FHSS
14 pág.

FHSS


DisciplinaRedes sem Fio660 materiais22.319 seguidores
Pré-visualização2 páginas
ou em ambientes em que o \u201cjamming\u201d 
é feito em parte da banda do sinal espalhado. 
\u2022 É conveniente usar códigos correctores de erros associados às 
técnicas \u201cfast\u201d FH. 
Saltos em frequência em espalhamento espectral 10 
\u201cFast\u201d FH/MFSK: um exemplo 
\u2022 Número de frequências FSK: M = 4 (k = 2 bits/símbolo, ou 4-FSK) 
\u2022 Comprimento do segmento PN que escolhe as bandas FH: j = 3 
\u2022 Número de bandas FH: 2 j = 8 
\u2022 Número de saltos/símbolo: K = 3 
\u2022 \u2206f = 1
Th
= K
T
= 3
T
 \u21d2 BFSK = M\u2206f = 4 × 3T =
12
T
 BFH = 2 j BFSK = 8BFSK 
BFSK
00
01
10
11
T
Tempo
Fr
eq
uê
nc
ia BFH
00Dados
BFSK
Th
10 11 01 11 10
Emissor
Receptor
 
Saltos em frequência em espalhamento espectral 11 
Velocidade do relógio PN 
em sistemas \u201cfast\u201d FH 
Uma vantagem dos sistemas FFH relativamente aos sistemas DS é 
que a velocidade do relógio do gerador de sequências 
pseudo-aleatórias não precisa de ser tão elevada para se atingir o 
mesmo espalhamento de espectro: 
\u2022 Em DSSS/BPSK a velocidade do relógio do gerador PN é igual à 
\u201cchip rate\u201d, isto é, 
 velocidade de relógio (DS): 
1
DS
c
v
T
= Hz 
 Largura de banda: BDS = 2Tc Hz 
\u2022 Em FFH/BFSK são precisos j bits do gerador PN para cada salto em 
frequência (de duração Th segundos): 
\u21d2 o gerador produz j Th bits/s 
\u21d2 velocidade de relógio (FH): FH hv j T= Hz 
Larguras de banda: BBFSK = 2\u2206f = 2Th BFFH = 2
j BBFSK = 2
j+1
Th
 
\u2022 Igualando as duas larguras de banda, BDS = BFFH : 
 2
Tc
= 2
j+1
Th
 
Portanto, 
 
1 2 1
j
DS c
FH h
v T
v j T j
= = > 
Saltos em frequência em espalhamento espectral 12 
Velocidade do relógio PN: um exemplo 
Vamos comparar a velocidade de relógio dos geradores de 
sequências pseudo-aleatórias de um sistema FFH e de um sistema DS. 
P.: Um sistema de espalhamento espectral por saltos rápidos em 
frequência usa 2048 frequências de salto. Qual é a relação entre a 
velocidade de relógio do gerador do códigos de espalhamento e 
a de um sistema de sequência directa, se desejarmos obter a 
mesma largura de banda de espalhamento? 
 (Nota: ambos os sistemas usam modulações digitais binárias) 
R.: Viu-se que a relação entre as duas velocidades de relógio é dada 
por 
 
1 2 jDS c
FH h
v T
v j T j
= = 
 em que j representa o número de bits da sequência PN que 
selecciona cada banda de frequências de salto. 
 Tratando-se de modulações binárias (FH/BFSK e DS/BPSK) temos 
 M = 2 (ou k = 1 bit/símbolo) 
 pelo que em cada banda de frequências de salto são usadas 
duas frequências. 
 Havendo 2048 frequências de salto significa que existem 
2048 2 = 1024 bandas de frequências, isto é, 
 2 j +k = 2048 (\u21d2 j = 10) 
 Conclui-se imediatamente que 
 velocidade de relógio (DS)
velocidade de relógio (FH)
= 2
j
j
= 2
10
10
= 102,4 vezes 
Saltos em frequência em espalhamento espectral 13 
Comparação entre sistemas SS 
Sistemas de sequência directa (DS): 
Vantagens 
\u2022 Melhor desempenho face a ruído e interferências intencionais 
\u2022 Mais difíceis de detectar 
\u2022 Os multipercursos (\u201cmultipath\u201d) são menos prejudiciais 
Desvantagens 
\u2022 Tempo de aquisição de sincronismo demorado 
\u2022 Necessitam de um gerador PN rápido 
\u2022 Sofrem do problema \u201cnear-far\u201d 
\u2022 Mais vulneráveis a \u201cjammers\u201d com ruído pulsado 
Sistemas de saltos em frequência (FH): 
Vantagens 
\u2022 Há um maior espalhamento de espectro 
\u2022 Podem ser programados para evitar certas porções do 
espectro 
\u2022 Tempo de aquisição de sincronismo relativamente curto 
\u2022 São menos afectados pelo problema \u201cnear-far\u201d 
Desvantagens 
\u2022 Sintetizador de frequência complexo 
\u2022 Mais vulneráveis a ataques de \u201cjammers\u201d de banda parcial 
 \u21d2 Requerem correcção de erros e entrelaçamento. 
Sistemas de saltos no tempo (TH): 
Vantagens 
\u2022 Implementação mais simples que FH 
\u2022 Problema \u201cnear-far\u201d é evitável num sistema coordenado 
Desvantagens 
\u2022 Tempo de aquisição demorado 
\u2022 Necessitam de correcção de erros e entrelaçamento. 
Saltos em frequência em espalhamento espectral 14 
CDMA 
Se num ambiente de acesso múltiplo todos os utilizadores usarem 
a mesma banda de frequências simultaneamente não se pode 
recorrer nem a FDMA nem a TDMA. A alternativa é CDMA 
implementada em espalhamento de espectro. 
A cada utilizador é atribuído um código próprio para realizar as 
operações de sequência directa ou de salto em frequência. 
Requisitos que os códigos devem satisfazer: 
\u2022 Cada código deve ser aproximadamente ortogonal a todos os 
outros códigos. 
\u21d2 A correlação cruzada deve ser baixa. 
\u2022 O sistema CDMA deve funcionar assincronamente, isto é, os 
instantes de transmissão dos símbolos de um dado utilizador não 
têm de coincidir com os dos outros utilizadores. 
\u21d2 Isto complica o projecto de bons códigos para CDMA. 
Vantagens de CDMA sobre TDMA: 
\u2022 CDMA não requer uma rede de sincronização externa. 
A rede de sincronização é essencial em TDMA. 
\u2022 Em CDMA a degradação do desempenho é gradual à medida 
que o número de utilizadores aumenta. 
É relativamente fácil de acrescentar novos utilizadores ao sistema. 
\u2022 CDMA possui capacidade de rejeição de interferências externas. 
Exemplos: rejeição de multipercursos ou resistência a interferência 
intencional.