Medieval/ Anny Barcelos Mazioli, Karla
 Constancio de Souza (organizadoras).
 Vitória: Editora Milfontes, 2019.
 208 p. : 20 cm
 
 Inclui Bibliografia. 
 ISBN: 978-85-94353-54-2
 Disponível em: www.editoramilfontes.com.br/publicações
 1. Religiosidades 2. Medievo ocidental 3. Poder. I. Mazioli, Anny 
 Barcelos II. Souza, Karla Constancio de III. Título.
 
CDD 909.3
Sumário
Prefácio ...................................................................................................7
Pobreza, periferia e exclusão: as relações entre lugar geográfico e 
lugar social na Ordem Franciscana ....................................................11
Ana Paula Tavares Magalhães
Corpo e religiosidade em debate: um panorama da literatura 
confessional ............................................................................................31
Anny Barcelos Mazioli
“Porque os judeus crucificavam uma imagem de cera, semelhante a 
seu filho”: uma análise da profanação sacrílega de elementos sagrados 
nas cantigas de Santa Maria ................................................................61
Ingrid Alves Pereira
O sacrifício ritual do Kidush HaShem na Lei judaica: entre a proibição, 
a exceção e a regra .................................................................................77
Karla Constancio de Souza
A organização social das comunidades judaicas no Reino de Castela 
(séc. XI-XIII) ..........................................................................................117
Kallen Jacobsen Follador
Do maleficium à bruxaria: a disseminação do medo no contexto de 
transição entre o medievo e a modernidade europeia. ...................139
Ludmila Noeme Santos Portela
Sexualidade exacerbada: aspectos da malignidade feminina na 
representação da bruxa tardo-medieval ............................................169
Roni Tomazelli
Escrituras sagradas e ecologia: não destruirás ..................................189
Sergio Alberto Feldman
Anny Barcelos Mazioli e Karla Constancio de Souza (org.)
7
Prefácio
Esta obra é resultado das discussões ocorridas durante o 
I Simpósio de Estudos Medievais: poder e religiosidades em debate, 
organizado pelos membros do Laboratório de Estudos Tardo Antigos e 
Medievais Ibéricos / Sefaradis (Letamis). O laboratório foi fundado em 
2017 sob coordenação do Professor Doutor Sérgio Alberto Feldman, 
tendo contado com a assistência de seus orientandos de pesquisa 
envolvidos com a produção historiográfica sobre o período medieval 
na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).
Além do coordenador, são membros deste laboratório 
alunos do curso de História e pesquisadores mestres e doutores que 
desenvolvem trabalhos nas áreas de História Tardo Antiga e História 
Medieval, com ênfase nas relações entre os poderes estabelecidos, em 
especial as monarquias e a Igreja Católica, e as minorias – hereges, 
judeus, leprosos, muçulmanos prostitutas, homossexuais, bruxas 
e demais grupos sociais/religiosos que se apresentem como uma 
alteridade, contrapondo-se aos grupos dominantes. Os trabalhos 
concentram-se, sobretudo, no território da Península Ibérica, mas não 
estão restritos apenas a este recorte, podendo margear, intercambiar 
ou relacionar-se a diversos espaços do ocidente cristão medieval. 
O Letamis conta, ainda, com a participação de colaboradores 
nacionais e internacionais que possibilitam o compartilhamento 
contínuo de ideias, garantindo que as pesquisas desenvolvidas estejam 
em consonância com as discussões historiográficas em voga nos 
principais centros brasileiros e mundiais acerca da Idade Média e suas 
peculiaridades.
O I Simpósio organizado pelo Letamis significou a 
concretização de um desejo latente em seus integrantes: levar as 
pesquisas em curso e as discussões internas para fora das paredes 
Poder e Religiosidades no Ocidente Medieval
8
do laboratório, propondo a abertura do diálogo com alunos e 
historiadores não apenas interessados em estudar a Idade Média, mas 
também no fazer historiográfico que é tão caro àquele que se dispõe a 
compreender realidades afastadas de nós, levantando as cortinas dos 
tempos a fim de desmistificar o que por trás do óbvio se esconde ou 
se insinua. 
Cada capítulo desta obra reflete, portanto, os esforços de 
pesquisa dos integrantes de um grupo plural, coeso e unido em torno 
da Idade Média. Além do recorte temporal, os textos possuem em 
comum também o viés temático inserido na perspectiva da História das 
Religiões. É bem sabido pelo senso comum, que o espaço medieval era 
inerentemente um espaço de religiosidade, de relação entre o profano 
e o sagrado, entre os homens e Deus. Neste contexto, tanto a religião 
dominante, o cristianismo, quanto os grupos periféricos conviviam a 
partir do estabelecimento de critérios de identidade que delimitavam 
as fronteiras entre o eu e os outros. Os princípios de alteridade e os 
mecanismos de exclusão eram intensos e atuantes nessa sociedade e a 
própria política caminhava de mãos dadas com a religião.
Trazemos neste livro, pois, discussões importantes acerca 
do próprio cristianismo e as relações de poder existentes no seio 
da Igreja Católica, como a questão da pobreza franciscana, seu 
estabelecimento, aceitação e dicotomias. A oposição de grupos 
minoritários ao cristianismo aparece sob as investigações relacionadas 
ao judaísmo e seu lugar de permanência/pertencimento, às acusações 
de sacrilégios supostamente cometidos pelas comunidades judaicas e 
ao sacrifício ritual judaico enquanto forma de resistência. O lugar das 
heresias revela-se nos estudos sobre a crença na bruxaria e seus efeitos 
sociais. As questões do corpo e da sexualidade compõem tabus sob 
os quais deseja-se esconder a mácula do desejo, oposição da matéria 
concupiscente frente à pureza e divindade do espírito. Todos estes 
temas, desenvolvidos ao longo da obra, permitem compreendermos

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.