A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
APS de Clinica de Diagnostico Bucal.rtf

Pré-visualização | Página 1 de 1

Aluno:Iuli de Lima Arruda RA: 5723717
Curso: Odontologia Turno: Noturno
Disciplina: Clinica de Diagnostico Bucal
1) Pesquisar as diferentes lesões ulceradas e vesicobolhosas, suas
manifestações clínicas e formas de tratamento.
2) Criar dois casos clínicos que envolvem o diagnóstico e o tratamento de
lesões ulceradas e vesicobolhosas.
Caso 1
Paciente R.L.A, sexo masculino, branco residente em São Paulo, relata que há 9
meses apresentou coceira, com aumento de secreção quando acorda.Relatou
também o aparecimento de feridas bucais dolorosas em toda a zona interna da
boca. Há 6 meses surgiram feridas na pele dolorosas e que causam prurido,
iniciadas na face e braços e , e depois passaram a ser espalhadas por todo o
corpo, incluindo na região genital. As mesmas se iniciaram como vesículas
bolhosas que se romperam e formaram crostas. Acompanhando o aparecimento
dessas lesões corporais houve piora do quadro com eliminação de secreção
amarelada.
Diagnostico: Pênfico Vulgar
Tratamento: Corticoterapia sistêmica - Prednisona 1 a 2 mg/Kg/dia de acordo
com a gravidade.
Não havendo melhora depois de 7 a 10 dias: associar a uma medicação
imunossupressora (Azatioprina, micofenolato mofetil, ciclofosfamida)
Doentes sem melhora significativa: pulsoterapia com ciclofosfamida EV
Munoglobulina venosa
Plasmaferese (p/ diminuição de anticorpos circulantes)
Sulfona (quadros leves ou lesões mucosas resistentes, adjuvante à
corticoterapia sitêmica)
Dose de prednisona mantida até cicatrização e depois reduzida lentamente.
Caso 2
Paciente Y.L.T do sexo feminino, 27 anos, pardo, estudante, residente do Ceará
procurou a Unidade Básica de Saúde referindo prurido intenso na região perioral
inferior direita há 4 dias acompanhado de febre e mal-estar geral. Assim, informa
que há 3 dias manifestou pequena ferida no local do prurido. Relata suspeitar
que o ocorrido procede após ter se envolvido com um colega que apresentava a
mesma lesão na boca. Nega alergias e outras comorbidades.
Diagnostico: Herpes Simples
Tratamento: Aciclovir, na dose de 200 mg, 5 vezes ao dia, por 5 dias, podendo
ser estendida nas primo-infecções. Em imunocomprometidos, a dose pode ser
duplicada.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.