A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
Seleção de acervo / Levantamento bibliográfico - Formação e Desenvolvimento do Acervo (FDA)

Pré-visualização | Página 1 de 3

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS 
ESCOLA DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO 
CURSO DE BIBLIOTECONOMIA - 4° PERÍODO 
DEPARTAMENTO: ORGANIZAÇÃO E TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO 
DISCIPLINA:​ FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE ACERVO 
 
 
 
 
 
 
 
 
LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO: 
Seleção coleções de Biblioteca especializada 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Lucas Thiago Dias Leite 
Yago Henrique Andrade Almeida 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Belo Horizonte 
2021 
 
 
Biblioteca escolhida: ​Biblioteca de Filosofia (especializada em Estudos de 
Gênero). 
1. Apresenta critérios detalhados para seleção de acervos de acordo com: 
● conteúdo; 
○ características do assunto ou do material objeto da seleção; 
○ seleção centrada no nível mediano (entre o simples e o complexo); 
○ autoridade; 
○ precisão; 
○ imparcialidade; 
○ atualidade; 
○ cobertura/tratamento. 
● usuários; 
○ comunidade a ser atendida; 
○ necessidades de informação; 
○ conveniência; 
○ idioma; 
○ relevância; 
○ estilo. 
● atributos específicos; 
○ Qualis - CAPES; 
○ características físicas do documento; 
○ aspectos especiais; 
○ custo. 
● atributos não contemplados neste trabalho: 
○ responsabilidade da seleção: individual e coletiva. 
2. De acordo com esses critérios, selecione os seguintes itens: 
● Itens: 
○ 1 periódico; 
○ 3 livros; 
○ 1 anais de evento (de acordo com área de conhecimento a qual a 
biblioteca pertence); 
 
 
○ 1 dissertação ou tese. 
3. Apresente o Título e a referência bibliográfica de acordo com a norma NBR 
6023. Escreva um resumo descritivo de cada item. Apresente os critérios de 
seleção que levaram à escolha do item. Por fim coloque a estratégia de 
aquisição. Siga o modelo da página seguinte: 
Periódico: 
 
Título (NBR 6023) REVISTA ESTUDOS FEMINISTAS. Florianópolis: 
Universidade Federal de Santa Catarina, 1992- . ISSN 
1806-9584 versão ​online​. DOI 
10.1590/1806-9584-2020v28n378213. Disponível em: 
https://periodicos.ufsc.br/index.php/ref/issue/view/3091. 
Acesso em: 30 jan. 2021. 
Resumo “A Revista Estudos Feministas foi criada em 1992, tendo 
sido inicialmente editada pela Coordenação 
Interdisciplinar de Estudos Contemporâneos da Escola de 
Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. 
Num segundo momento, o Programa de Pós-Graduação 
em Ciências Sociais e o Instituto de Filosofia e Ciências 
Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro 
assumiram a responsabilidade pela edição da Revista. A 
partir de 1999, passou a ser sediada pelo Centro de 
Filosofia e Ciências Humanas e pelo Centro de 
Comunicação e Expressão da Universidade Federal de 
Santa Catarina. Atualmente, está integrada ao Instituto de 
Estudos de Gênero, órgão que agrega pesquisadoras 
oriundas de distintas áreas de conhecimento e atuação 
da UFSC, tendo como denominadores comuns os 
estudos feministas e a perspectiva de gênero.” [texto 
retirado da referência acima]. 
Critérios de 
seleção 
1. conteúdo; 
características do assunto (revista sobre estudos 
feministas, incluída nos estudos de gênero); 
autoridade (alto nível qualis); 
precisão (periódico especializado no assunto); 
imparcialidade (periódico de universidade federal 
brasileira); 
atualidade (periódico ainda em publicação); 
 
 
 
