A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
ATIVIDADE 2 FUNDAÇÕES EAD

Pré-visualização | Página 1 de 2

Usuário RENATA SILVA
Curso SIM0465 FUNDAÇÕES EAD - 202120.123883.05
Teste ATIVIDADE 2 (A2)
Iniciado 04/11/21 12:52
Enviado 09/11/21 08:07
Status Completada
Resultado da tentativa 9 em 10 pontos 
Tempo decorrido 115 horas, 15 minutos
Resultados exibidos Respostas enviadas, Respostas corretas, Comentários
Pergunta 1
Resposta Selecionada: 
Resposta Correta: 
Comentário
da resposta:
As fundações rasas podem ser blocos, sapatas e radiers. Cada um possui características
específicas e é recomendado, por exemplo, de acordo com a carga que irá receber ou o
tipo de solo envolvido. As sapatas são fundações que podem ser flexíveis ou rígidas. As
flexíveis são mais raras, enquanto as rígidas são mais comuns. Elas podem ser
classificadas, ainda, conforme o tipo. 
Com base nisso e em nosso material de estudos sobre as fundações diretas, quais são os
tipos mais comuns de sapatas?
Isolada, corrida, associada e alavancada.
Isolada, corrida, associada e alavancada.
Resposta correta: temos, na verdade, sapatas corridas, associadas e
isoladas. As sapatas corridas estão sujeitas à ação de uma carga distribuída
linearmente, enquanto as associadas também são conhecidas
como radiers 
parciais. Nesse tipo de sapata, há vários pilares, cujos centros, em planta,
não estão situados em um mesmo alinhamento. Já as sapatas isoladas
ficam separadas e são ligadas por meio de vigas baldrames. Por fim, a
sapata alavancada é utilizada quando a base da sapata não coincide com o
centro de gravidade do pilar.
Pergunta 2
As fundações rasas são as que se apoiam sobre o solo em uma profundidade de até três metros. O
dimensionamento dessa fundação pode ser feito a partir da tensão admissível do solo. Os blocos
podem assumir forma escalonado, pedestal ou tronco de cone. Já o radier é uma placa ou laje de
concreto armado que abrange todos os pilares. Por fim, mas não menos importante, as sapatas se
apresentam com altura menor do que os blocos. 
 
Assim sendo, considerando nossos estudos a respeito do assunto, analise as afirmativas a seguir e
marque V para as verdadeiras e F para as falsas. 
 
I. ( ) O bloco é uma fundação direta feita em concreto. O dimensionamento dessa estrutura leva
em consideração que as tensões produzidas nele são resistidas pelo concreto. 
II. ( ) O radier 
é outro elemento de fundação superficial. Nessa fundação, todos os pilares ou carregamentos
ficam contidos na placa/laje de concreto. 
III. ( ) A pressão admissível (tensão admissível) ou o conceito de coeficientes de segurança
parciais são dois modos utilizados para a realização do dimensionamento de uma fundação
1 em 1 pontos
1 em 1 pontos
Resposta Selecionada: 
Resposta Correta: 
Comentário
da resposta:
superficial. 
IV. ( ) O bloco é um tipo de sapata. Normalmente, essa fundação é uma placa de concreto com
espessura entre 10 e 20 centímetros. 
 
Agora, assinale a alternativa com a sequência correta.
V, V, V, F.
V, V, V, F.
Resposta correta: as fundações rasas também são conhecidas como superficiais e
diretas. São tipos de fundações diretas a sapata, o bloco e o radier. As sapatas
produzem tensões de tração que são resistidas, principalmente, pela armadura
que esse elemento possui. Ao contrário das sapatas, os blocos têm as tensões de
tração nele produzidas resistidas pelo concreto. Esse tipo de fundação pode ser
executado sem armadura ou com pouca armadura. Outro elemento de fundação
rasa é o radier, que é semelhante a uma laje de concreto e abrange todos os
pilares da edificação. Esse elemento recebe e distribui, no mínimo, 70% do
carregamento que vem da estrutura. O dimensionamento desses elementos
podem ser realizados, por exemplo, a partir da tensão admissível ou do cálculo,
empregando-se fatores de segurança parciais.
Pergunta 3
Resposta Selecionada: 
Resposta Correta: 
Comentário
da resposta:
As sapatas podem assumir diversos formatos, como ser quadradas, retangulares, trapezoidais etc.
Em planta, as sapatas quadradas possuem as mesmas dimensões em qualquer que seja o lado
(L1 = L2), enquanto as sapatas retangulares possuem um lado de dimensão maior e outro menor
(L1 L2). 
Na figura a seguir, podemos observar um pilar com formato quadrado. Note que ele se apoia em
uma sapata, a qual também é quadrada. 
 
