A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Diagnóstico diferencial

Pré-visualização | Página 1 de 1

Diagnóstico diferencial
Transtorno de estresse pós traumático 
Quadros graves e prolongados de transtorno dissociativo
O transtorno psicótico agudo pode confundir-se com:
Podem preceder ou predispor as pessoas a apresentar
transtorno psicótico agudo/breve:
Transtornos ou traços de personalidade do grupo B 
Transtorno da personalidade esquizotípica
Traços de personalidade do tipo “psicoticismo”
Transtorno de
personalidade
borderline (TPB)
Transtorno de
personalidade
histriônica (TPH)
Transtorno de
personalidade
antissocial (TPA)
Transtorno de
personalidade
narcisista
1.
2.
3.
4.
Características - DSM 5
 Presença concomitante
de sintomas evidentes de esquizofrenia
(critérios A) associados a sintomas
suficientes para o diagnóstico de episódio
depressivo maior ou episódio
maníaco.
Características - CID-11
Presença sintomas requeridos para o
diagnóstico de esquizofrenia em conjunto
com sintomas típicos de um episódio de
depressão maior, de mania ou de episódio
misto.
Transtornos
esquizoafetivo
Duração -
DSM 5
No mínimo, duas
semanas de delírios ou
alucinações com
episódio depressivo
maior ou mania na maior
parte da duração total
do transtorno
 Esses conjuntos de
sintomas devem estar no
mesmo episódio,
simultaneamente, ou com
distância de poucos dias
entre eles. Além disso, a
concomitância de ter
duração de pelo menos
um mês.
 
RESUMOSe trata de um grupo de pacientes que não se enquadra
nem no campo da esquizofrenia, nem no campo de um 
 transtorno de humor grave. 
(Kasanin, 1933)
Há muitos estudos que buscam esclarecer tais psicoses
mescladas ou intermediárias.
(Lena et al.,2016)
Duração -
CID-11
Critérios A
Dois ou mais:
- Delírios
- Alucinações
- Discurso desorganizado
- Comportamento
grosseiramente
desorganizado ou
catatônico
- Sintomas negativos

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.