Livro 1: 
 
cobertura (ampla divulgação de textos sobre 
estudos de gênero); 
2. usuários; 
comunidade a ser atendida (pesquisadores, 
professores e graduandos em filosofia e outras 
Artes Liberais); 
necessidades de informação (fontes de informação 
sobre estudos de gênero); 
conveniência (acesso livre online); 
idioma (português brasileiro); 
3. atributos específicos. 
Qualis - CAPES (A2); 
Custo (gratuito). 
Aquisição Aquisição via internet. Periódico sob Acesso aberto e livre 
de custos. 
Título (NBR 6023) FOUCAULT, Michel. ​História da Sexualidade 1​: a 
vontade de saber. 13° ed. Rio de Janeiro: Edições Graal, 
1998. 
Resumo “Ao longo dos anos 1970, Michel Foucault dedicou seu 
trabalho no Collège de France à análise do lugar da 
sexualidade na sociedade ocidental. Sua reflexão 
encontrou no sexo e na sexualidade a causa de todos os 
acontecimentos da vida social. O filósofo empreendeu 
uma pesquisa histórica, estabelecendo uma antropologia 
e uma análise dos discursos acerca desse tema tão 
fundamental para a condição humana. A vontade de 
saber mostra que a sexualidade não foi reprimida com o 
capitalismo, depois de ter vivido em liberdade. Sua 
hipótese é que, desde o século XVI — processo que se 
intensifica a partir do século XIX —, o sexo foi incitado a 
se manifestar por uma vontade de saber sobre a 
sexualidade,que é peça das estratégias de controle dos 
indivíduos e das populações características das 
 
 
 
Livro 2: 
 
sociedades modernas.” [resumo comercial fornecido pela 
fornecedora] 
Critérios de 
seleção 
4. conteúdo; 
características do assunto (revisão de literatura e 
pesquisa história sobre a história da sexualidade 
humana); 
autoridade (autor reconhecido na área); 
precisão (assunto concernente aos estudos de 
gênero); 
imparcialidade (obra datada e geolocalizada na 
Europa do século 20); 
atualidade (obra clássica da Filosofia e das Artes 
Liberais); 
cobertura (pesquisa história sobre a história da 
sexualidade dos povos na europa ocidental, em 
especial dos povos gregos); 
5. usuários; 
comunidade a ser atendida (pesquisadores, 
professores e graduandos em filosofia e outras 
Artes Liberais); 
necessidades de informação (fontes de informação 
sobre estudos de gênero); 
conveniência (livro a preço acessível); 
idioma (português brasileiro); 
6. atributos específicos. 
custo (R$34,90). 
Aquisição Compra, valor: R$34,90. Fornecedor: Lojas Magazine 
Luiza. Link de acesso (​clique aqui​). 
Título (NBR 6023) BUTLER, Judith. ​Problemas de gênero:​ feminismo e 
subversão da identidade. [​S.l​]: Civilização Brasileira, 
2003. 
https://www.magazineluiza.com.br/livro-historia-da-sexualidade-a-vontade-de-saber-vol-1/p/221876300/li/lira/?&force=2&seller_id=magazineluiza&&utm_source=google&utm_medium=pla&utm_campaign=&partner_id=58962&gclid=CjwKCAiApNSABhAlEiwANuR9YKhv_2zpAC_TML-ZjYkXQBWFPP9fxTvbaxoTq-hULv57sUQIZaV9jBoCN-8QAvD_BwE
 
 
Resumo "Feminismo e subversão da identidade. O livro que 
fundou a Teoria Queer com nova capa e atualização 
ortográfica Neste livro inspirador, que funda a Teoria 
Queer, Judith Butler apresenta uma crítica contundente a 
um dos principais fundamentos do movimento feminista: a 
identidade. Para Butler, não é possível que exista apenas 
uma identidade: ela deveria ser pensada no plural, e não 
no singular. Ou ainda, não é possível que haja a 
libertação da mulher, a menos que primeiro se subverta a 
identidade de mulher. Com essa formulação radical, 
Judith Butler interroga também a categoria de 
heterossexualidade, de forma a relançar a oposição sexo 
e gênero em novas coordenadas e em outras linhas de 
força, nas quais podemos nos aprofundar em perguntas 
como: o que é ser homem e o que é ser mulher?; o que 
faz um homem ser homem e o que faz de uma mulher 
uma mulher? Questões cuja ampliação contemplaria a 
multiplicidade de sexualidades, tão visíveis na 
contemporaneidade. Problemas de gênero é o primeiro 
livro de Butler publicado no Brasil. Lançado na década de 
1990 nos Estados Unidos, esse livro escrito de forma 
provocativa e pouco usual no meio acadêmico contribuiu 
de forma decisiva para a renovação crítica do 
pensamento feminista na atualidade." [resumo comercial 
fornecido

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.