Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Histologia do Sistema Respiratório

Pré-visualização | Página 1 de 1

. Histologia do Sistema Respiratório .
O sistema respiratório é dividido funcionalmente:
a. porção condutora:conduz o ar de fora
para o corpo para os pulmões, as vias
condutoras umedecem, filtram,
aquecem,protegem, olfato o ar.
Estruturas: nariz, seios nasais, faringe, laringe
órgão fonador, na traqueia que se divide em
brônquios e bronquíolos de tamanhos decrescentes, e
no bronquíolo terminal
b. porção respiratória: onde ocorre a troca
gasosa entre o ar e sangue, fornecendo o
O2 obtido do ar e removendo o excesso de
CO2 da corrente sanguínea.
Estruturas: bronquíolos respiratórios, que se
ramificam em ductos alveolares e alvéolos
pulmonares , nos quais ocorrem a troca de gases
com capilares adjacentes.
➸Epitélio pseudoestratificado colunar ciliado com
células caliciformes secretoras de muco reveste a
mucosa das vias aéreas superior da porção
condutora, esse é o epitélio respiratório, adequado
para a proteção e purificação das vias, com a
remoção de materiais particulados
● Cílios batem de maneira rítmica em
direção a cavidade oral, de modo que o
muco possa ser expelido ou deglutido.
● Glândulas mucosas e serosas,liberam suas
secreções na superfície mucosa para
auxiliar na captura de materiais
particulados, lubrificação e umidificação.
Cavidades nasais e seios paranasais
Cada cavidade nasal é um espaço estreito posterior
que se comunicam através de um pequeno orifício
-o cóano- com a nasofaringe. A área é
aumentada pelas conchas nasais que são cobertas
por mucosa respiratória
- O epitélio pseudoestratificado colunar
ciliar da mucosa possui abundantes
quantidades de células caliciformes.
- as glândulas seromucosas que se estendem
da lâmina própria subjacente e estão
conectadas à superfície através de
pequenos ductos.
- uma extensa e tortuosa rede de seios
venosos (veias de paredes delgadas) se
encontram na lâmina propria.
- Contém 3 tipos de células que
predominam o epitélio respiratório:
a. células basais , servem como
reserva , as quais substituem
continuamente outras células que
são descamadas , são pequenas e
arredondadas em monocamada e
dispostas sobre a lâmina basal.
b. células ciliadas, estão apoiadas
sobre a lâmina basal e estendem
até a superfície ,possuem uma
região apical ampla.
c. células caliciformes, produzem e
secretam muco .
.
Epiglote
Estrutura que recobre a laringe , peça formada
por cartilagem elástica, sua superfície lingual é
revestida por um epitélio estratificado pavimentoso
não queratinizado. Esse epitélio se estende até a
superfície laríngea da epiglote, ao longo dessa
superfície para baixo , ocorre a zona de transição,
na qual o epitélio se torna estratificado cilíndrico
e em seguida, pseudoestratificado cilíndrico ciliado
com células caliciformes , o epitélio respiratório
As glândulas seromucosas são encontradas na
peça de cartilagem elástica ou próxima à mucosa
de revestimento da superfície inferior, na mucosa a
lâmina própria de tecido conjuntivo frouxo abaixo
. Histologia do Sistema Respiratório .
do epitélio contém vasos sanguíneos e linfáticos ,
nervos e células do tecido conjuntivo.
Superfície lingual(fica de frente para a língua):
estratificado pavimentoso não queratinizado
zona de transição: estratificado cilíndrico
pseudoestratificado cilíndrico/colunar ciliado com
células caliciformes.
Cartilagem elástica e o pericôndrio que adere
firmemente à lâmina própria
Laringe e cordas vocais
Sua parede é formada por cartilagem hialina e
elásticas unidas por tecido conjuntivo e associadas
a músculos esqueléticos.
A mucosa da laringe possui dois conjuntivo de
pregas
● pregas vestibulares (ou falsas) e pregas
vocais (ou verdadeiras)
As pregas vocais contém feixes de fibras elásticas
na sua lâmina própria e o epitelial estratificado
pavimentoso não queratinizado.
- A mucosa da laringe é composta por pelo
epitélio respiratório.
epitélio respiratório
Corda vocal (verdadeira)
. Histologia do Sistema Respiratório .
Traqueia
A face anteolateral externa da árvore
traqueobronquial contém 16-20 anéis de
cartilagem hialina em formato de c , que
proporciona rigidez e mantém o formato, com
envelhecimento podem sofrer calcificação.
Posteriormente, os anéis são unidos por uma
membrana que contém músculo traqueal (m. liso).
O epitélio respiratório (pseudoestratificado colunar
ciliado com células caliciformes) reveste o lúmen e
apoia sobre a lâmina basal .
a. camada mucosa é composta pelo epitélio
respiratório e a lâmina própria.
b. camada submucosa , possui glândulas
seromucosas e tecido conjuntivo denso
c. a terceira camada/túnica corresponde aos
anéis de cartilagem hialina e o
pericôndrio.
d. a camada/túnica mais externa é a
adventícia constituída por tecido
conjuntivo frouxo contendo pequenos vasos
sanguíneos e nervos.
Brônquios
Em brônquios principais as peças de cartilagem e
de músculo liso possuem a mesma configuração
como na traqueia. Em brônquios menores , as
peças de cartilagem assumem o formato de placas
irregulares.
As glândulas seromucosas brânquias na mucosa ,
situadas acima da peça de cartilagem , seus
ductos conduzem para a superfície.
glândula serosa: secreta proteínas;
glândula mucosa: secreta o muco.
Bronquíolos terminais e respiratórios
Os bronquíolos maiores, ramificados dos brônquios
terciários , possuem uma mucosa revestida por um
epitélio simples cilíndrico com células ciliadas, as
células caliciformes são substituídas por células de
Clara, não existe glândulas associadas , contém
músculo liso em disposição helicoidal.
o tecido conjuntivo frouxo da túnica adventícia é
continuo com o estroma dos alvéolos pulmonares.
● células de clara: são células cilíndricas
não ciliadas exclusivas dos bronquíolos,
são excretoras que liberam seus produtos
diretamente no lúmen dos bronquíolos;
acredita que tenha desempenhado um
papel anti-inflamatório.
Secreta uma substância surfactante , que degrada
o muco nos segmentos, inibidor de proteases de
leucócitos e isoenzimas …
. Histologia do Sistema Respiratório .
Alvéolos pulmonares
são pequenas invaginações saculiformes dos
brônquios respiratório, ductos alveolares e sacos
alveolares.
os septos interalveolares demarcam e separam os
alvéolos adjacentes, contém capilares.
Barreira hematoaérea
as trocas gasosas entre o sangue o ar ocorrem em
uma região altamente especializada dos septos
interalveolares- a barreira hematoaérea ou
barreira alveolocapilar- e facilmente permeável aos
gases via difusão, ela inclui o endotélio atenuado
dos capilares pulmonares, os pneumócitos do tipo I
que reveste os alvéolos e suas lâminas basais, uma
delgada camada de surfactante produzida por
pneumócitos do tipo II , que previne o colapso dos
alvéolos facilitando o enchimento durante a
inspiração.
Vestíbulo Nasal:
Tecido epitelial estratificado pavimentoso.
O epitélio olfatório:
‘‘ neuroepitélio colunar pseudoestratificado,
formado por três tipos celulares”
Junqueira e Carneiro, Capítulo 17