A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
APS UNIP .

Pré-visualização | Página 1 de 1

1 
 
 
 
“O CORONA VIRUS E OS CONTRATOS – EXTINÇÃO, REVISÃO E 
CONSERVAÇÃO- 
BOA-FÉ, BOM SENSO E SOLIDARIEDADE.” 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SÃO PAULO 
1/2021 
 
2 
 
LARISSA DE SOUSA RODRIGUES PEREIRA D69340-9 
 
 
 
 
“O CORONA VIRUS E OS CONTRATOS – EXTINÇÃO, REVISÃO E 
CONSERVAÇÃO- 
BOA-FÉ, BOM SENSO E SOLIDARIEDADE.” 
 
 
 
 
 
 
 APS- Atividade Prática Supervisionada 
 do Curso de Graduação em Direito Apresentado à 
Universidade Paulista – UNIP 
 
 
 
 
Orientador(a) 
 
 
 
 
 
 
SÃO PAULO 
1/2021 
 
 
 
 
3 
 
 SUMÁRIO 
 
 
 
1. INTRODUÇÃO..................................................................... .................... 04 
2. DESENVOLVIMENTO.............................................................................. 04 
3. CONCLUSÃO........................................................................................... 05 
4. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS..........................................................05 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
4 
 
1. INTRODUÇÃO 
Mediante ao cenário atual é evidente os danos causados pelo grande impacto 
da pandemia do Coronavírus, é inevitável os prejuízos no qual afetou à diversos 
setores da sociedade, há tempo muitos desses setores não passavam por esta 
grande turbulência , sendo assim o texto nos trás quanto a possibilidades em uma 
visão bem ampla do autor do que tornara-se mais benéfico, mais eficaz, mantendo o 
contrato afim de que não se gere maiores prejuízos diante destes tempos de crise, 
pois enormes são e serão os desafios no que remete às questões contratuais, até 
então não há uma estimativa quanto a finalidade então é necessário essa 
readaptação para que assim não chegue a proporções muito maiores . 
2. DESENVOLVIMENTO 
 
O autor em seu texto descreve quanto às inúmeras possibilidades para que 
assim se mantenha o contrato firmado entre as partes, afim de não gerar prejuízo 
mútuo, tendo assim maneiras as quais o contrato poderá ser mantido, neste caso é 
fundamental que haja o uso da boa fé do bom senso e solidariedade das partes a 
fim de resolver a questão conforme a necessidade e peculiaridade de cada contrato, 
que assim se chegue a um consenso quanto à melhor maneira para conservar este 
contrato, faz menção de que cada contrato deve ser analisado de maneira pontual 
de maneira individual verificando o meio para se alcançar o que se pretende. 
 
De acordo com o autor Flávio Tartuce é possível sim manter um contrato 
mesmo com a grande proporção que a pandemia tem tomado, o Direito Civil propicia 
muitos meios e mecanismos para que assim a ultima opção seja extinguir este 
contrato, de acordo com o princípio da conservação e da correspondente função 
social do contrato a extinção seria a última medida se necessário a ser tomada, 
concordo com o autor é necessário neste momento um pouco mais de empatia a fim 
de tentar uma conciliação, pois se os contratos fossem extintos sem ao menos uma 
análise, os prejuízos tornariam-se maiores . 
 
5 
 
3. CONCLUSÃO 
 
Diante dos fatos concordo com o autor, de que realmente cada caso deva ser 
analisado de maneira isolada em torno de cada premência a fim de se verificar uma 
conciliação na qual ambos possam chegar a um consenso com soluções que se 
adequem diante dos meios possíveis como criando algum tipo de cláusula, acordar 
situações que favoreçam as necessidades de ambos, meios afim de que se preserve 
o contrato, é necessário que se considere fatores individuais uma maneira a qual 
seja justa e que beneficie a ambos, pois em grande ou em pequena proporção as 
pessoas, não somente os negócios foram afetados pelos efeitos da pandemia, então 
torna-se necessário o uso da boa fé o senso e compreensão. Se todos os contratos 
fossem tratados com soluções generalistas traria muitos prejuízos, sendo assim 
neste momento é necessário mais empatia. 
 
 
 
 
4. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
Endereços eletrônicos utilizados: 
•https://www.migalhas.com.br/coluna/migalhas-contratuais/322919/ocoronavirus-e-os-contratos-
extincao-revisao-e-conservacao-boa-fe-bom-senso-esolidariedade 
•https://migalhas.uol.com.br/coluna/migalhas-contratuais/322574/resolucao-contratual-nos-
tempos-do-novo-coronavirus 
•http://www.junqueiraadvocacia.com.br/o-coronavirus-e-a-revisao-contratual/ 
http://www4.planalto.gov.br/legislacao/ 
 
 
 
 
https://www.migalhas.com.br/coluna/migalhas-contratuais/322919/ocoronavirus-e-os-contratos-extincao-revisao-e-conservacao-boa-fe-bom-senso-esolidariedade
https://www.migalhas.com.br/coluna/migalhas-contratuais/322919/ocoronavirus-e-os-contratos-extincao-revisao-e-conservacao-boa-fe-bom-senso-esolidariedade
https://migalhas.uol.com.br/coluna/migalhas-contratuais/322574/resolucao-contratual-nos-tempos-do-novo-coronavirus
https://migalhas.uol.com.br/coluna/migalhas-contratuais/322574/resolucao-contratual-nos-tempos-do-novo-coronavirus
http://www4.planalto.gov.br/legislacao/
6 
 
 
 
 
 
	1. INTRODUÇÃO
	Mediante ao cenário atual é evidente os danos causados pelo grande impacto da pandemia do Coronavírus, é inevitável os prejuízos no qual afetou à diversos setores da sociedade, há tempo muitos desses setores não passavam por esta grande turbulência , ...
	2. DESENVOLVIMENTO
	3. conclusão
	•https://www.migalhas.com.br/coluna/migalhas-contratuais/322919/ocoronavirus-e-os-contratos-extincao-revisao-e-conservacao-boa-fe-bom-senso-esolidariedade
	•https://migalhas.uol.com.br/coluna/migalhas-contratuais/322574/resolucao-contratual-nos-tempos-do-novo-coronavirus
	•http://www.junqueiraadvocacia.com.br/o-coronavirus-e-a-revisao-contratual/
	http://www4.planalto.gov.br/legislacao/

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.