 
 
Fonte: Elaborada pela autora, 2021. 
 Além disso, temos alguns dados a serem considerados: 
 • tensão admissível do solo = 3,0 kgf/cm²; 
 • carga vertical = 180 tf; 
 • coeficiente de segurança = 1,1. 
 Com base nisso e em nossos estudos, qual é a dimensão mínima para A?
Aproximadamente 2,9 metros.
Aproximadamente 2,57 metros.
Resposta incorreta: com os dados fornecidos, o cálculo da área da sapata descrita
é de 66.000 cm² ou 6,6 m². Para calcular o lado da sapata, basta utilizarmos o
valor da área. A área do quadrado pode ser dada em cm² ou m², já o lado desse
elemento é em centímetros ou metros. Com os cálculos adequados, chegamos ao
valor de aproximadamente 2,57 metros. No caso, a sapata é um elemento de
fundação superficial aplicada principalmente em residências onde o solo apresenta
boa resistência na camada superficial.
0 em 1 pontos
1 em 1 pontos
Pergunta 4
Resposta
Selecionada:
Resposta Correta:
Comentário
da resposta:
A execução dos blocos de fundação, segundo a NBR 6122/2019, não pode ter dimensão menor do
que 60 centímetros. Esse elemento faz parte das fundações superficiais, podendo ter base
quadrada ou retangular e ser executado sem a necessidade de armadura. Para a execução desse
tipo de fundação, o primeiro passo é a abertura das valas. 
ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 6122: projeto e execução de fundações.
Rio de Janeiro: ABNT, 2019. 
Com relação ao método de execução dos blocos, podemos afirmar que:
é recomendado um lastro de concreto para fundo, bem como seu
nivelamento.
é recomendado um lastro de concreto para fundo, bem como seu
nivelamento.
Resposta correta: a execução das fundações é uma etapa importante da obra e
que garante uma boa funcionalidade de toda a construção. Nas fundações rasas,
como nas sapatas e nos blocos, é executado o lastro de concreto no fundo da
vala. Ele deve ser nivelado para, em seguida, ser executada a fundação. A NBR
6122/2019 determina que, na sua execução, seja feita uma camada de concreto
simples de regularização de, no mínimo, cinco centímetros de espessura,
ocupando toda a área da cava da fundação.
Pergunta 5
Resposta
Selecionada:
Resposta
Correta:
Comentário
da resposta:
O radier é uma fundação direta e rígida. Ela é capaz de receber e distribuir, pelo menos, 70% da
carga que recebe da estrutura. Apesar da norma não fazer classificação dos tipos de radiers 
existentes, há autores que fazem essa separação. Podemos mencionar, por exemplo,
os radierscom capitéis, nervurados, com pedestais, em caixão, estaqueado, entre outros. 
Nesse sentido, com base em nossos estudos a respeito dos tipos de radiers, podemos afirmar que:
no radier com capitéis, os pilares nascem sobre o radier, gerando a necessidade
de aumento na região onde surgem esses pilares.
no radier com capitéis, os pilares nascem sobre o radier, gerando a
necessidade de aumento na região onde surgem esses pilares.
Resposta correta: o radier 
é uma espécie de laje ou placa de concreto que fica sobre o solo. Os radiers com
capitéis são utilizados em solos estáveis. Nesse caso, como há pilares, sobe
oradier. Na região onde nascem os pilares, há necessidade de aumentar a
espessura da laje. Isso pode ser feito, por exemplo, com a utilização de capitéis.
Pergunta 6
Resposta
Selecionada:
Resposta
Correta:
O projeto de uma fundação tem como ponto de partida a sondagem do solo. Esta diz respeito a um
método aplicado para se ter informações a respeito do solo. É com a sondagem que será
determinado o tipo de solo, o nível de lençol freático no terreno em que se pretende realizar a obra,
quais camadas aquele solo apresenta e qual é a resistência de cada camada identificada. 
Assim, com base em nosso estudos a respeito da importância da

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.