A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
68 pág.
SEMIOLOGIA-ESTÉTICA-1

Pré-visualização | Página 1 de 10

1 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
2 
 
SUMÁRIO 
1 INTRODUÇÃO ............................................................................................ 4 
2 INTRODUÇÃO A SEMIOLOGIA ESTÉTICA. .............................................. 5 
3 PELE ........................................................................................................... 6 
3.1 Embriologia da pele .............................................................................. 9 
3.2 Funções da pele ................................................................................. 10 
3.3 Outra função da pele: proteção contra radiações ultravioletas ........... 11 
3.4 Outra função da pele: termoregulação ............................................... 12 
3.5 Outra função da pele: secreção ......................................................... 13 
4 CAMADAS DA PELE ................................................................................ 15 
4.1 Epiderme ............................................................................................ 15 
4.2 Camadas da Epiderme ....................................................................... 16 
5 DERME ..................................................................................................... 24 
5.1 Camadas da derme ............................................................................ 25 
5.2 Estrutura da derme ............................................................................. 27 
6 HIPODERME ............................................................................................ 29 
7 ANEXOS CUTÂNEOS .............................................................................. 30 
7.1 Estruturas dos anexos cutâneos ........................................................ 31 
7.2 Aparelho pilossebáceo ....................................................................... 34 
7.3 Pelos .................................................................................................. 37 
7.4 Folículo piloso .................................................................................... 38 
7.5 Unhas ................................................................................................. 43 
8 INERVAÇÃO ............................................................................................. 45 
9 VASOS SANGUÍNEOS ............................................................................. 47 
10 VASOS LINFÁTICOS ............................................................................ 48 
11 MÚSCULOS DA PELE .......................................................................... 49 
 
3 
 
12 SEMIOLOGIA CUTÂNEA ...................................................................... 50 
12.1 Anamnese ....................................................................................... 50 
12.2 Fototipos de pele: ............................................................................ 52 
12.3 Tipos de pele ................................................................................... 52 
12.4 Fotoenvelhecimento ........................................................................ 58 
12.5 Graus de fotoenvelhecimento ......................................................... 60 
13 PROCEDIMENTOS MINIMAMENTE INVASIVOS NÃO CIRÚRGICOS 61 
14 CÓDIGO DE ÉTICA DA PROFISSÃO DE BIOMÉDICO ....................... 62 
14.1 Algumas considerações em relação a Biomedicina Estética .......... 64 
14.2 Algumas considerações em relação a Divulgação e Propaganda da 
Atividade Biomédica .............................................................................................. 65 
15 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ...................................................... 66 
16 BIBLIOGRAFIA SUGERIDA .................................................................. 67 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
4 
 
1 INTRODUÇÃO 
Prezado aluno! 
O Grupo Educacional FAVENI, esclarece que o material virtual é semelhante 
ao da sala de aula presencial. Em uma sala de aula, é raro – quase improvável - um 
aluno se levantar, interromper a exposição, dirigir-se ao professor e fazer uma 
pergunta, para que seja esclarecida uma dúvida sobre o tema tratado. O comum é 
que esse aluno faça a pergunta em voz alta para todos ouvirem e todos ouvirão a 
resposta. No espaço virtual, é a mesma coisa. Não hesite em perguntar, as perguntas 
poderão ser direcionadas ao protocolo de atendimento que serão respondidas em 
tempo hábil. 
Os cursos à distância exigem do aluno tempo e organização. No caso da nossa 
disciplina é preciso ter um horário destinado à leitura do texto base e à execução das 
avaliações propostas. A vantagem é que poderá reservar o dia da semana e a hora 
que lhe convier para isso. 
A organização é o quesito indispensável, porque há uma sequência a ser 
seguida e prazos definidos para as atividades. 
 
 
Bons estudos! 
 
 
 
 
 
 
5 
 
2 INTRODUÇÃO A SEMIOLOGIA ESTÉTICA. 
 
Fonte: ibeco.com.br 
 
Desde a antiguidade até os dias atuais, observa-se grande preocupação com 
a beleza e a estética. Todas as bibliografias consultadas mostram que o conceito de 
beleza e “estética” é definida como estudo racional do belo. A partir deste conceito, e 
com a evolução dos tratamentos estéticos, cresceu a demanda de tratamentos 
específicos para o corpo ou para face. 
A medicina e a tecnologia proporcionam um aumento de longevidade, porém 
após uma determinada idade, são inevitáveis as marcas do tempo, as rugas, manchas 
e a flacidez facial acometem a todos, sem exceções. (CARDOSO, 2006) 
Nas últimas décadas, a indústria da beleza investiu milhões de dólares em 
tecnologia, oferecendo tratamentos estéticos corporais e faciais, aliados aos produtos 
cosméticos, para proporcionar às pessoas esses resultados tão desejados, que não 
visam apenas a busca de um corpo bonito ou perfeito, mas também uma melhora da 
auto-estima e da qualidade de vida. 
A finalidade dos tratamentos faciais é restabelecer a hidratação e o viço da 
pele, clarear manchas, atenuar rugas e flacidez, entre outros, que são causados por 
fatores fisiológicos como, estresse, menopausa e climatério, fatores externos como 
sol, vento, frio, poluição e má alimentação 
 
6 
 
O corpo é revestido por um delicado manto protetor chamado pele. Ela é o 
maior órgão humano, sua extensão corresponde a uma área de dois metros 
quadrados. Constitui-se no mais pesado órgão vital, sendo o reflexo da alma e da 
saúde. 
Portanto, ao iniciarmos o estudo da semiologia estética, a pele se torna o pivô 
de todo o desenvolvimento de nossa diligência. Como comenta Janaine Goosens 
(2004, p.43-44), referência em estética e beleza no Brasil: 
 
Embora o envelhecimento da pele seja irreversível, a ciência, a 
medicina, a estética oferece vários recursos para frear a sua degradação. A 
beleza da pele é um dos principais atributos da nossa aparência. Para mantê-
la saudável, com qualidade e viço, devemos tratá-la com cuidados 
específicos para cada tipo. 
3 PELE 
 
Fonte: daquidali.com.br 
 
A pele ou cútis é o manto de revestimento do organismo, indispensável à vida 
e que isola os componentes orgânicos do meio exterior. Embora a pele desempenhe 
diversas funções vitais de comunicação e controle que garantem a homeostase do 
organismo, por muitos anos este órgão foi considerado apenas uma barreira contra 
agentes externos. 
http://www.daquidali.com.br/
 
7 
 
A pele representa mais de 15% do peso corpóreo. Toda a sua superfície é 
constituída por sulcos e saliências, particularmente acentuadas nas regiões 
palmoplantares e nas extremidades dos dedos, onde sua disposição é absolutamente 
individual e peculiar, permitindo não somente sua utilização na identificação dos 
indivíduos por meio da datiloscopia, como também a diagnose de enfermidades 
genéticas, pelas impressões palmoplantares,

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.